Queimadas entre as principais causas dos fogos até 15 de agosto
29 Agosto, 2018 646 visualizações

Queimadas entre as principais causas dos fogos até 15 de agosto

image_pdfimage_print

As queimadas foram a principal causa dos incêndios investigados entre 1 de janeiro e 15 de agosto, segundo do último relatório provisório de incêndios rurais do Instituto de Conservação da Natureza e da Floresta (ICNF).

Os dados do relatório apontam que entre 1 de janeiro e 15 de agosto foram registados 7 670 incêndios rurais, o segundo mais baixo dos últimos dez anos.

Até 15 de agosto de 2018, as causas mais frequentes dos incêndios foram o uso do fogo — queimadas, com 66%, e incendiarismo — Imputáveis, com 14%.

Do total de 7 670 incêndios rurais verificados este ano, foram investigados e têm o processo de averiguação de causas concluído (63% do número total de fogos — responsáveis por 17% da área ardida).

Segundo o relatório, até 15 de agosto foram registados 7 670 incêndios rurais que resultaram em 34 791 hectares de área ardida, entre povoamentos (19 377 hectares), matos (13 433) e agricultura (1 881).

Este ano foram registados menos 40% de incêndios rurais e menos de 49% de área ardida relativamente à média anual do período dos últimos dez anos, destaca o ICNF.

“O ano de 2018 apresenta, até ao dia 15 de agosto, o 2.º valor mais reduzido em número de ocorrências e o 5.º mais reduzido de área ardida, desde 2008”, é referido.

Ainda no que diz respeito à área ardida, o ICNF destaca que os incêndios com área ardida inferior a um hectare são os mais frequentes em 2018 (87% do total de incêndios rurais).

No que se refere a fogos de maior dimensão, até 15 de agosto existe apenas um incêndio com área ardida superior ou igual a 1 000 hectares (o de Monchique, distrito de Faro, que destruiu uma área de 26 763 hectares).

O ICNF adianta também no relatório que até 15 de agosto registaram-se nove incêndios que resultaram em 28 685 hectares de área ardida, cerca de 82% do total.

De acordo com o documento, o distrito mais afetado em área ardida, é o de Faro com 26 642 hectares, cerca de 77% da área total, seguido de Santarém com 1 109 hectares (3% do total) e Braga com 1 010 hectares (3%).

Quanto ao maior número de ocorrências, o relatório indica que ocorreram nos distritos do Porto (1 275), Braga (729) e Aveiro (693), sendo que são fogos maioritariamente de reduzida dimensão (não ultrapassam um hectare de área ardida).

Anterior Coimbra chumba proposta que defendia ligação para Viseu em autoestrada
Seguinte Suspeito de homicídio na Figueira da Foz já foi capturado

Notícias Relacionadas

Região

Festas do Concelho animam Seia durante cinco dias

Seia está em festa entre 11 e 15 de agosto. Durante cinco dias, o centro histórico da sede do concelho, na área envolvente à Praça do Município, ganha mais vida…

Região

Viseu terá em 2018 sala de espetáculos para quatro mil pessoas

A cidade de Viseu deverá dispor, a partir de julho de 2018, de uma sala de espetáculos com capacidade para quatro mil pessoas, após a requalificação do pavilhão multiusos,…

Sociedade

Protocolo entre IP e ANCOSE “reconhece o interesse que a Associação tem para a agricultura da região”

A ANCOSE- Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela, e a Infraestruturas de Portugal (IP), celebraram, esta terça-feira, um protocolo de cooperação que consiste na reconstrução de vedações

Última Hora

Soltem Talentos anima noite de 2 de agosto na EXPOH

O concurso Soltem Talentos volta a ocupar lugar de destaque na programação da EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Última Hora

Pedrógão: Concluídas 189 das 259 casas a reabilitar através do Revita

O Fundo Revita revelou hoje que está já concluída a reconstrução de 189 das 259 casas de primeira habitação afetadas pelos incêndios de junho de 2017, pelo que se encontram

Destaque

Greve dos motoristas de matérias perigosas provoca corrida aos postos de combustíveis

Desde o início da tarde que se assiste a uma corrida aos postos de combustíveis no concelho de Oliveira do Hospital, à semelhança do que se verifica por todo o

Última Hora

Candidato da CDU acusa PS de “violar” a lei com colocação de outdoor em Ervedal da Beira

O candidato da CDU à União de Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira acusa o PS de “violar” a lei. Em causa está a colocação de

Informação

Falso alerta para acidente aéreo em Canas de Senhorim (atualizada)

O alerta de acidente aéreo, cerca das 16h00 desta quarta-feira, em Canas de Senhorim, no concelho de Nelas, foi um falso alarme.

Politica

José Carlos Alexandrino apresenta candidatura sob o lema “No Caminho Certo”

José Carlos Alexandrino apresenta no próximo domingo, dia 30 de julho, pelas 18h00, a sua candidatura pelo Partido Socialista à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Informação

Conheça os jogos deste fim de semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) defronta no domingo o Pampilhosense. A equipa de Lagares da Beira joga com o Febres e o Nogueirense com o Marítimo B.

Região

Despiste causou um morto em Arganil

Um homem  de 62 anos morreu no seguimento de um despiste, na manhã desta quarta-feira no Piódão, em Arganil, adiantou fonte do Comando Territorial da GNR de Coimbra.

Última Hora

Município lança projetos de águas e saneamento no valor de 2 milhões de euros

A Câmara Municipal de Seia apresentou cinco candidaturas ao PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos,…