País: Eurodeputado Francisco Guerreiro sai do PAN por “divergências políticas”
16 Junho, 2020 404 visualizações

País: Eurodeputado Francisco Guerreiro sai do PAN por “divergências políticas”

image_pdfimage_print

O eurodeputado Francisco Guerreiro anunciou hoje que sai do PAN por “divergências políticas” com a direção do partido pelo qual foi cabeça de lista nas europeias do ano passado,…

… mas vai manter-se no Parlamento Europeu.

“O eurodeputado Francisco Guerreiro sai do partido Pessoas-Animais-Natureza por divergências políticas com a direção e garante que continuará a defender no Parlamento Europeu os ideais pelos quais foi eleito e se rege”, refere um comunicado enviado à Lusa.

O comunicado acrescenta que “as divergências que justificam o seu afastamento do PAN assentam na falta de identificação política com várias posições relevantes tomadas pelo partido no parlamento nacional, bem como com a linha política global que tem caracterizado a atuação do PAN nos últimos meses”, considerando que esta tem “limitado a independência política do eurodeputado em Bruxelas”.

“Tem existido um constante afastamento de alguns princípios fundadores do partido que fazem com que, em consciência, não me reveja em várias das decisões tomadas”, afirma Francisco Guerreiro, no comunicado.

Francisco Guerreiro aponta, por exemplo, “a crescente e vincada colagem do PAN à esquerda”, considerando que tal “quebra uma das bases filosóficas do partido que não se revê nas dicotomias políticas tradicionais”.

O eurodeputado refere ainda uma “recente apologia ao incentivo para a entrada de jovens no serviço militar (contra a base pacifista do partido), a passividade perante as ações geopolíticas da China na Europa ou o aumento da agressividade discursiva” do PAN como razões para a sua saída.

Francisco Guerreiro considera também que existiu um “bloqueio da divulgação do trabalho europeu” que desenvolveu, em áreas como o Rendimento Básico Incondicional (RBI).

“Enquanto eurodeputado independente continuarei a defender as linhas programáticas com as quais fui eleito, como é o caso do estudo da implementação de um projeto piloto de RBI na Europa tão importante, particularmente, no atual contexto de pandemia”, assegura o eurodeputado.

Francisco Guerreiro indica que continuará a integrar, na condição de deputado independente, Os Verdes Europeus/Aliança Livre Europeia.

“Continuarei a respeitar o mandato que me foi concedido, tal como os ideais do programa das eleições europeias de 2019 votado por mais de 168 mil cidadãos”, garante.

Francisco Guerreiro tornou-se militante do partido Pessoas-Animais-Natureza em 2012, entrando na Comissão Política Nacional do partido em 2013 e na Comissão Política Permanente no ano seguinte.

No Parlamento Europeu, destaca o comunicado, conseguiu a 1ª vice-presidência da Comissão de Agricultura e do Desenvolvimento Rural, o lugar como efetivo nas comissões das Pescas e dos Orçamentos, a vice-presidência do intergrupo pela conservação e proteção do bem-estar animal, bem como a integração na aliança da FAO contra a fome e a má-nutrição no Parlamento Europeu.

“Tem-se destacado pela participação ativa quer no plenário em Bruxelas e Estrasburgo, quer enquanto relator e relator sombra de importantes relatórios como é o caso do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP)”, destaca a nota enviada à Lusa.

Francisco Guerreiro, 35 anos, foi o cabeça de lista do PAN e único eleito desta força política nas europeias de maio de 2019, as primeiras em que o partido obteve representação em Bruxelas (com cerca de 5% dos votos).

Nasceu em Santiago do Cacém, a 12 de setembro de 1984, licenciou-se em Comunicação Social pelo Instituto Superior de Educação de Coimbra e trabalhou como analista de estudos de mercado, e ‘project leader’ para a Comissão Europeia, até 2014.

Nas últimas legislativas, em outubro do ano passado o PAN passou de um deputado único – o porta-voz André Silva – para um grupo parlamentar de quatro, correspondentes a 3,3% dos votos.

Anterior Ministra da Agricultura visitou região do Dão para estreitar ligações entre o Turismo e o setor primário
Seguinte Concelho de Viseu regista 104 casos com 98 recuperados e zero mortes

Notícias Relacionadas

Última Hora

Oliveira do Hospital investe “forte” no incentivo às compras e animação de Natal

Em plena quadra natalícia, aposta do município e da ADI volta a ser de incentivo às compras no comércio local. Sorteio de Natal, concurso de Montras surgem a par de

Última Hora

Rádio Boa Nova realiza Convívio de Verão

É já no próximo sábado, 15 de julho, que a Rádio Boa Nova realiza o Convívio de Verão. A iniciativa que consiste num almoço e tarde cultural, vai ter lugar

Informação

Fundo Revita analisa hoje processos da reconstrução de casas em Pedrógão

A Comissão Técnica do Revita (órgão gestor dos fundos de apoio à reconstrução das casas afetadas pelo grande incêndio de junho de 2017) vai reunir-se esta sexta-feira, às 14:30, nas

Informação

Filipe Abrantes quer repetir triunfo em Mortágua

Passado quase um mês, o Campeonato Centro de Ralis está de regresso e depois da intempérie que se abateu sobre o Rali de Tábua e Oliveira do Hospital, desta feita

Última Hora

Confira os resultados desportivos de fim-de-semana

Este fim-de-semana jogou-se a 17ª jornada da Série C do Campeonato Nacional que ditou um empate à Associação Desportiva Nogueirense e uma vitória ao Futebol Clube de Oliveira do Hospital

Região

Maior Festa do Queijo Serra da Estrela de Portugal realiza-se em Oliveira do Hospital dias 11 e 12 de março

A 26.ª edição da Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital promete ser o evento nacional mais mediático no segundo fim-de-semana de março, dias 11 e 12

Última Hora

Homem de 36 anos detido por violência doméstica na Mêda

A GNR, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), deteve na última quinta-feira um homem com 36 anos, por suspeita de violência doméstica, no concelho

Sociedade

Especialista em fogos diz que “falhámos todos” nos incêndios de Junho e de Outubro

Domingos Xavier Viegas, especialista em incêndios florestais e responsável pelo relatório ao grande incêndio de Pedrógão Grande disse em Oliveira do Hospital que, quer naquele incêndio, quer no de outubro,

Última Hora

Câmara de Oliveira do Hospital cria Gabinete de Apoio aos Empresários Afetados pelos Incêndios

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) abre esta quarta-feira, dia 8 de novembro, um Gabinete de Apoio aos Empresários Afetados pelos Incêndios (GAEAI), …

Politica

Deslocação de Pedro Marques a Oliveira do Hospital foi “frete político”, entende a CDU

Para a CDU de Oliveira do Hospital, a deslocação do ministro do Planeamento e das Infraestruturas a Oliveira do Hospital “assume contornos de frete político-partidário ao PS”, …

Informação

Presidente da Câmara Municipal partilha palavra de “esperança” em mensagem de Natal e Ano Novo

Na habitual mensagem de Natal e Ano Novo dirigida a todos os oliveirenses, o presidente do Município de Oliveira do Hospital deixa, este ano, “uma palavra de esperança”…

Última Hora

Regiões Centro e Norte merecem mais atenção na prevenção aos incêndios

O presidente da Agência de Gestão Integrada dos Fogos Rurais (AGIF) disse ontem, em Coimbra, que as regiões Centro e Norte merecem mais atenção nas questões dos incêndios devido ao