Incêndios: MAAVIM afirma que existem mais de 400 famílias sem casa

Incêndios: MAAVIM afirma que existem mais de 400 famílias sem casa

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) afirma que, um ano após os incêndios de outubro 2017, as vítimas ainda estão à espera dos apoios aprovados em Assembleia da República.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a Associação diz que a situação é urgente. O documento revela que das mais de duas mil casas de primeira habitação destruídas pelas chamas “existem mais de 400 famílias” ainda sem habitação. O MAAVIM afirma ainda que, perante este panorama, o prazo de conclusão das habitações – estipulado até ao final deste ano – não será cumprido. “Existem já relatos de habitações a serem construídas como primeira habitação e que não o eram e os verdadeiros lesados sem habitação continuam à espera”, dizem.

Quanto aos mais de cinco mil imóveis de segunda habitação que arderam, no último mês saíram “algumas medidas que, em alguns concelhos não passaram de cinco dias úteis” para se poderem candidatar. Além disso, “muitos concelhos ainda não lançaram os apoios com o devido tempo e enquadramento de apoio às populações”.

Já as infraestruturas e património afetados pelas chamas, de acordo com o movimento, ainda não foram “alvo de preocupação (…), existindo muitas estradas e edifícios prestes a caírem”. Também a indústria que foi afetada pelos incêndios está a ser negligenciada, dizem: “Das mais de 50 mil pessoas afetadas com perdas na agricultura, mais de três mil ficaram fora do seu apoio, por variados motivos”.

Desta forma, o MAAVIM apela aos lesados que “preencham o pedido de requerimento de pedido de indemnização e juntamente com a listagem das perdas, o registem no município da área e solicitem à entidade competente a «condição de vítima», para submeter até dia 2 de janeiro de 2019” na Comissão para Avaliação dos Pedidos de Indemnização (CPAPI).

Previous Oliveira do Hospital acolhe Receção ao Caloiro até 1 de dezembro
Next Operação “Pesados de mercadorias”: GNR fiscalizou 2 830 condutores e elaborou 1 933 autos

Artigos Relacionados

Informação

Associação vai reconstruir voluntariamente infantário em Midões – Tábua

O infantário de Midões, em Tábua, distrito de Coimbra, vai ser reconstruído voluntariamente pela Associação Portuguesa de Promotores e Investidores …

Última Hora

Feira do Porco e do Enchido atraiu ainda mais visitantes a Meruge

Está cumprida a 14ª Feira do Porco e do Enchido de Meruge. O certame revelou-se ainda mais atrativo, considerando a Junta de Freguesia que foi batido o “recorde em número

Destaque

PSD quer maior captação de investimento em Oliveira do Hospital

Rafael Costa, líder grupo municipal do PSD na Assembleia de Oliveira do Hospital propôs ao executivo o lançamento do projeto “Academia de Código” que “consiste em formações com uma taxa

Nacional

Proteção civil emite aviso à população devido ao mau tempo

As condições meteorológicas previstas para os próximos dias levaram a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) a emitir um aviso à população.

Destaque

José Carlos Alexandrino lamenta vandalismo na cidade e pede vigilância à GNR

José Carlos Alexandrino, presidente do Município de Oliveira do Hospital, lamenta situações de vandalismo que têm ocorrido na cidade oliveirense nos últimos dias.

Informação

Oliveira do Hospital recebe caminhada “O Que Nos Liga” a favor do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro

A cidade de Oliveira do Hospital vai acolher a caminhada designada “O Que Nos Liga”, organizada pelo Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, dia 27 de

Última Hora

Presidente da Assembleia de Góis renunciou ao cargo

O presidente da Assembleia Municipal (AM) de Góis, José António Carvalho, renunciou ao cargo alegando razões políticas e de saúde, disse o próprio à agência Lusa.

Última Hora

Ténis de Mesa: Sporting e Benfica disputam Supertaça em Oliveira do Hospital

A acontecer pela primeira vez em Oliveira do Hospital, a SuperTaça em Ténis de Mesa vai ser disputado, no próximo sábado, dia 24 (15h00), pelo Sporting e Benfica…

Informação

Oliveira do Hospital culpa EDP por turvação da água. Bombeiros asseguram abastecimento à população

Desde a passada segunda feira que o abastecimento público de água, em Oliveira do Hospital, está a ser assegurado pelo bombeiros. O Município oliveirense acusa a EDP de provocar a

Sociedade

Benfiquistas juntam-se em almoço em Penalva de Alva

No próximo domingo, 3 de julho, realiza-se em Penalva de Alva, o IX Almoço dos Benfiquistas. Adeptos do concelho e…

Destaque

Alexandrino garante que os tratores que se encontram no estaleiro “não pertencem à Câmara Municipal”

José Carlos Alexandrino, presidente do Município de Oliveira do Hospital, garante que os 19 tratores que se encontram no estaleiro municipal “não pertencem à Câmara Municipal” e que “já há

Informação

Resultados desporto de fim-de-semana

Após mais uma jornada concluída, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) continua imparável ao ocupar o primeiro lugar no Campeonato da Divisão de Honra…