Oliveira do Hospital distinguida como “Autarquia + Familiarmente Responsável” pelo quarto ano consecutivo
22 Novembro, 2018 870 visualizações

Oliveira do Hospital distinguida como “Autarquia + Familiarmente Responsável” pelo quarto ano consecutivo

image_pdfimage_print

O Município de Oliveira do Hospital recebeu esta quarta-feira, pelo quarto ano consecutivo, a Bandeira Verde de “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018”,…

…um galardão atribuído pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), que visa premiar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de apoio municipal às famílias.

Numa cerimónia, que se realizou na Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), em Coimbra, Oliveira do Hospital recebeu a bandeira com palma, que se destina às autarquias que conquistaram este prémio por três ou mais anos consecutivos.

A atribuição desta distinção ao Município de Oliveira do Hospital  – em 2018 houve 70 municípios portugueses a merecerem este reconhecimento – resultou da avaliação feita pelo OAFR a todo um conjunto de políticas “familiarmente responsáveis” em 11 áreas de atuação, que a autarquia oliveirense tem vindo a implementar nos últimos anos.

Encontram-se neste caso – entre muitas outras medidas – o programa de incentivo à natalidade, já em vigor desde janeiro de 2013; a criação de um tarifário social na fatura da água, que discrimina positivamente as famílias numerosas; o apoio à aquisição de manuais escolares concedido a alunos do 1º Ciclo de Ensino Básico ou, por exemplo, a atribuição de bolsas de estudo a alunos do ensino superior.

Reconhecido a nível nacional como um município “amigo das famílias”, sublinhe-se que o Município de Oliveira do Hospital voltou a aprovar este ano, no âmbito das políticas familiarmente responsáveis, uma redução no IMI para as famílias com filhos.

Para José Francisco Rolo, vice-presidente da Câmara Municipal, este prémio não só reconhece como também certifica um conjunto de políticas municipais que o executivo camarário tem posto em prática com vista à resolução das necessidades e dos problemas concretos das pessoas.

A distinção a nível nacional como “Autarquia Mais Familiarmente Responsável”, também significa que as pessoas e as famílias são efetivamente a primeira prioridade em Oliveira do Hospital”, frisa ainda o autarca, sem deixar de sublinhar que a implementação destas políticas de âmbito social só são possíveis graças à boa situação financeira da Câmara Municipal e à opção pela avaliação, por entidades externas, das várias medidas políticas municipais.

Anterior Aveiro e Nazaré: Apreendidas 1,5 toneladas de crustáceos e pescado
Seguinte Guarda: Homem detido após incendiar automóvel por vingança

Notícias Relacionadas

Informação

Meio Mundo é ponto de venda do livro “Dia 15” editado pela Rádio Boa Nova

O livro “Dia 15”, lançado e editado pela Rádio Boa Nova, está disponível para compra, pelo valor de 10 Euros, na papelaria e livraria Meio Mundo, na cidade de Oliveira

Informação

Maioria dos idosos vítimas de alegada intoxicação em lar já teve alta

A maioria dos 24 idosos hospitalizados na segunda-feira por uma alegada intoxicação alimentar num lar de Condeixa-a-Nova, no distrito de Coimbra, já regressou à instituição.

Informação

Região de Coimbra Meet Up na Bolsa de Turismo de Lisboa

“Região de Coimbra Meet Up” pretende inovar “a participação da CIM Região de Coimbra na Bolsa de Turismo de Lisboa, através de um elogio à diversidade e excelência …

Última Hora

Rede de Aldeias de Montanha aposta na valorização da sua autenticidade

A Direção e a Assembleia Geral da ADIRAM – Associação para o Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha, entidade gestora da Rede de Aldeias de Montanha,…

Informação

Incêndio destruiu casa desabitada em Gavinhos de Baixo

Um incêndio ocorrido ontem à noite, cerca das 22h00, destruiu uma casa desabitada em Gavinhos de Baixo, no concelho de Oliveira do Hospital.

Informação

Guarda: GNR vai prestar teleassistência para apoiar pessoas vulneráveis

A GNR da Guarda prevê iniciar, em janeiro de 2019, um programa de teleassistência para apoiar pessoas da região que vivem sós e isoladas, projeto que também envolve os municípios.

Última Hora

Nova Associação de Estudantes quer “deixar uma marca” no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

Bárbara Coquim, recém eleita presidente da Associação de Estudantes (AE) do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital afirmou, hoje,…

Última Hora

Cooperativa da Beira Central aposta em supermercado renovado para continuar a atrair clientes

O supermercado da Cooperativa Agro Pecuária da Beira Central em Oliveira do Hospital reabriu na sexta feira, dia 10, num espaço renovado.

Última Hora

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 17 de novembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 7.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Última Hora

Confraria do Bucho apresenta candidatura às 7 Maravilhas de Portugal – Doces

A Confraria do Bucho de Arganil submeteu uma candidatura ao Concurso 7 Maravilhas – Doces, composta por 6 doces típicos do Concelho de Arganil.

Nacional

Mais de 70 concelhos do continente em risco ‘máximo’ de incêndio

Mais de 70 concelhos de 13 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco ‘máximo’ de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Em causa estão mais de

Última Hora

Proteção Civil divulga lista com nomes das vítimas dos incêndios

A Proteção Civil divulgou, ontem, a lista com os nomes das 45 vítimas que perderam a vida nos incêndios rurais de 15 e 16 de outubro. No documento, as autoridades