“Suspeitos do Costume” recolhidos nas praias fluviais do concelho
7 Agosto, 2019 943 visualizações

“Suspeitos do Costume” recolhidos nas praias fluviais do concelho

image_pdfimage_print

Nas últimas semanas, o Município de Oliveira do Hospital promoveu, no âmbito do Programa Bandeira Azul, várias ações de recolha de resíduos nas praias fluviais do concelho.

A ação “Suspeitos do Costume” foi dinamizada nas praias fluviais de Alvoco das Várzeas, Avô e São Sebastião da Feira e envolveu uma centena de participantes entre os 6 e os 13 anos.

A iniciativa envolveu os diversos grupos de crianças que se encontravam a participar nas “Férias Ativas na Biblioteca”, o programa ocupacional dos tempos livres do Município de Oliveira do Hospital bem como no ATL da Câmara Municipal.

Nos dias em que foram promovidas as atividades na área do Ambiente, pelas técnicas da autarquia, os participantes percorreram ativamente as praias fluviais, areal e zona envolvente em busca do lixo deixado para trás pelos banhistas. Entre os “Suspeitos do Costume”, as beatas e os plásticos foram os resíduos mais encontrados e recolhidos.

Estes resíduos recolhidos foram identificados, registados e armazenados em sacos próprios por tipologia e depois encaminhados para o destino final adequado. Foram ainda colocados nas três praias fluviais – Alvoco das Várzeas, Avô e S. Sebastião da Feira – painéis ilustrativos da ação com amostras dos tipos de lixo mais encontrados em cada uma delas, como forma de sensibilização.

Estas ações visaram a sensibilização para a importância do comportamento ambientalmente responsável como o respeito pelo código de conduta na zona balnear; para o problema dos resíduos e as suas consequências para a vida marinha, para os rios e oceanos e para a vida humana; e ainda a partilha de informação sobre as diferentes tipologias de resíduos e possíveis origens e encaminhamento adequado.

Recentemente, no mês de maio, o Município de Oliveira do Hospital promoveu também a exposição “Os Suspeitos do Costume – Do Rio ao Mar sem Lixo” dirigida aos alunos do 2.º CEB e que abordava a problemática do lixo marinho, em particular a acumulação de plástico, que tem vindo a ser identificado como um dos maiores problemas globais dos dias de hoje. A iniciativa visava sensibilizar os visitantes para o facto do lixo marinho ter origem em atividades terrestres, como consequências dos comportamentos humanos, e ainda para o papel dos rios enquanto ponte de ligação entre terra e mar.

Estas iniciativas inserem-se nas políticas ativas de educação ambiental que tem sido uma das grandes apostas do Município de Oliveira do Hospital materializado na dinamização de várias atividades, ao longo do ano, e que têm como público-alvo preferencial, os alunos dos estabelecimentos escolares públicos e privados do concelho, do pré-escolar ao ensino superior. Com um plano de atividades concertado entre os pelouros do Ambiente, da Educação, e da Floresta e Desenvolvimento Rural, é objetivo da autarquia sensibilizar o público, particularmente os mais novos, para a adoção de comportamentos sustentáveis que promovam uma cidadania ativa e responsável para a preservação do ambiente e da floresta.

Anterior Governo disponibiliza 600 mil euros para apoiar agricultores
Seguinte Sinistralidade: 25 detenções, 598 infrações e 85 acidentes no distrito de Coimbra

Notícias Relacionadas

Informação

Rádio Boa Nova realiza Convívio de Verão

É já no próximo sábado, 15 de julho, que a Rádio Boa Nova realiza o Convívio de Verão. A iniciativa que consiste num almoço e tarde cultural, vai ter lugar

Última Hora

Empresas: Intermarché de Oliveira do Hospital está “mais próximo” da população

A loja Intermarché de Oliveira do Hospital está agora “mais próxima da população” no âmbito daquele que é posicionamento demonstrado pela nova gerência de maior envolvimento na comunidade.

Nacional

Fim de semana entra com risco máximo de incêndio. 13 distritos em alerta

Cerca de uma centena de concelhos de 13 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

PJ identificou cinco suspeitos de roubo e sequestro em Viseu

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje ter identificado cinco homens suspeitos de um crime de roubo ocorrido em março de 2014, numa localidade…

Informação

Vila de Almeida recebe Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”

A vila de Almeida, distrito da Guarda, recebe no fim-de-semana de 18 e 19 de maio, o segundo evento do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”, um conjunto

Informação

Coimbra: Dois homens agredidos por se beijarem em público

Um casal homossexual foi violentamente agredido, no passado sábado, no centro comercial Alma Shopping, em Coimbra, por ter trocado um beijo de despedida.

Informação

Tábua: Posto de Combustível Galp foi assaltado durante a noite

O posto de combustível Galp, pertencente à Automecânica Tabuense foi assaltado na última madrugada, pelas 2h24, adianta o “Notícias Meda de Mouros” na sua edição online.

Última Hora

Proteção Civil emite aviso devido ao aumento do perigo de incêndio

Na sequência da informação avançada, hoje, pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, a partir de esta terça-feira e até ao próximo dia 17, para a generalidade do território

Última Hora

Góis: Local onde bombeiros descansaram ficou coberto de lama

Depois do fogo, o concelho de Góis foi afetado pelas enxurradas provocadas pelo mau tempo desta quinta-feira. A praia fluvial de Alvares, cujo relvado foi local de descanso para os

Informação

Marcelo promulga apoios a vítimas de incêndios de junho e outubro de 2017

O Presidente da República promulgou hoje a alteração à lei das medidas de apoio às vítimas dos incêndios florestais de 2017, abrangendo os fogos de junho e outubro, anunciou hoje

Informação

Penacova promove iniciativa “A minha floresta é melhor que a tua”

A Biblioteca Municipal de Penacova em conjunto com o Gabinete Técnico Florestal do Município de Penacova estão a implementar um novo projeto intitulado “A minha floresta é melhor do que

Destaque

Incêndios: Oliveira do Hospital é o concelho com mais projetos aprovados para recuperação de empresas

À data de 21 de dezembro de 2017 o concelho de Oliveira do Hospital era o que contava com mais projetos aprovados para a recuperação de empresas afetadas pelos incêndios