Pároco de Oliveira do Hospital quer “pedido de desculpas público” de quem disse que apoio de 6600 Euros é para dividir por três padres
26 Junho, 2020 2516 visualizações

Pároco de Oliveira do Hospital quer “pedido de desculpas público” de quem disse que apoio de 6600 Euros é para dividir por três padres

image_pdfimage_print

António Loureiro, pároco de Oliveira do Hospital, clarificou esta manhã, no programa “Outras Conversas” da Rádio Boa Nova que o subsídio atribuído pelo Município à paróquia de Oliveira do Hospital…

… não tem o propósito de pagar o salário de três padres. Porque “é fácil e barato difamar em Portugal”, o sacerdote pede mesmo a João Dinis, autor de um artigo de opinião, que “prove onde é que na conta dos três padres entraram os 2200 Euros”, ou então faça “um pedido público, porque fez uma difamação pública”.

Esta manhã, António Loureiro começou por reparar na “sofisma de linguagem” usada pela vereador do PSD, Maria Emília Moreira, na reunião do executivo onde foi aprovado o pedido de subsídio – a paróquia solicitou apoio de oito mil Euros – que considerou que seria uma forma “camuflada de a Igreja Católica pagar salários”. Segundo referiu António Loureiro, a vereadora terá reparado que “se o município quisesse usar o mesmo tratamento para outras eventuais igrejas no concelho teria que dar 80 mil euros”. “Isto parece-me que é um raciocino estranho. Realmente, o concelho tem 20 igrejas, com 20 números de contribuinte. São identidades próprias. Se houvesse mais de 10 igrejas, de outras confissões deveriam ter tratamento igual.  Se quiséssemos ser retos cada igreja receberia 400 Euros e nunca 80 mil Euros como nas contas da senhora”, comentou.

No Programa “Palavras de Esperança” da Rádio Boa Nova, António Loureiro, mostrou-se ainda “muito surpreendido com um artigo assinado pelo senhor João Dinis (Jano) que fala de um relacionamento pecaminoso entre o presidente da Câmara  e alguns padres do concelho”.” “Parece-me ser um artigo ofensivo para a dignidade pessoal dos sacerdotes do concelho e para a igreja católica. Parece-me ser muito injusto em tudo aquilo que diz. Este senhor afirma que o donativo de 6600 euros é para dividir por três padres e que cada um vai receber 2200. O senhor agora vai ter que provar onde é que na conta dos três padres entraram os 2200 euros. É fácil e barato difamar em Portugal. O senhor deve provar o que diz ou fazer um pedido de desculpas público, porque fez uma difamação pública”, afirmou.


Na Rádio Boa Nova, António Loureiro explicou ter solicitado o subsídio ao Município, juntamente com mais dois sacerdotes do concelho que têm mais paróquias, sendo que seria a paróquia de Oliveira do Hospital a fazer o pedido” em nome de todas as paróquias para ser distribuído em partes iguais para todas as paróquias, mas não envolveria o pagamento de salários a sacerdotes. Seria um pedido de 8 mil euros, mas que o Município reduziu para 6600.

Esta manhã, o pároco oliveirense, explicou o destino a ser dado ao apoio de 6600 Euros. Informou que serão atribuídos 230 Euros a cada paróquia para ajudar ao pagamento da eletricidade e despesas que o covid-19 trouxe ao nível da higienização. Adiantou que a paróquia de Oliveira do Hospital terá uma duplicação porque tem mais celebrações e o remanescente será para colocação de janelas numa casa usada para a catequese. “O destino vai ser este e nada tem a ver com os salários, nem com os 2200 Euros que cada padre vai receber”, concluiu.

 

Anterior Ano letivo atípico termina hoje depois de três meses de ensino à distância
Seguinte Ca$h Resto Z€ro: “Centeno no Banco de Portugal é inaceitável, intolerável e miserável”

Notícias Relacionadas

Informação

Fogo em Penacova mobiliza quase 300 operacionais

Quase três centenas de operacionais combatem um incêndio no concelho de Penacova, distrito de Coimbra, que deflagrou cerca das 13h00, refere a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção

Informação

Greve das cantinas fecha escolas de Lagares, Ponte das Três Entradas e sede do Agrupamento em Oliveira do Hospital

A greve dos funcionários das cantinas obrigou, hoje, ao fecho das escolas de Lagares da Beira, Ponte das Três Entradas e sede do Agrupamento em Oliveira do Hospital.  Ao final

Informação

Mário Patrão lidera Morocco Desert Challenge 

Mário Patrão foi, ontem, de novo o mais rápido no segundo dia do Morocco Desert Challenge, depois de ter disputado um setor seletivo de 470 quilómetros…

Informação

Sabugal: Detido por agredir e ameaçar ex-companheira

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, deteve na passada segunda-feira, dia 10 de fevereiro,  um homem com 38 anos, por violência doméstica, no

Informação

IEFP e Turismo Centro de Portugal lançam curso formativo de Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo

O IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional e o TCP – Turismo Centro de Portugal apresentaram ontem, numa conferência de imprensa, em Aveiro, um novo percurso formativo em

Última Hora

Greve de três dias na distribuição começa hoje nos armazéns e logística

Os trabalhadores dos armazéns dos super e hipermercados iniciam hoje uma greve a que se juntará o pessoal das lojas no sábado e no domingo, …

Última Hora

“Contos e Poemas de Natal” de Prof. Ramos Mendes apresentado na Pampilhosa

O livro “Contos e Poemas de Natal”, escrito pelo professor José Ramos Mendes, foi apresentado, no passado sábado, na Capela da Misericórdia de Pampilhosa da Serra.

Região

Oliveira do Hospital promove Semana Municipal para a Igualdade

O Município de Oliveira do Hospital prepara-se para assinalar o seu Dia Municipal para a Igualdade (21 de junho) com  a dinamização de várias iniciativas ao longo de uma semana,…

Cultura

Árvore de Natal feita pela comunidade “pretende dar vida à freguesia” de Seixo da Beira

A freguesia de Seixo da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, conta, nesta época natalícia, com uma árvore de natal gigante feita de croché, carregada de simbolismo.

Informação

Suspeito de crime de homicídio na Lajeosa ficou em prisão preventiva

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração da GNR de Oliveira do Hospital, deteve o homem, …

Sociedade

Autoridade Tributária apresentou programa e fez homenagens em Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital foi o local escolhido pela Autoridade Tributária para a apresentação do programa “Partilha do Conhecimento Intergeracional na AT”, que aconteceu ontem à tarde na Casa da Cultura

Nacional

Governo garante que não há ovos contaminados à venda em Portugal

O Ministério de Agricultura garantiu hoje que não há ovos contaminados com pesticida tóxico à venda em Portugal e que o caso reportado às autoridades europeias refere-se a um português