Penacova: Escola Profissional Beira Aguieira é Centro QUALIFICA
27 Julho, 2020 258 visualizações

Penacova: Escola Profissional Beira Aguieira é Centro QUALIFICA

image_pdfimage_print

A EBA – Escola Profissional Beira Aguieira, em Penacova, é agora também um Centro Qualifica, integrando um programa vocacionado para a qualificação de adultos…

… que tem por objetivo melhorar os seus níveis de educação e formação.

Na apresentação do projeto, que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Direção da EBA e a equipa responsável pelo projeto, transmitiram a Sandra Ralha, vereadora com o Pelouro da Educação da Câmara de Penacova e a Vasco Morais, Chefe de Gabinete da autarquia, a importância do Programa QUALIFICA na definição de uma estratégia integrada que promova a oferta de respostas educativas e formativas dirigidas a todos e que possa envolver diversos agentes.

Sandra Ralha sublinhou que, este passo dado pela EBA contribuirá significativamente para a melhoria dos níveis de qualificação da população e para a melhoria da empregabilidade dos indivíduos. “Já conhecíamos a excelente oferta da Escola Profissional Beira Aguieira na área da formação profissional, na hotelaria e restauração, no turismo e lazer, nas ciências informáticas e na saúde. Agora, a escola sendo um Centro QUALIFICA, alarga a sua oferta e passa a dar resposta educativa e formativa à qualificação de adultos, seja aos que pretendem obter uma certificação escolar, seja aos que pretendem uma certificação profissional, ou ambas, possibilitando inclusive uma interação com as empresas e estes são passos muito importantes para o nosso concelho”.

No âmbito da reunião foi igualmente abordada a preocupação do município com a integração dos alunos que frequentam a Escola. Vasco Morais reforçou que, “no período em que vigorou o estado de emergência foi determinante o envolvimento de todos os atores no terreno para que os alunos da escola, nomeadamente, os que possuem outras nacionalidades, tivessem o apoio necessário e se sentissem em segurança. O município foi desde sempre colaborador com a Escola mas, durante este período, tivemos que ser ainda mais ativos e desta experiência o que pudemos retirar de significativo é que realmente urge criar um grupo de trabalho que contribua para que estes alunos que se encontram deslocados das suas raízes culturais se possam integrar de forma mais harmoniosa e que se acabe de vez com o estigma negativo dos alunos da Beira Aguieira.”

O município de Penacova, como referiu Sandra Ralha, avançou durante a reunião com a proposta de criação de um grupo de trabalho que será constituído por um representante dos alunos da EBA, um elemento da Direção e um professor da escola, dois representantes do Município e um representante de entidades associativas (desportivas e culturais), com o objetivo de “desenhar um Plano de Ação que espelhe ações concretas, estruturadas e organizadas de modo a permitir aumentar a dinâmica de integração dos jovens alunos da EBA, particularmente, daqueles que, não sendo cidadãos nacionais, se encontram deslocados e vivem em Penacova durante o ano letivo. O nosso objetivo, é que para estes alunos seja realmente bom estudar em Penacova, mas seja igualmente bom viver em Penacova!”.

Anterior Covid-19: Mais duas mortes e 135 novas infeções em Portugal
Seguinte Atleta do Maratona Clube Vila Chã ficou em 1º lugar em corrida virtual

Notícias Relacionadas

Informação

ADI promove sessão de esclarecimento “Portugal 2020: Oportunidades para as empresas em 2018”

A ADI – Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, em parceria com o Município de Oliveira do Hospital, promove esta quinta-feira, dia 13 de setembro,

Informação

Meruge acolhe 16ª Feira do Porco e do Enchido

A Lage Grande e o Terreiro do Santo, em Meruge, freguesia de Oliveira do Hospital, acolhe este domingo, 11 de novembro, a 16ª Feira do Porco e do Enchido.

Última Hora

FCOH empatou. Nogueirense impôs derrota à AD de Lagares da Beira. E outros resultados….

Em jogo da 16ª jornada da série C, do Campeonato de Portugal, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital ficou-se, ontem, pelo empate a um golo no reduto do Vitória

Última Hora

Médicos dão consultas grátis em Lagares da Beira para vítimas dos incêndios

Mais de uma dezena de médicos realiza, nos dias 9 e 10 de dezembro, consultas grátis no quartel de bombeiros de Lagares da Beira,…

Destaque

“Muitas vezes fica esquecida a questão de que os influencers estão a exercer uma profissão”

“O Poder dos Influencers Digitais em Tempo de Pandemia” foi o tema de mais uma webinar, promovida pela EPTOLIVA, no âmbito do ciclo de conferências Epto Futuros.

Sociedade

Calema trouxeram “boa energia e esperança” a Oliveira do Hospital (com vídeo)

Os Calema asseguraram animação e boa disposição na segunda noite da EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Última Hora

Seia: Mil e seiscentos seniores participaram em convívio

O Município de Seia voltou a proporcionar um dia de lazer e convívio aos idosos e pensionistas do concelho, com a realização de mais uma edição do Convívio Sénior, que

Informação

Portugal 2020: Projetos aprovados no interior ultrapassam 400 milhões de euros

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, afirmou que, dos 1 600 milhões de euros aprovados no âmbito do Portugal 2020 para projetos

Última Hora

Polícia Judiciária deteve suspeito dos crimes de abuso sexual de crianças e de menores dependentes  

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, reformado por invalidez, suspeito de ter abusado…

Sociedade

Viseu investe 700 mil euros na manutenção de estradas

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques (PSD), anunciou hoje um investimento municipal superior a 700 mil euros …

Desporto

Etapa da 26ª Volta a Portugal do Futuro vai ligar Oliveira do Hospital ao Monte de Colcurinho

A 2ª etapa da 26ª Volta a Portugal do Futuro vai ligar a cidade de Oliveira do Hospital ao Monte de Colcurinho, no próximo dia 6 de setembro, num percurso

Informação

Tribunal de Contas refere que Planos municipais de defesa contra incêndios não protegem floresta

O Tribunal de Contas aponta má qualidade, execução deficiente e falta de fiscalização aos planos municipais de defesa contra incêndios florestais.