Projeto da UC quer prevenir a transmissão do SARS-CoV-2 em unidades de saúde do SNS
17 Julho, 2020 545 visualizações

Projeto da UC quer prevenir a transmissão do SARS-CoV-2 em unidades de saúde do SNS

image_pdfimage_print

Com o objetivo de criar um programa de monitorização para prevenir a transmissão do coronavírus SARS-CoV-2 nas instituições do Serviço Nacional de Saúde (SNS), uma equipa multidisciplinar…

… da Universidade de Coimbra (UC) está a desenvolver um estudo para identificar os pontos críticos de contaminação em diversas superfícies e no ar interior e verificar a eficácia das medidas de higienização implementadas nos espaços.

Intitulado “Environmental monitoring of SARS-CoV-2 in a hemodialysis unit: a quest for preventing transmission in healthcare facilities”, este projeto, que obteve 40 mil euros de financiamento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) no âmbito da iniciativa “Research4Covid – Projetos de implementação rápida para soluções inovadoras”, envolve investigadores de duas faculdades da UC – Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC) e Faculdade de Medicina (FMUC) – e o Serviço de Nefrologia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Nesta primeira fase, o trabalho vai incidir numa unidade de hemodiálise, desde logo pelas características dos doentes, que apresentam concomitantemente muitas
patologias e são, portanto, uma população com risco acrescido para a Covid-19. Mas, também devido às particularidades deste tipo de serviço: as unidades de diálise são habitualmente locais de excelência na aplicação de processos de controlo de infeção, tendo ciclos bem definidos de entrada e saída de doentes e um programa de limpeza e desinfeção bem estabelecido, o que ajudará a estabelecer indicadores para outras unidades de saúde.

Além de identificar os pontos em que o risco de presença de vírus é maior e determinar a melhor metodologia para o monitorizar, o projeto visa ainda avaliar a eficácia de dois equipamentos de purificação de ar no que respeita ao SARS-CoV-2, um que utiliza radiação ultravioleta e outro que usa filtros HEPA.

Assim, é possível perceber o grau de contaminação do ar e avaliar especificamente a eficácia destes aparelhos para garantir que o ar não contém vírus.

«O nosso ponto de partida é a investigação da contaminação no interior de uma unidade de saúde com doentes COVID-19. A transmissão entre pessoas pensa-se que ocorra, sobretudo, por contacto e através da via aérea. A transmissão por contacto pode dar-se por transmissão direta entre pessoas (p.ex., aperto de mão) ou por contactos com superfícies (p. ex., puxadores das portas) em que, depois de contaminada, a pessoa toca na face e é possível que o vírus entre através das mucosas. A transmissão aérea pode ser por gotículas ou por aerossóis em determinadas circunstâncias. Os equipamentos de proteção individual são fundamentais para impedir a transmissão do vírus mas também é fundamental garantir a segurança dos espaços e reduzir a probabilidade de transmissão para todas as pessoas que os frequentam, utentes e profissionais», fundamenta Gil Correia, investigador principal no projeto.

Para isso, os investigadores vão efetuar múltiplas colheitas em várias superfícies,«como mesas, cadeiras, equipamentos médicos, puxadores de portas e outros, de forma a quantificar a presença do vírus nas mesmas. Faremos também várias colheitas de ar para determinar o grau de contaminação do ar interior pelo vírus, bem como nos filtros do sistema de ventilação, para assegurar o seu correto funcionamento e garantir que não existe emissão de vírus por esta via», esclarece.

Essas colheitas vão ser realizadas em momentos diferentes, permitindo aferir os locais com maior propensão para deposição viral. «Todas as colheitas serão feitas em duplicado, antes e após o processo de higienização do espaço. Desta forma, pretendemos confirmar a eficácia dos processos de limpeza e desinfeção», acrescenta o investigador da FMUC.

Com o volume de informação fornecida pela análise das colheitas, a equipa vai determinar quais os pontos críticos que devem ser avaliados futuramente num programa de monitorização de qualidade nas unidades de saúde. Até ao final deste ano, os investigadores esperam ter concluído um protótipo de programa, para que possa ser testado em diferentes unidades de saúde do SNS.

Anterior Acidente com tanque da corporação dos bombeiros do Sabugal fez 2 feridos
Seguinte Calor deixa oito distritos sob aviso laranja. Termómetros podem chegar aos 42 grau

Notícias Relacionadas

Informação

Associação pede rapidez para que indemnizações “não demorem uma eternidade”

O presidente da Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal considerou hoje que “é preciso trabalhar rápido”…

Informação

Mais de 20 concelhos em risco muito elevado de incêndio e quatro com risco extremo de exposição aos raios ultravioletas

Mais de 20 concelhos do interior Norte e Centro, Alentejo e Algarve apresentam hoje um risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA),

Informação

Dia de nuvens, aguaceiros e descida das temperaturas

O IPMA prevê para hoje no Continente períodos de céu muito nublado, tornando-se pouco nublado na região Sul a partir do fim da manhã e aguaceiros fracos …

Última Hora

Chuva está de regresso. No domingo descem as temperaturas

A chuva vai regressar a Portugal continental a partir de hoje, prevendo-se também uma descida da temperatura máxima de 04 a 06 graus Celsius no domingo, …

Última Hora

Nova Associação de Estudantes quer “deixar uma marca” no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

Bárbara Coquim, recém eleita presidente da Associação de Estudantes (AE) do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital afirmou, hoje,…

Informação

Montemor-o-Velho: GNR apreende arma de fogo

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, apreendeu ontem, dia 21 de novembro, uma arma de fogo, na localidade de Catarruchos,

Região

Centro de Portugal registou subida do número de visitantes em 2019

O ano de 2019 foi extremamente positivo para a atividade turística no Centro de Portugal e para a promoção da região enquanto destino. Os indicadores favoráveis são patentes tanto a nível dos

Informação

Oliveira do Hospital recebe 11º Encontro de Associações Juvenis do Distrito de Coimbra

Oliveira do Hospital vai receber, pela primeira vez, nos dias 18, 19 e 20 de novembro, o encontro de Associações Juvenis do Distrito de Coimbra.

Última Hora

Espetáculo de Ricardo Araújo Pereira deslocalizado para o Pavilhão Serafim Marques

O espetáculo solidário  “Uma conversa sobre assuntos”, de Ricardo Araújo Pereira, agendado para o próximo sábado, dia 14 de abril, às 21h00, vai realizar-se no Pavilhão Serafim Marques, em São

Informação

Nelas celebra Dia Europeu do Enoturismo com visita a produtores de vinho afetados pelos incêndios

O Município de Nelas celebra, no próximo dia 11 de novembro, o Dia Europeu do Enoturismo, instituído em 2009 pela Recevin, com a visita a produtores de vinho afetados pelos

Informação

Autarca de Oliveira do Hospital declara apoio a aldeia do Piódão

Na sequência da eleição da aldeia do Píódão como finalista do concurso “7 Maravilhas de Portugal – Aldeias”, na categoria “Aldeias Remotas”, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Região

Região: Polícia Judiciária deteve autor de crimes de pornografia de menores

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou e deteve um homem pela presumível prática…