Seia apoia renda/prestação bancária de estabelecimentos locais
4 Maio, 2020 383 visualizações

Seia apoia renda/prestação bancária de estabelecimentos locais

image_pdfimage_print

O Município de Seia criou um programa de apoio para os estabelecimentos de comércio e de serviços do concelho que, entre outras medidas, …

… estabelece a comparticipação em 50 por cento (num valor máximo de 100 euros/mês), das despesas respeitantes aos meses de abril e maio relacionadas com o arrendamento/prestação bancária dos imóveis adstritos à atividade comercial.

Sob o nome Compre(em)Seia, o programa visa atenuar “o abalo que a economia do Concelho já está a sofrer, com particular incidência nos setores da restauração e similares, do comércio e da prestação de serviços”, como se pode ler no despacho chancelado, esta quinta-feira (30 de abril), pelo Presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo.

Consciente de que não se conseguirão resolver todos os problemas, este programa apresenta-se como um “complemento aos incentivos de natureza financeira e fiscal lançados pelo Governo”, como refere Filipe Camelo, “por forma a garantir que, passado o surto epidémico, a economia fique em condições de recuperar das profundas perdas sofridas”.

O apoio é atribuído a um único estabelecimento por empresário/empresa e exclui as instituições bancárias e superfícies comerciais acima de 700m2, assim como atividades comerciais desenvolvidas em imóveis do Município de Seia, em regime de arrendamento e/ou cessão de exploração, a quem a autarquia já havia determinado isenção integral dos pagamentos de rendas, concessões, taxas ou outros rendimentos devidos ao Município.

Para o autarca senense são “as micro e pequenas empresas que carecem de uma intervenção mais rápida e de proximidade, sob pena da sua condição se agravar de forma irreversível, não só nos estabelecimentos que foram obrigatoriamente encerrados…, como todos os outros que, apesar de se terem mantido em funcionamento, tiveram quebras de rendimento”.

Sob este pressuposto, e porque se pede celeridade nos processos, a autarquia garante, após a aprovação da candidatura, a transferência do apoio num prazo máximo de cinco dias úteis. A única condicionante solicitada aos beneficiários do programa é a manutenção da atividade até 31 de dezembro de 2020.

As candidaturas ao programa Compre(em)Seia decorrem de 1 a 31 de maio e podem ser submetidas no formulário disponibilizado no site da Câmara Municipal de Seia (www.cm-seia.pt).

O apoio aos imóveis adstritos à atividade comercial consubstancia a proposta aprovada em reunião de câmara de 24 de abril, que determina um Incentivo à Economia Local na ordem dos 200 mil euros e onde se acoplam outras iniciativas, como vales de compras, que a autarquia se encontra a regulamentar.

Anterior Covid-19: Portugal com 1.063 mortes e 25.524 infetados
Seguinte Nelas duplica para dois mil Euros apoio à natalidade a famílias de baixos recursos em 2020

Notícias Relacionadas

Informação

Figueira da Foz: homem detido pelo crime de homicídio na forma tentada

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, identificou e deteve um homem de 45 anos de idade, pela presumível autoria de um crime de homicídio na forma tentada,

Informação

Coimbra: PJ deteve recluso que esteve três anos fugido no Brasil

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, deteve um homem que, após uma licença de saída de curta duração do Estabelecimento Prisional de Coimbra,…

Informação

Santuário de N. S. das Preces recebe Prémio Vilalva na próxima terça-feira

O Prémio Vilalva, que distinguiu o projeto de recuperação dos jardins do Santuário de Nossa Senhora das Preces, em Oliveira do Hospital, é entregue na próxima terça-feira.

Sociedade

Artistas portugueses unem-se em concerto solidário para com as vítimas dos fogos florestais

MEO Arena recebe concerto “Juntos Por Todos” a 27 de Junho, com transmissão ao vivo na RTP, SIC, TVI e em todas as rádios portuguesas.

Cultura

Festival de Tunas Académicas realiza-se amanhã em Oliveira do Hospital

O “VII fesTA.coh – Festival de TUNAS ACADÉMICAS cidade Oliveira do Hospital” realiza-se este sábado, 28 de abril, pelas 21h30, no Auditório da Casa da Cultura César Oliveira.

Região

Covid-19: Declarado estado de calamidade pública em Ovar

O Governo prepara-se para declarar, ainda esta terça-feira, o estado de calamidade pública, especificamente para o concelho de Ovar, adianta o JN na sua edição online.

Sociedade

“O Sol bailou ao meio dia?!” Fátima, Fé e História… 100 anos depois (O video)

“O Sol bailou ao meio dia?!”  Fátima, Fé e História… 100 anos depois Moderação: Vítor Neves Intervenientes: Anselmo Borges, Carlos Esperança, Francisco Claro e Luís Filipe Torgal.   Ficam aqui

Informação

Maior eclipse total da Lua ocorre amanhã

A Lua vai estar, amanhã, mergulhada na sombra da Terra, mas Portugal apenas vai apanhar o fenómeno a meio porque a Lua nasce numa altura…

Última Hora

Empresa NN Motos retoma laboração depois do grande incêndio do ano passado

A empresa NN Motos, destruída pelo grande incêndio de outubro de 2017, retomou a laboração um ano após a catástrofe.

Informação

CIM Região de Coimbra promove compras agrupadas de material de proteção para fazer face à COVID-19

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, através da sua central de compras e dos seus serviços, implementou um sistema que permite levantar as necessidades dos 19 municípios para

Região

Explosão de botija de gás provocou um morto em Moimenta da Beira

Uma pessoa morreu, hoje, no concelho de Moimenta da Beira, no distrito de Viseu, na sequência da explosão de uma botija de gás.

Desporto

Tondela assegurou manutenção e condenou Chaves à II Liga

O Tondela garantiu, ontem,  a permanência na I Liga depois de golear o Desportivo de Chaves (5-2), na última jornada do campeonato. Os beirões precisavam de ganhar diante de um