Paulo Leitão é candidato a líder da distrital de Coimbra do PSD

O vereador da Câmara de Coimbra, Paulo Leitão, apresentou ontem a candidatura à liderança da comissão política distrital do PSD, da qual é vice-presidente, para renovar os atores políticos e melhorar os resultados do partido.

“Vamos apostar na renovação e formação de novos quadros e protagonistas, promovendo novas abordagens e estilos políticos, que permitam reaproximar os eleitos dos eleitores”, disse o autarca social-democrata, em conferência de imprensa.

Paulo Leitão prometeu “uma nova forma e um novo estilo de fazer política” que leve o PSD a reconquistar o maior número de municípios nas próximas eleições autárquicas.

Dos 17 municípios do distrito, 12 são atualmente liderados pelo PS, pelo que o partido “tem de construir e apresentar alternativas à governação socialista, nomeadamente com o exemplo de boas práticas dos executivos sociais-democratas”, frisou.

“Nos últimos anos temos assistido a uma hegemonia do PS e os resultados não são bons, tanto ao nível da criação de emprego, como dos saldos demográficos. Cada vez mais assistimos a jovens e não jovens a terem de migrar para outros pontos do país e outros pontos da Europa, porque o distrito não oferece, na sua maioria, soluções de emprego e de fixação de pessoas”, salientou.

Segundo Paulo Leitão, perante este quadro de “maus resultados” das maiorias socialistas, “assiste ao PSD a responsabilidade acrescida de oferecer alternativas mais jovens, numa relação de proximidade com os eleitores para os conseguir cativar”, de forma a que daqui a dois anos o partido reconquiste “a maioria das câmaras”.

“É com este objetivo que surge esta candidatura e isto faz-se com a promoção e escolha dos mais capacitados e com trabalho político”, sublinhou o candidato, de 38 anos, à sucessão do deputado Maurício Marques, que se demitiu do cargo em janeiro.

O candidato considerou que este “será um trabalho árduo, no terreno, que está fértil, devido à maior parte das governações socialistas deixarem muito a desejar naquilo que são as expectativas e os anseios das pessoas”.

No entanto e de acordo com Paulo Leitão, o maior desafio será reconquistar Coimbra, que já “mostrou nas últimas eleições que não se revê no atual presidente (o socialista Manuel Machado), que se comporta quase como o dono da cidade e não quer ouvir nem a oposição, nem as forças da cidade e os empresários”.

Licenciado em engenharia civil, Paulo Leitão foi vereador do urbanismo na Câmara de Coimbra no último mandato do social-democrata Carlos Encarnação à frente do município (2009-2012), que acabou por renunciar em 2010, dando lugar a João Paulo Barbosa de Melo.

A eleição da nova comissão política distrital do PSD está marcada para 09 de março e, até hoje, Paulo Leitão é o único candidato oficializado.

lusa.pt