Politécnico de Coimbra desenvolve bengala para doentes de Parkinson
22 Janeiro, 2020 1037 visualizações

Politécnico de Coimbra desenvolve bengala para doentes de Parkinson

image_pdfimage_print

Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico de Coimbra está a desenvolver uma bengala musical inovadora para facilitar a marcha aos doentes de Parkinson.

“Trata-se de uma bengala inteligente, que capta o padrão de marcha de cada utilizador e seleciona uma música correspondente ao padrão aferido, com o objetivo de melhorar a marcha, que é a principal limitação dos portadores desta patologia”, disse à agência Lusa Marta Pereira, que lidera o projeto.

O objetivo da bengala é “melhorar a qualidade de vida dos doentes de Parkinson, já que está comprovado cientificamente que a utilização de música melhora a marcha daquelas pessoas”, salientou.

A equipa liderada por Marta Pereira, diplomada em fisioterapia pela Escola Superior de Tecnologia e Saúde de Coimbra (ESTeSC), desenvolveu uma tecnologia que incorpora “os benefícios da música nos auxiliares de marcha”, existindo já um protótipo em fase de testes científicos para a sua validação.

O projeto, realizado no âmbito do Icanemusic, nasceu no departamento de Fisioterapia da ESTeSC e ganhou a 16.ª edição do concurso regional Poliempreende, tendo sido finalista do concurso de ideias de negócio Born from Knowledge 2019.

“Ainda não existe data prevista, mas prevê-se que não demore muito até esta bengala inteligente estar disponível no mercado, por um preço que terá em conta a realidade portuguesa”, sublinhou Marta Pereira.

Além de Marta Pereira, integram ainda o projeto os docentes Anabela Correia Martins (ESTeSC), Fernanda Coutinho, Jorge Barreiros e Marco Silva (Instituto Superior de Engenharia do Politécnico de Coimbra).

A sua apresentação vai decorrer no sábado à tarde na ESTeSC, durante o evento “Dia aberto da Doença de Parkinson”, realizado em parceria com a Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson, para discutir tratamentos e novas abordagens à doença, que será aberto a fisioterapeutas, doentes e familiares.

Segundo Marta Pereira, que integra a organização, “a fisioterapia e o apoio familiar são peças fundamentais na qualidade de vida dos doentes de Parkinson”.

“Os estudos apontam para uma progressão mais lenta da doença, quando introduzida a fisioterapia desde a fase inicial”, salientou, referindo que, atualmente, existem em Portugal 20 mil pessoas com Parkinson, “com tendência para aumentar muito e vir a tornar-se numa pandemia”.

Com início às 14h00, o “Dia Aberto? da Doença de Parkinson” inicia com a intervenção da médica neurologista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra) Cristina Januário, seguindo-se a fisioterapeuta especialista Josefa Domingos.

lusa.pt

Anterior País: ASAE apreende 187 mil artigos contrafeitos no valor de 5 milhões de euros
Seguinte Nelas: Proteção Civil teve intervenção em vários locais devido à depressão “Glória”

Notícias Relacionadas

Última Hora

A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Esta terça-feira, dia 30 de janeiro, entre as 13h10 e as 14h00, é emitido o 15.º e programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do

Informação

Worten e a ERP Portugal oferece árvores para acção de reflorestação em Oliveira do Hospital

Realiza-se esta manhã, entre as 11h00 e as 13h00, uma ação de reflorestação, junto à estrada entre Vale de Maceira e o Piodão, na freguesia de Aldeia das Dez, no

Última Hora

Coimbra: Detido autor de disparos contra seguranças de discoteca

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, em cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo DIAP de Coimbra, procedeu à detenção de um homem, com 22 anos de

Educação

Curso de Artes do Espetáculo da Eptoliva encantou em Góis

Prestes a finalizar o curso em Julho próximo, os finalistas do Curso de Artes do Espetáculo/Interpretação, estrearam na Casa da Cultura de Góis, …

Informação

Homem apanhado a traficar droga em bairro da Figueira da Foz

A PSP deteve esta quarta-feira um homem, de 45 anos, na Figueira da Foz pela prática de tráfico de estupefacientes.

Região

Associações do Carnaval de Canas de Senhorim entregaram material de proteção a bombeiros da região

As duas associações, rivais de séculos no Carnaval de Canas de Senhorim, uniram-se para entregar batas, cogulas, perneiras, mangas, fatos, máscaras, desinfetante de superfícies e desinfetante de ambulâncias às corporações

Informação

Centro de Saúde adapta-se para dar resposta a possíveis casos de Covid-19

O Centro de Saúde de Oliveira do Hospital sofreu uma reorganização dos seus espaços e funcionamento, no âmbito do Estado de Emergência, de forma a estar preparado para dar resposta

Última Hora

Arte e Artistas em tempo de COVID-19

Em tempo de pandemia, a Associação de Arte e Imagem de Seia apresenta a “Exposição COmVIDa-20”. Trata-se de uma mostra virtual …

Última Hora

Seixas inaugura Casa Mortuária e vê concretizada reivindicação antiga

A comunidade das Seixas, na freguesia de Seixo da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital assiste amanhã à concretização…

Região

Pombal: GNR apreende 45 aves de espécies cinegéticas protegidas

O Comando Territorial de Leiria da GNR apreendeu, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Pombal, 45 aves de espécies cinegéticas protegidas e autóctones, na freguesia da Guia, em Pombal,

Destaque

Festa das Vindimas revive tradição que se está a perder em Lagares da Beira (com vídeo)

É já no próximo fim de semana, 29 e 30 de setembro, que se realiza a 9ª edição da Festa das Vindimas em Lagares da Beira, com o objetivo de

Informação

Cáritas Diocesana de Coimbra: Campanha “Somos família” já apoiou 22 agregados familiares

São 22 as famílias que foram já adotadas por outras famílias da sociedade civil e que receberam cabazes recheados de bens essenciais no âmbito da campanha “Somos Família”, lançada no