Parlamento Europeu vota a favor da abolição da mudança de hora
26 Março, 2019 749 visualizações

Parlamento Europeu vota a favor da abolição da mudança de hora

image_pdfimage_print

O Parlamento Europeu pronunciou-se esta terça-feira, em Estrasburgo, a favor da proposta de fim da mudança de hora bianual, mas apenas em 2021,…

… e não já este ano, como propunha inicialmente a Comissão Europeia.

Afastada está já a ideia original da Comissão Europeia, que propunha o fim da mudança de hora já este ano, como reconheceu na segunda-feira à noite, num debate no hemiciclo, a comissária europeia dos Transportes, Violeta Bulc.

Segundo o Parlamento, caberá a cada Estado-membro decidir se quer aplicar a hora de verão ou a hora de inverno, mas os países da UE deverão todavia coordenar entre si a escolha das respetivas horas legais, de modo a salvaguardar o bom funcionamento do mercado interno, e notificar essa decisão a Bruxelas até 01 de abril de 2020, o mais tardar.

O relatório propõe que a última mudança obrigatória para a hora de verão ocorra no último domingo de março de 2021.

Em outubro passado, o primeiro-ministro, António Costa, defendeu que Portugal deve manter o atual regime bi-horário e ter uma hora de verão e uma hora de inverno, considerando que “o bom critério e único é o critério da ciência”.

fonte: jn.pt

Anterior Especialista diz que "ainda há muito para fazer" na prevenção dos incêndios
Seguinte Arganil usa cabras para limpeza florestal com apoio da Agrária de Coimbra

Notícias Relacionadas

Região

Serra da Estrela: Estradas encerradas devido à queda de neve

Algumas das estradas de acesso à serra da Estrela estão hoje encerradas devido à queda de neve, formação de gelo e vento forte.

Informação

Luís Lagos é candidato à Distrital de Coimbra do CDS

O oliveirense  Luís Lagos é candidato à sucessão de Paulo Almeida na liderança da Distrital de Coimbra do CDS, adianta o jornal online Notícias de Coimbra. Luís Lagos, 38 anos, natural

Informação

Mãe de José Francisco Rolo faleceu aos 79 anos

Glória Tavares, mãe de José Francisco Rolo, vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, faleceu ontem no hospital da FAAD, com 79 anos, vítima de doença prolongada.

Última Hora

EPTOLIVA: a escola da Região Centro com mais projetos selecionados no Prémio Fundação Ilídio Pinho

No âmbito da candidatura à 15ª edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho – CIÊNCIA NA ESCOLA – 2017/2018, cujo tema se insere em “Ciência na Escola ao Serviço do Desenvolvimento

Informação

Homem de 80 anos que estava desaparecido foi encontrado com vida

Um homem de 80 anos, que estava desaparecido na localidade de Sotão, em Góis, Coimbra, apareceu com vida.

Programas

“A Escola e o Meio” apresenta 33º programa na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 16 de junho, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 33.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Última Hora

Resultados desportivos de fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e a Associação Desportiva Nogueirense (ADN) jogaram, ontem, a 11ª jornada da Série C do Campeonato Nacional.

Região

Presidente da Câmara de Góis arguida por difamação a um vereador

A presidente da Câmara de Góis, a socialista Lurdes Castanheira, foi constituída arguida num processo por difamação movido por um vereador do seu partido.

Última Hora

JSD de Oliveira do Hospital lança inquérito online à população

A Juventude Social Democrata (JSD) de Oliveira do Hospital lançou  um inquérito online denominado  “Oliveira do Hospital depende de todos nós!”, dirigido a todos os oliveirenses.

Desporto

“Deram-me uma oportunidade e este ano tinha que dar continuidade à aposta que fizeram em mim”

Miguel Valença vai continuar a comandar a equipa sénior do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) na próxima época.

Última Hora

Incêndios: Abertos 40 estágios em municípios afetados no ano passado

O Governo anunciou hoje a abertura, na próxima segunda-feira, das candidaturas para 40 estágios na administração local em regiões afetadas pelos incêndios.

Última Hora

Familiares de 15 das 30 vítimas mortais representadas por associação ainda não pediram indemnização

O presidente da Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal, Luís Lagos, disse que até agora, apenas os familiares de 15 das 30 vítimas mortais representadas pela