Seis meses após o grande incêndio: Alexandrino considera que “há aqui um tempo de esperança”
15 Abril, 2018 1645 visualizações

Seis meses após o grande incêndio: Alexandrino considera que “há aqui um tempo de esperança”

image_pdfimage_print

Há seis meses, o grande incêndio de 15 de outubro tirou-lhe o “sonho de poder transformar Oliveira do Hospital”, mas o presidente do Município não se deixa desarmar pela tragédia, considerando que “há aqui um tempo de esperança”.


Passaram seis meses, mas para José Carlos Alexandrino parece que passaram seis dias. “Foi tudo demasiado rápido com muitos desafios permanentes”, entende o autarca, que também acredita que para as pessoas que perderam as suas casas e os seus bens, os seis meses corresponderão a “seis anos”. Admite que “as coisas têm andado de forma lenta”. José Carlos Alexandrino “gostaria que houvesse resoluções e respostas mais rápidas” no apoio às empresas e à recuperação das habitações, mas também dos próprios bens públicos cujos prejuízos, são na ordem de um milhão e meio de Euros. “Os problemas que se apresentam são de grande complexidade ao nível empresarial. Nas primeiras habitações tem havido grande burocracia”, refere o autarca.

Após seis meses, José Carlos Alexandrino garante que as casas com prejuízos até 25 mil Euros têm vindo a ser adjudicas. A maior demora reside na recuperação das cerca de 50 casas totalmente afetadas pelo fogo e cujo concurso promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) “ficou deserto”, não havendo interesse por parte de empresas construtoras, fosse pelo preço a praticar, fosse pelo tempo de conclusão das obras (até 31 de dezembro de 2018). Adiantou que a CCDRC está agora a convidar empresas para adjudicação direta. Esta é uma matéria que para o autarca deve ser célere para dar novo ânimo às famílias. “Tirando as famílias, ninguém mais do que o presidente da Câmara quer ver estas famílias felizes”, refere.

O momento é de “luta”, a exemplo do que vem sendo feito pelos empresários do concelho. “O governo fez bem ao aumentar os apoios até 85 por cento”, disse à Rádio Boa Nova, considerando que “há aqui um tempo de esperança”. “Temos alguma confiança”, reforçou, notando que no caso da Agricultura mantém pressão junto do governo para que torne possíveis as candidaturas aos agricultores que por desconhecimento não finalizaram o pedido de apoio, e que serão cerca de 20.

O incêndio de 15 de outubro tirou a vida a 12 pessoas no concelho. “Este é um processo altamente doloroso. Todos sentimos isto na carne e muito mais quem perdeu os seus entes queridos”, refere, verificando porém que o apoio às famílias “correu bem”. Mas, nota, “não há dinheiro que pague as vidas humanas”. Seis meses após o incêndio há ainda “quatro pessoas internadas. Entre elas a “princesa Leonor” que “tem reagido bem”.

Sobre aquele fatídico dia, José Carlos Alexandrino volta a reforçar a sua ideia, comprovada em relatório, de que o aconteceu não foi um incêndio, mas o que chama de “ciclone de fogo”. E atendendo à devastação e “não querendo ser pessimista”, o autarca sabe que a recuperação da floresta “vai demorar bastante tempo”. Entende que “este não é o tempo das pressas”, mas sabe que “é preciso projetar o concelho em termos futuros”. Confidencia: “este incêndio tirou-me o sonho de poder transformar Oliveira do Hospital”. “Tinha a ideia de um mandato ligeiramente diferente”, refere o autarca que perspetivava melhorias na Zona Industrial, Zona Histórica, acessos à Estrada da Beira, entre outros… “Ninguém estava preparado para isto. Ainda hoje não estou preparado para aquilo que nos aconteceu”, confessa.

Anterior Grande incêndio foi há seis meses. “O nosso principal objetivo é que isto nunca mais volte a acontecer”
Seguinte Semana com sol e subida das temperaturas

Notícias Relacionadas

Destaque

PSD de Oliveira do Hospital apresentou os seus candidatos para as Autárquicas 2017

Com o lema “Mudar o Rumo” a Comissão Politica Concelhia do PSD de Oliveira do Hospital apresentou esta segunda-feira os seus candidatos para a Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Assembleias

Sociedade

Mercado de Natal em Nelas resultou num “sucesso”

De 8 a 11 de dezembro, largas centenas de pessoas visitaram o mercado de Natal em Nelas, que animou o concelho com atividades festivas alusivas a esta quadra natalícia.

Informação

CIM Região de Coimbra distribui mais de 40 mil árvores aos municípios

Mais de 40 mil árvores de espécies autóctones portuguesas estão a ser entregues aos municípios da Região de Coimbra para plantação pela Comunidade Intermunicipal, no âmbito da aprovação da candidatura…

Informação

Coimbra: Detidas doze pessoas suspeitas da autoria do crime de tráfico de estupefacientes

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, desencadeou, nos últimos dias, duas ações operacionais, no âmbito do combate ao tráfico de estupefacientes, na cidade de Coimbra.

Última Hora

Acidentes com árvores causam um morto e um ferido grave na região Centro

Um homem morreu, no sábado, no concelho de Trancoso ao ser atingido por uma árvore que estava a ser derrubada, e outro ficou gravemente ferido em circunstâncias idênticas, em Tondela,

Última Hora

Casimiro Santos alcança 2º lugar no Concurso Nacional de Pizzaiolos com pizza de requeijão e doce de abóbora

O pizzaiolo Casimiro Santos, do restaurante L’Artista de Oliveira do hospital, conseguiu ontem o 2º lugar no Concurso Nacional de Pizzaiolos, que decorreu no Cais de Gaia,…

Destaque

Novo ano letivo começou “com toda a normalidade” no concelho de Oliveira do Hospital (Com vídeo)

As aulas arrancaram hoje para os 2441 alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. Nas várias escolas, de Norte a Sul do concelho, tudo decorreu com “toda a

Última Hora

Região: Fogo em Alvaiázere que mobilizou oito meios aéreos está em fase de resolução

Cerca de três horas depois do alerta, o incêndio que deflagrou ao início da tarde em Alvaiázere, no distrito de Leiria, e que obrigou ao corte da A13, …

Última Hora

Figueira da Foz: Carlos Monteiro assume presidência da Câmara

Carlos Monteiro, até agora segundo no executivo da Figueira da Foz, assume a presidência do município após a saída de João Ataíde para secretário de Estado do Ambiente, disse à

Informação

Médicos dão consultas grátis em Lagares da Beira para vítimas dos incêndios

Mais de uma dezena de médicos realiza, nos dias 9 e 10 de dezembro, consultas grátis no quartel de bombeiros de Lagares da Beira,…

Informação

Feira do Porco e do Enchido anima Meruge no próximo domingo

A Feira do Porco e do Enchido promete voltar a animar a freguesia de Meruge no próximo domingo, dia 12 de novembro.

Informação

Grupo de ginastas “Gym Dream” venceu concurso “Soltem Talentos”

Gym Dream, um grupo de ginastas, foi o grande vencedor da 7ª edição do concurso “Soltem Talentos”, que se realizou ontem à noite na EXPOH- Feira Regional de Oliveira do