Portugal recebe Jornadas Mundiais da Juventude “com uma alegria incontida”
28 Janeiro, 2019 850 visualizações

Portugal recebe Jornadas Mundiais da Juventude “com uma alegria incontida”

image_pdfimage_print

Lisboa vai acolher, em 2022, as próximas Jornadas Mundiais da Juventude, aquele que é considerado o maior evento da Igreja Católica. O anúncio, já esperado, foi recebido com “alegria”. Com esse sentimento partilhado vem também a noção da responsabilidade que é receber um evento destas dimensões.

O anúncio já era esperado, mas a certeza só chegou este domingo com o anúncio de que Portugal vai ser o próximo país a receber as próximas Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), em 2022. A confirmação foi dada no final da missa de encerramento das Jornadas Mundiais da Juventude, na Cidade do Panamá, pelo cardeal Kevin Farrell, prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

Para receber a boa-nova, viajaram até ao Panamá o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, – deslocação esta que a Associação Ateísta Portuguesa (AAP) repudiou, considerando “um grave atentado à neutralidade religiosa do Estado laico” -, o autarca de Lisboa, Fernando Medina, e o Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, além de muitos jovens católicos.

Ao saber da confirmação de que Lisboa vai mesmo ser palco daquele que é considerado o maior evento da Igreja Católica, o Presidente expressou “uma alegria incontida” e considerou que a relação de Portugal com África um argumento de peso na escolha do próximo anfitrião das JMJ.

“É uma alegria incontida e é começar a sonhar já e a projetar já o que se vai passar daqui a três anos e meio”, disse à agência Lusa Marcelo Rebelo de Sousa, na Cidade do Panamá”.

“Acho que nós conseguimos, conseguimos todos, conseguimos nós portugueses, conseguiram naturalmente os católicos de Portugal, conseguiram os bispos católicos, conseguiu D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, mas conseguimos nós todos como povo e conseguimos nós que falamos português”, assinalou o chefe de Estado.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, “foi muito importante um argumento essencial para esta decisão, o ser um país que pudesse abrir para vários continentes e, nomeadamente, para África, porque é o único continente que ainda não teve as Jornadas Mundiais da Juventude”.

“E entendeu-se – e bem – que Portugal, além de abrir para o continente americano e, obviamente, abrir para a Europa, abria para África, para a que fala português muitíssimo, e que vamos reunir em Lisboa, para aquela que não fala, mas também vai vir até Lisboa”, adiantou. Para Marcelo Rebelo de Sousa, Portugal ser o segundo país lusófono a receber as JMJ depois do Brasil, em 2013, “é o reconhecimento do peso da lusofonia, do mundo que fala português”.

Em representação do Governo, o secretário de Estado do Desporto e da Juventude, sublinhou, por seu turno, a dimensão do evento e a “alegria absolutamente extraordinária” de o receber. “Estamos a falar do maior evento de juventude que há no mundo, eu não sei mesmo se alguma vez em Portugal recebemos algo parecido com isto e, portanto, é uma notícia extraordinária”, disse João Paulo Rebelo.

“Eu diria que é de uma alegria absolutamente extraordinária para o nosso país, evidentemente para a Diocese de Lisboa, para a Câmara Municipal de Lisboa, mas claro também para o país, que vê assim reconhecida, mais uma vez, a grande capacidade organizativa que o país tem”, acrescentou ainda governante.

O primeiro-ministro também reagiu à notícia, no caso através do Twitter, garantindo que o Governo dará todo o apoio para “garantir o sucesso” do evento que vai estender-se até ao município de Loures, conforme confirmou o cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente.

REUTERS

Anterior Sampaense vence Sanjoanense por 84-80
Seguinte Portugal será afetado pela depressão Gabriel, mas só a partir de amanhã

Notícias Relacionadas

Última Hora

Confraria do Bucho apresenta candidatura às 7 Maravilhas de Portugal – Doces

A Confraria do Bucho de Arganil submeteu uma candidatura ao Concurso 7 Maravilhas – Doces, composta por 6 doces típicos do Concelho de Arganil.

Sociedade

CPCJ da Beira Serra querem famílias mais envolvidas na proteção das crianças e jovens

Oliveira do Hospital é, hoje, o concelho anfitrião do encontro que, durante todo  dia, junta as Comissões de Proteção de Crianças… 

Região

Mais de 3 milhões de euros para investigar doenças do cérebro e envelhecimento cardiovascular na Universidade de Coimbra

Dois grupos de investigadores da Universidade de Coimbra (UC) obtiveram financiamento para o estudo de doenças do cérebro e do envelhecimento cardiovascular.

Informação

Orquestra Clássica do Centro dá concerto na Mealhada com Bandas Filarmónicas da Região de Coimbra

Amanhã, dia 2, às 21h30, a Orquestra Clássica do Centro (OCC) convida músicos de várias Bandas Filarmónicas dos municípios de Coimbra, Mealhada e Oliveira do Hospital…

Região

Montemor-o-Velho: Apreendidas 132 munições e três armas de fogo por violência doméstica

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), apreendeu ontem, dia 14 de janeiro, três armas de fogo e 132 munições, no

Última Hora

13 detenções,  493 infrações e 81 acidentes na última semana no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra levou a efeito um conjunto de operações, no distrito de Coimbra, na semana de 20 a 26 de agosto, que visaram a prevenção e o

Destaque

16 detenções e 74 acidentes na última semana no distrito de Coimbra

Na semana de 19 a 25 de setembro, no âmbito de um conjunto de operações que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta… 

Informação

Despiste de camião faz um ferido na A25

Uma pessoa ficou ferida, esta quinta-feira, na sequência do despiste de um camião na saída da A25, em Albergaria-a-Velha.

Desporto

DESPORTO PARA O FIM DE SEMANA – OS DESTAQUES

No desporto para este fim de semana o destaque vai para o Hóquei em Patins e para o Nacional da 3ª Divisão – Zona B. Na jornada 5, o grande

Informação

Câmara de Tondela apoia reconstrução de habitações não permanentes

A Câmara de Tondela vai apoiar a reconstrução de habitações não permanentes que foram afetadas pelos incêndios de Outubro de 2017, o que deverá ter um impacto de 1,5 a

Destaque

“O IC6 tem todas as condições para avançar. Esta era a condição para a minha recandidatura” (com Vídeo)

José Carlos Alexandrino fez ontem o anúncio da sua recandidatura, pelo PS, à presidência da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. A comunicação de que o IC6 vai avançar foi

Informação

Homem detido em Castro Daire por suspeita de homicídio

A Polícia Judiciária deteve, ontem, em Castro Daire, um homem, de 44 anos, suspeito dos crimes de homicídio qualificado, roubo, profanação de cadáver e incêndio.