Saúde: João Brito defendeu moção de protesto ao governo. PS acusou o deputado de “hipocrisia política”
21 Fevereiro, 2019 2138 visualizações

Saúde: João Brito defendeu moção de protesto ao governo. PS acusou o deputado de “hipocrisia política”

image_pdfimage_print

João Brito, deputado do PSD, insistiu na reabertura do SAP no centro de Saúde de Oliveira do Hospital e desafiou a Assembleia Municipal a avançar com uma “moção de protesto”…

… ao governo e de assumir uma posição concertada em defesa do concelho. Na resposta foi acusado de “hipocrisia política”.

O social-democrata recordou à Assembleia as interpelações que fez  em anteriores reuniões, acabando também por fazer eco da preocupação recentemente partilhada pelo diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Carlos Carvalheira,  que pediu a criação de uma “via verde” no centro de saúde oliveirense, para atender as crianças acidentadas ou em episódio de mal estar. “Será a via verde a resposta mais adequada à situação? Não terão os nossos filhos direito a uma assistência como os das escolas dos centros urbanos?”, questionou João Brito, que disse que está na hora de o presidente da Câmara  e o seu executivo “descerem do pedastal de arrogância e assumirem a sua falha”. Na ocasião desafiou a Assembleia para uma “moção de protesto junto do governo” e de assumir uma posição concertada em defesa do concelho”.

Rui Monteiro, do PS, foi o primeiro a acusar João Brito de não apresentar o conteúdo da moção aos deputados. “Deve estar à espera que alguém apresente em nome dele. É uma moção para a qual fomos desafiados, mas não foi apresentada, por isso, vale o que vale”, referiu.


Carlos Castanheira, autarca de Aldeia das Dez (PS), “num ato de nostalgia” recordou a grande manifestação feita no concelho em defesa da saúde e das acessibilidades, onde não viu o deputado João Brito, “nem ninguém do PSD”.

Também Carlos Maia, autarca de Ervedal e Vila Franca da Beira (PS) confirmou não ter visto o PSD na manifestação realizada há quatro anos. Recorda que nessa altura o concelho passava por uma “situação extremamente dramática com milhares de oliveirenses sem médico de família”. Atualmente, Maia concorda que a situação ainda não está bem no concelho, mas a Fundação Aurélio Amaro Diniz foi “uma boa alternativa”. Acusa, por isso, João Brito de “hipocrisia política”.

Em resposta ao deputado, José Carlos Alexandrino (PS) questionou se João Brito “vive neste concelho ou noutro diferente”, para ter que se socorrer de notícias para confrontar o executivo. O presidente do Município Oliveirense informou da realização de uma reunião na passada quinta feira na Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro e assegurou que o Centro de Saúde de Oliveira do Hospital “nunca funcionou tão bem”. Não tardou também em recuar no tempo e considerar que o PSD “se acobardou” por ocasião da manifestação e que o anterior executivo PSD, não soube reivindicar a SUB que ficou instalada em Arganil. “As pessoas calaram-se e consentiram. Comigo! Eu não me calo e não me calarei”, argumentou.

Anterior Góis Moto Clube abriu temporada TT
Seguinte Quinta de Jugais e Arcial juntas em campanha para plantação de 4008 árvores em Oliveira do Hospital

Notícias Relacionadas

Última Hora

Futsal feminino: Académica vence Taça de Honra da AFC

A equipa da Académica – Seniores Femininos- venceu a Taça de Honra AF Coimbra, em jogo da final frente à equipa da ARCD Venda da Luísa, no pavilhão Municipal de

Última Hora

OP Escolar Seia: Anunciados os projetos vencedores da 4ª edição

Tourais/Paranhos, Guilherme Correia de Carvalho, Secundária de Seia e Jardim-de-Infância da Santa Casa da Misericórdia de Seia são as escolas que irão beneficiar do Orçamento Participativo (OP) Escolar de Seia

Região

Presidente da Câmara de Pedrógão constituído arguido

O presidente da Câmara Municipal de Pedrógão, Valdemar Alves, foi constituído arguido no caso que investiga os incêndios na região em junho de 2017. 

Região

Legionella volta a ser detetada no Centro de Saúde de Mangualde

O Centro de Saúde de Mangualde está novamente com problemas de legionella. Dois anos depois de ter sido detetada a bactéria, o problema voltou a afetar esta unidade de saúde.

Nacional

Sol dá lugar à chuva neste fim de semana

A chuva regressa hoje a Portugal continental e deverá permanecer pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima…

Última Hora

Peritos internacionais confirmam trabalho de qualidade da BLC3

A BLC3 submeteu pela primeira vez o processo de avaliação do trabalho científico realizado à avaliação de  peritos internacionais, tendo obtido …

Nacional

18 concelhos de seis distritos do continente em risco máximo

Dezoito concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Castelo Branco, Santarém, Guarda e Bragança apresentam hoje um risco máximo de incêndio,…

Desporto

Equipa de Santo António do Alva venceu Taça da Inatel em futsal. Conheça outros resultados…

A equipa da Associação Progressiva de Santo António do Alva, venceu ontem a Taça da Fundação  Inatel de Coimbra em Futsal,…

Última Hora

Município de Oliveira do Hospital criou conta solidária de apoio às vítimas do incêndio

O Município de Oliveira do Hospital criou uma conta solidária de apoio às vítimas do forte incêndio que afetou o concelho. Vamos todos ajudar através do IBAN: PT50 0035 0567 00026953430

Região

Colisão entre camião e autocarro faz seis feridos

Uma colisão entre um camião e um autocarro no IC1 (estrada que liga a Figueira da Foz a Leiria), em Marinha das Ondas, fez esta manhã seis feridos ligeiros, incluindo

Nacional

GNR deteve 74 pessoas em flagrante delito no fim de semana

A Guarda Nacional Republicana deteve 74 pessoas em flagrante delito no fim de semana e apreendeu 941 doses de cocaína, informou hoje a GNR.

Informação

Proteção Civil emite aviso à população pelo perigo de incêndio rural

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil alerta para