• Primeiras chuvas inundam entrada de unidade cinco estrelas das Caldas de S. Paulo
  • Primeiras chuvas inundam entrada de unidade cinco estrelas das Caldas de S. Paulo
  • Primeiras chuvas inundam entrada de unidade cinco estrelas das Caldas de S. Paulo
  • Primeiras chuvas inundam entrada de unidade cinco estrelas das Caldas de S. Paulo
  • Primeiras chuvas inundam entrada de unidade cinco estrelas das Caldas de S. Paulo
13 Setembro, 2016 4990 visualizações

Primeiras chuvas inundam entrada de unidade cinco estrelas das Caldas de S. Paulo

image_pdfimage_print

A chuva que se fez sentir na madrugada desta terça-feira deixou alagada a zona de entrada do Aqua Village, nas Caldas de S. Paulo. O promotor atribui responsabilidades …

… à Câmara Municipal que lembra que foi a empresa proprietária do complexo, a Craptur, que “fechou os aquedutos” mas, assegura estar a trabalhar na solução.

Ao segundo dia de abertura ao público, a unidade turística de cinco estrelas localizada nas Caldas de S. Paulo, no concelho de Oliveira do Hospital, deparou-se com umaqua3a inundação de água e lama na zona de receção decorrente da chuva que caiu de madrugada.

Tal aconteceu por na zona exterior do empreendimento não terem sido executados os trabalhos de desvio de águas e arranjo do pavimento. Uma situação que, segundo Francisco Cruz, promotor do investimento deveria ter sido acautelada pelo município de Oliveira do Hospital, de quem é a responsabilidade de “intervenção na via pública”. “Há dois anos que andamos a pedir ao município intervenção na via pública. A situação não é nova. Já trocamos inúmeros emails e fotografias”, referiu Francisco Cruz à Radio Boa Nova.

Descontente com o cenário com que esta manhã se deparou, Francisco Cruz nota que esta é uma obra “relativamente fácil e rápida de fazer”. “Quando há vontade as coisas funcionam. Mas quando não há vontade é o que se vê”, referiu. Em causa está o “necessário encaminhamento de águas pluviais que vêm pela aldeia”. Uma “intervençãozinha” com o custo estimado de 15 mil Euros. Se “o Aqua Village já pagou ao município cerca de 30 mil euros só em taxas, o saldo é francamente positivo”, refere Francisco Cruz.

A manter-se um cenário de chuvas, o promotor turístico admite ter que encerrar o empreendimento para assegurar a integridade dos clientes, porque a “lama torna escorregadias algumas zonas de passagem”. Para minimizar os estragos, o promotor assegura ter encomendado um camião de touvenan para colocar naquela zona. Do mesmo modo solicitou intervenção ao município.

“A Câmara está aqui para encontrar soluções. Mas foi sempre isso que fizemos. Mas há pessoas que querem sempre colocar pedras e depois acham que a culpa é sempre dos outros”

aqua 2Contactado pela Rádio Boa Nova, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital assegurou que o município “tem estado a fazer tudo para viabilizar o projeto que considera de interesse municipal”. José Carlos Alexandrino notou, porém, que há questões que ultrapassam o município. Apesar de notar que está atrasada a obra, já adjudicada de 15 mil euros, para encaminhamento das águas, o autarca nota que antes as águas seguiam por aqueles terrenos e que foi o promotor que “fechou os aquedutos” ali existentes e os “omitiu do projeto”. “Isso causa alguns problemas”. Mesmo diante destas “evidências”, o presidente do município diz estar do lado das soluções. Sobre os restantes trabalhos de pavimento, nota que é preciso serem ultrapassadas questões ligadas com a titularidade dos terrenos que delimitam o empreendimento. “Se alguns terrenos são do promotor e o promotor até nos pergunta quanto é que nós oferecemos por cada o metro quadrado? O dinheiro público é para melhorar…” referiu, notando que para resolução destas questões “é preciso bom senso das duas partes”. “Não tenho dores de consciência”, referiu José Carlos Alexandrino. “A Câmara está aqui para encontrar soluções. Mas foi sempre isso que fizemos. Mas há pessoas que querem sempre colocar pedras e depois acham que a culpa é sempre dos outros”, rematou.

Anterior Cerca de 150 operacionais combatem chamas em Pampilhosa da Serra
Seguinte PJ da Guarda deteve jovem de 23 anos por suspeita de abuso sexual de crianças

Notícias Relacionadas

Informação

Tanak vence em Lousada e Conquista a liderança

A dupla Ott Tanak/Martin Jarveoja, com o Toyota Yaris WRC, é a primeira líder do Vodafone Rally de Portugal, depois de ter sido a mais rápida na super especial de Lousada (3,36

Informação

Ministros vão “ajudar” nas obras da Estrada Nacional 17

Última Hora: Após reunião urgente do governo sobre o péssimo estado da Estrada Nacional 17, António Costa comunicou ao edil oliveirense Prof.José Carlos Alexandrino e ainda antes das mini férias

Informação

Chegada da primeira etapa da 25ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros é em Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital recebe na próxima quinta-feira, dia 29 de junho, por volta das 15h44, na Av. Dr. Carlos Campos, a chegada da primeira etapa da 25ª Volta a Portugal

Última Hora

Tábua: Dois homens detidos em flagrante por cultivo de plantas de cannabis

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã, deteve, esta quinta-feira, 13 de setembro, dois homens com 19 e 46 anos, por

Informação

Trabalhos na Estrada Nacional/ER 342 – Arganil-Côja estão suspensos

O Município de Arganil anunciou, em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a suspensão dos trabalhos da empreitada de beneficiação da ER 342, entre Arganil e Côja, …

Última Hora

Piodão promove “Estrada Real: A Longa Caminhada”

As Aldeias Históricas de Portugal, através do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, estão a promover inúmeras atividades que prometem animação.

Última Hora

Reitor da Universidade de Coimbra anunciou eliminação da carne de vaca das cantinas universitárias

A Universidade de Coimbra (UC) vai eliminar o consumo de carne de vaca nas cantinas universitárias a partir de janeiro de 2020, anunciou hoje o reitor, Amílcar Falcão.

Informação

Assembleia Municipal arranca com voto de pesar pelo falecimento de Alexandre de Brito Gouveia

Decorre desde cerca das 14h30 desta sexta feira a sessão ordinária da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital. O arranque dos trabalhos ficou marcado …

Última Hora

Despiste de automóvel provocou um morto e um ferido ligeiro em Viseu

O despiste de uma viatura provocou, ontem, um morto e um ferido ligeiro na Estrada Nacional 2, em Bigas, no concelho de Viseu.

Última Hora

Oliveira do Hospital distinguida como “Autarquia + Familiarmente Responsável” pelo quarto ano consecutivo

O Município de Oliveira do Hospital recebeu esta quarta-feira, pelo quarto ano consecutivo, a Bandeira Verde de “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018”,…

Informação

Dez concelhos em risco máximo de incêndio com temperaturas acima dos 35ºC

Dez concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Portalegre e Castelo Branco apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

“É uma mais valia manter esta Unidade de Cuidados na Comunidade em atividade”

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital foi o local escolhido pela Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Pinheiro dos Abraços para assinalar o 3º aniversário.