Alexandrino assegura que subsídio de 6600 Euros é destinado às fábricas da igreja  para despesas no contexto de Covid-19
25 Junho, 2020 958 visualizações

Alexandrino assegura que subsídio de 6600 Euros é destinado às fábricas da igreja para despesas no contexto de Covid-19

image_pdfimage_print

O presidente do Município de Oliveira do Hospital disse hoje à Rádio Boa Nova que é “mentira” a notícia de que o executivo atribuiu um subsídio de 6600 Euros a três padres da paróquia de Oliveira do Hospital.

À Rádio Boa Nova, José Carlos Alexandrino esclareceu que o subsídio, aprovado na última reunião do executivo municipal, foi dirigido à Fábrica da Igreja de Oliveira do Hospital para ser distribuído de forma “proporcional” por todas as fábricas da igreja do concelho,- cerca de 20- para fazer face a despesas de manutenção no contexto de covid-19.

A notícia de que o Município atribuiu um subsidiou a três padres da Paróquia  de Oliveira do Hospital foi avançada pelo jornal online Correio  da Beira Serra, que adiantou que  o mesmo mereceu o voto contra do PSD. Hoje, o Jornal de Notícias escreve na primeira página que “Subsídio autárquico de 6600 Euros paga salário a três padres”. À Rádio Boa Nova, o autarca oliveirense, disse que se trata de uma “fake new”, com “motivações políticas”. “É preciso intoxicar os oliveirenses com coisas que não verdadeiras. Bastaria consultar a ata para ver o que é que lá está. O subsídio não foi atribuído aos senhores padres, foi atribuído à Fábrica da Igreja de Oliveira do Hospital para fazerem a distribuição proporcional a todas as fábricas da igreja, para despesas de electricidade das igrejas, capelas e capelas mortuárias para pagar despesas de manutenção”, explicou.

À Rádio Boa Nova, José Carlos Alexandrino notou que “o covid -19 trouxe alterações significativas financeiras das próprias famílias e das comunidades “, e que numa reunião “os senhores padres mostraram que existiam hoje dificuldades”, porque não se realizou a visita pascal e as missas também deixaram de se fazer.  “Se virmos o número de fábricas da igreja que há no concelho , a atribuição de 6600 Euros não daria para pagar a um, quanto mais a três, quatro ou cinco padres. Não temos só estes três. Esta é uma notícia que eu refuto, é uma notícia idiota”, comentou o autarca, verificando tratar-se da reação da oposição ao trabalho que é feito pelo executivo mesmo em pandemia, dando o exemplo das obras da Zona História, do Centro Escolar e do Parque dos Marmelos. “Fazem um fait-divers  para intoxicar a opinião pública”, nota o autarca oliveirense, verificando que também a notícia hoje avançada pelo Jornal de Notícias foi “encomendada a partir de um jornal online, de um blogue que faz oposição a este executivo, que faz e cria notícias falsas”. Recordou que, ainda recentemente, o mesmo jornal lançou a notícia de que era candidato à CCDRC. “Até querem mandar no presidente da Câmara. Mas o presidente da Câmara pensa pela sua cabeça”, disse esta manhã.

No entender de José Carlos Alexandrino, o subsídio atribuído é “justo”. O autarca garante que o mesmo ficará “protocolado” e o executivo está de “consciência tranquila”. Recomenda a quem colocar em causa a sua legalidade para que “faça queixa”. O autarca oliveirense garante que a distribuição pelas várias fábricas da igreja (à volta de 20) será “tornada pública” para se saber do destino dado ao subsídio. “Não sou eu que tenho as contas de cada fábrica da Igreja. São os senhores padres. Não me meto na gestão das verbas”, frisou.

À Rádio Boa Nova, Alexandrino comentou ainda o facto de o mesmo jornal online “montar um circo” por ter sido convidado a “dizer duas palavras” na igreja onde foi baptizado, sobre o balanço da pandemia no concelho. Verifica que “infelizmente a oposição demonstra que não está preparada para cargos de responsabilidade e para discutir o poder ao Partido Socialista, que são pessoas responsáveis, e anda a toque de notícias falsas”.

Regista ainda o “ataque que é feito à Igreja Católica que tem um papel tão grande nas IPSS”. “Põem em causa um subsídio a quem presta um trabalho maravilhoso”, verificou José Carlos Alexandrino que disse já ter frequentado outras religiões – Adventista e Jeová- quando convidado e “nunca ninguém pôs em causa”. “Isto é uma motivação política. Eles estão muito preocupados com as eleições, mesmo não sendo eu candidato. Isto é uma montagem tão fácil de desmontar que até dói a alma”, comentou.

Anterior Região: Homem reincidente em violência doméstica ficou em prisão preventiva
Seguinte Covid-19: Portugal regista mais seis mortos e 311 novos casos

Notícias Relacionadas

Última Hora

Oliveira do Hospital: Empresa de pneus burlada em cerca de seis mil Euros (com vídeo)

A empresa NM Pneus, localizada na Reta da Salinha , em Oliveira do Hospital, foi alvo de uma burla num valor de quase  seis mil Euros, no passado dia 7

Última Hora

Seia: GNR deteve oito homens e duas mulheres por tráfico de estupefacientes

Oito homens e duas mulheres, com idades entre os 16 e os 46 anos, foram detidos por suspeita de tráfico de droga, no concelho de Seia.

Última Hora

Tábua acolhe 2º encontro do Projeto “YOUNG LAB”

Depois de um primeiro encontro realizado em Lugo, Espanha, a Biblioteca Municipal de Tábua acolhe nos dias 19 e 20 de maio o segundo encontro do projeto “Young Lab”.

Informação

JSD organizou 4ª Academia Política em Oliveira do Hospital

Cerca de uma centena de jovens social democratas esteve reunida em Oliveira do Hospital, no passado fim-de-semana, na 4ª Academia Política Prof. António Barbosa de Melo organizada pela JSD Distrital

Última Hora

Góis acolhe exposição de Obras – Memorial às Vítimas dos Incêndios de Pedrogão Grande

As galerias da Casa do Artista, em Góis, vão acolher, de 14 de maio a 10 de junho, a exposição de Obras- Memorial às Vítimas dos Incêndios de Pedrogão Grande – Fundação

Desporto

Calendário desportivo de fim-de-semana

A faltarem quatro jornadas para o término do Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) mantém a luta

Sociedade

Cerca de 350 pessoas dão vida ao desfile de Carnaval em Seixo da Beira

A Associação “Plano de Intervenção e Dinamização da Freguesia de Seixo da Beira” (PIDS) promove nos dias 10 e 11 de fevereiro a programação de Carnaval.

Última Hora

CCPOH promove 31º Convívio de Cicloturismo Rota do Alva

O Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) realiza, no próximo dia 2 de setembro, a 31ª edição do Convívio de Cicloturismo Rota do Alva.

Região

Turismo no Centro de Portugal com subida significativa em maio

A atividade turística no Centro de Portugal continua “a crescer a bom ritmo, o que deixa antever mais um ano francamente positivo para o setor nesta região”,…

Informação

Termómetros vão chegar aos 36 graus. Há 17 concelhos em risco máximo de incêndio

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, aumentando de nebulosidade nas regiões do interior durante a tarde, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada

Última Hora

‘Coimbra Região de Cultura’ promove espetáculo de fado para crianças em Mortágua

‘Fado Menino’ é a próxima iniciativa do ciclo ‘À Volta do Fado’, a realizar-se no dia 19 de janeiro, sábado, pelas 21h30, no Centro de Animação Cultural de Mortágua.

Sociedade

País: Governo abre concurso para criação de brigadas de sapadores florestais

O Governo vai abrir, a partir de 17 de julho, um concurso para a criação de sete brigadas de sapadores florestais, permitindo a criação de 30 novas equipas de sapadores,…