Incêndio em Póvoa de S. Cosme foi combatido por 27 bombeiros e um meio aéreo

Cerca das 14h25 desta terça feira foi dado alerta para um incêndio florestal na localidade de Póvoa de S. Cosme, na União de Freguesias…

…de Ervedal e Vila Franca da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital. O incêndio que mobilizou bombeiros de quatro corporações  e um helicóptero está em fase de resolução.

Contactado pela Rádio Boa Nova, António Pinto, comandante dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira adiantou que a corporação seguiu para o terreno com duas equipas, que foram reforçadas pelo CDOS com mais três corpos de Bombeiros: Oliveira do Hospital, Tábua e Vila Nova de Oliveirinha. Uma equipa helitransportada também ajudou no combate ao fogo com algumas descargas.

Cerca das 15h30, segundo o comandante estavam no local 27 bombeiros a proceder a trabalhos de rescaldo. “O incêndio foi rapidamente dominado. Ardeu mais ou menos um hectare em zona de mato”, adiantou António Pinto à Rádio Boa Nova, informando que nunca houve habitações em risco. Explicou que o fogo teve início na subida de encosta do Rio Mondego,  e “com a colocação de meios  conseguimos com que a frente de subida cedesse”. “Ficou resolvido”, afirmou, referindo que os bombeiros estão a realizar trabalhos de arrefecimento de todas as zonas.

À Rádio Boa Nova, António Pinto disse ainda, que o incêndio deflagrou numa zona de vegetação seca, onde arderam pilhas de madeira. “É estranha esta situação. Mas a equipa que chegou primeiro não viu ninguém no local. Talvez, trabalhos que não deveriam ser feitos” adiantou.