Situação de calamidade vai continuar “até ao final do mês de junho”
9 Junho, 2020 376 visualizações

Situação de calamidade vai continuar “até ao final do mês de junho”

image_pdfimage_print

A situação de calamidade no país devido à pandemia de covid-19 vai continuar até ao final do mês de junho devido aos feriados, festejos dos santos populares e reabertura das fronteiras aéreas,…

… anunciou hoje o primeiro-ministro.

“No conjunto do território nacional continuará a vigorar e até ao final do mês as regras atualmente em vigor, não porque se verifique uma alteração negativa do estado da pandemia, mas porque temos em conta que neste período se verifica a coincidência dos festejos tradicionais dos santos populares, a existência da abertura à Europa das fronteiras áreas aos países europeus no próximo dia 15 e também o elevado número de feriados”, disse António Costa aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros que aprovou o Orçamento Suplementar.

O primeiro-ministro considerou que é “importante transmitir a mensagem que as medidas de confinamento não podem significar qualquer tipo de relaxamento quanto às regras de distanciamento, proteção individual e higienização”.

“Se continuarmos a evoluir positivamente como tem estado acontecer, a nossa previsão é que a partir do próximo dia 1 de julho possamos fazer uma alteração do estado de calamidade para o estado de contingência e porventura, em algumas regiões, como o Algarve e o Alentejo, para a situação de mero estado de alerta”, avançou.

Nesse sentido, o primeiro-ministro apelou à responsabilidade de coletivamente se continuar a controlar a pandemia para que se consiga alcançar resultados positivos e que a 1 de julho se possa “dar este novo passo na evolução”.

O comunicado do Conselho de Ministros, entretanto divulgado, refere que o Governo decidiu prorrogar a declaração de situação de calamidade até às 23:59 do próximo dia 28 de junho, dando continuidade ao processo de desconfinamento em curso.

“Mantém-se a necessidade de se observar regras de ocupação, permanência e distanciamento físico, bem como regras de higiene e, ainda, de manter em vigor medidas excecionais e específicas quanto a atividades relativas aos estabelecimentos de comércio a retalho, de prestação de serviços, estabelecimentos de restauração e ao acesso a serviços e edifícios públicos”, precisa o comunicado.

O Conselho de Ministros também decidiu alargar a todo o país “a regra da limitação a dois terços dos ocupantes na circulação relativa aos veículos particulares com lotação superior a cinco lugares, salvo se todos os ocupantes integrarem o mesmo agregado familiar, em virtude da dificuldade de prática de distanciamento social em veículos automóveis, em especial nos de transportes de trabalhadores”

Outra das decisões do Conselho de Ministros de hoje é a abertura, a partir da próxima segunda-feira, dos parques aquáticos, escolas de línguas e centros de explicações.

O comunicado especifica que continua a estabelecer-se como regra que os estabelecimentos que retomaram ou retomem a sua atividade não possam abrir antes das 10:00, sendo exceção as situações já excecionadas, os ginásios e academias, que podem abrir antes das 10:00.

O Governo determinou também que as atividades e espaços que permanecem encerrados possam abrir quando disponham de orientação específica da Direção-Geral da Saúde relativas ao seu funcionamento.

Portugal está em situação de calamidade desde 03 de Maio devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência durante 45 dias.

Portugal regista hoje 1.492 mortes relacionadas com a covid-19, mais sete do que na segunda-feira, e 35.306 infetados, mais 421, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

lusa.pt

Anterior Polícia Judiciária deteve homem pelo crime de homicídio qualificado em Nelas
Seguinte Feira de Oliveira do Hospital regressa a 15 de junho, com isenção de taxas para feirantes e lotação de 303 pessoas

Notícias Relacionadas

Cultura

Câmara de Arganil aposta em Cantares de Natal e Janeiras na Aldeia, mantendo viva uma das tradições mais antigas do país

Em 2019, a autarquia dirigida por Luís Paulo Costa volta a reunir as Tunas Concelhias – Arganil, Côja e São Martinho da Cortiça – para cantar o natal e as

Última Hora

PJ deteve suspeito de tentar incendiar uma casa de madeira na Praia de Mira

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, deteve um homem suspeito de tentar incendiar uma casa de apoio, com recurso a uma pinha, na Praia de

Região

AHBV de Lagares da Beira reúne em Assembleia Geral Ordinária no dia 27 de junho

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira vai reunir em Assembleia Geral ordinária no próximo dia 27 de junho, pelas 21h00.

Nacional

Mais de 20 concelhos em risco muito elevado de incêndio e quatro com risco extremo de exposição aos raios ultravioletas

Mais de 20 concelhos do interior Norte e Centro, Alentejo e Algarve apresentam hoje um risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA),

Destaque

Sinistralidade: oito detenções, 642 infrações e 69 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 16 a 22 de outubro, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Última Hora

EXPOH: “Rafael e Diana” foram os vencedores do concurso Soltem Talentos (com vídeo)

Realizou-se ontem a final do concurso “Soltem Talentos”, no âmbito da programação da EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Última Hora

Cadáver de homem inglês estava enterrado em quinta na Guarda

Um homem, de idade ainda desconhecida, de nacionalidade inglesa, foi esta quinta-feira à tarde encontrado na quinta de São Lourenço, no distrito da Guarda, noticia o Jornal de Notícias.

Última Hora

Seia recebe 5º Festival Internacional da Canção da Serra da Estrela

Começa hoje o 5º Festival Internacional da Canção da Serra da Estrela. Ao longo de quatro dias 49 crianças e jovens sobem ao palco da Casa Municipal da Cultura, no

Região

Guarda: GNR deteve caçador por posse de munições proibidas

A GNR deteve um caçador por posse de munições proibidas, durante uma operação de fiscalização à atividade venatória na zona da Guarda, durante a qual foram fiscalizados 60 caçadores.

Nacional

30 concelhos de cinco distritos do continente em risco máximo de incêndio. Tempo quente coloca 9 distritos do continente e Madeira sob aviso amarelo

Trinta concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Guarda, Viseu e Bragança apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Informação

Município oliveirense diz que é “falsa” a notícia de que elemento da proteção Civil está infetado com Covid-19

O Município de Oliveira do Hospital socorreu-se hoje da sua página de facebook para desmentir uma notícia avançada de que…

Informação

Aldeias de Montanha: VII Tradição e Transmissão em Alvoco das Várzeas

  Alvoco das Várzeas é palco da 7ª edição do evento “Tradição e Transmissão”, a decorrer entre os dias 8 e 10 de dezembro.