Região: PJ deteve suspeito de abuso sexual a crianças
5 Fevereiro, 2019 682 visualizações

Região: PJ deteve suspeito de abuso sexual a crianças

image_pdfimage_print

A Polícia Judiciária de Leiria deteve um homem, de 42 anos, suspeito da prática de vários crimes de abuso sexual de crianças e de pessoa incapaz de resistência, ocorridos na zona de Leiria.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a PJ adianta que  o homem, operário fabril de profissão, terá “abusado sexualmente” de duas menores, “com quem mantém relação de proximidade, aproveitando os momentos em que estava a sós com as mesmas”, situação que durou “mais de um ano”.

“O arguido justificava os seus atos, perante as vítimas, com a necessidade de lhes prover educação sexual, concretizando assim vários atos sexuais de relevo”, lê-se no comunicado.

Presente no início deste mês às autoridades judiciárias competentes, foram-lhe aplicadas as medidas de coação de apresentações bissemanais perante os órgãos policiais da área de residência, bem como proibição de contactos e aproximação das vítimas, acrescentou a PJ.

Anterior Região: Mulher de 35 anos morreu em acidente de trabalho
Seguinte Filipe Paiva, promotor da TrialMotor, é convidado do Espaço BLC3- Ciência no Interior

Notícias Relacionadas

Região

Incêndios: Feridos graves vão receber pagamento intercalar

As vítimas dos incêndios de junho e outubro de 2017 que, após avaliação clínica por parte do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, receberam a qualificação de “feridos

Informação

FCOH começa o Distrital de Hora da AFC com uma goleada de 5-1

Depois da taça, a goleada repete-se, agora para o Distrital de Honra. Uma partida que se tornou fácil de mais para os homens da casa, marcando nos primeiros segundos de jogo,

Última Hora

EM 514 foi ontem reaberta ao trânsito

A estrada EM 514, entre o cruzamento de Penalva de Alva e o cruzamento do Mosteiro, que se encontrava cortada ao trânsito desde o dia 19 de dezembro…

Última Hora

Conhecidos humoristas protagonizam espetáculo a favor das vítimas dos incêndios de outubro

O Auditório do Conservatório de Música de Coimbra acolhe, esta noite, pelas 22h00, “Rir por uma Causa Maior”, uma iniciativa da associação SOS Arganil, a favor das vítimas dos incêndios

Informação

Região: Homem ficou  ferido com gravidade numa queimada

Um homem sofreu, ontem, ferimentos graves devido a uma “queimada descontrolada” em Malhadas, concelho de Soure.

Informação

Pastor de Vila Pouca da Beira encontrado morto num poço

Um homem com 40 anos, pastor, foi encontrado esta manhã sem vida num poço localizado na quinta de Santa Apolónia, Avô. António Catarino, …

Região

Mais de 100 bombeiros e 7 meios aéreos combatem chamas na Guarda

Mais de 100 bombeiros estão a combater, na tarde desta segunda-feira, um incêndio em Matança, no concelho de Fornos de Algodres, na Guarda.

Última Hora

“Fico feliz porque Oliveira do Hospital não se esquece de um filho adotivo”

Hoje, a partir das 19h00, a Rádio Boa Nova repõe a entrevista a António Sala, realizada em dia de aniversário desta estação. A conhecida voz da rádio foi o convidado

Educação

OP Escolar Seia: Anunciados os projetos vencedores da 4ª edição

Tourais/Paranhos, Guilherme Correia de Carvalho, Secundária de Seia e Jardim-de-Infância da Santa Casa da Misericórdia de Seia são as escolas que irão beneficiar do Orçamento Participativo (OP) Escolar de Seia

Cultura

Comédia revisteira na Casa da Cultura César Oliveira no feriado municipal

No âmbito das comemorações do Feriado Municipal de Oliveira do Hospital, no dia 7 de outubro, a Casa da Cultura César Oliveira recebe a comédia revisteira…

Última Hora

Coimbra: Homem identificado por maus tratos a animal de companhia

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Coimbra, no dia 7 de agosto, identificou um homem com 62 anos, pelo crime de

Informação

Quase 20 concelhos em risco máximo de incêndio

Mais de uma dezena de concelhos dos distritos de Viseu, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Leiria e Faro estão hoje em risco máximo de incêndio, de acordo com o Instituto Português