Oliveira do Hospital é finalista ao Prémio Município do Ano
31 Outubro, 2018 1421 visualizações

Oliveira do Hospital é finalista ao Prémio Município do Ano

image_pdfimage_print

O Município de Oliveira do Hospital é finalista ao Prémio Município do Ano- Portugal 2018, cuja cerimónia de entrega decorre dia 16 de novembro, pelas 17h00, em Guimarães.

Águeda, Mealhada, Oliveira do Hospital, Seia, Figueira de Castelo Rodrigo, Idanha-a-Nova, Lousã e Sátão são os candidatos representantes da região centro.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Universidade do Minho refere que o concurso, por si organizado, através da plataforma UM-Cidades e pela Câmara de Guimarães, “visa reconhecer as boas práticas de projetos implementados pelos municípios com impacto no território, na economia e na sociedade, promovendo o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade”.

O galardão “pretende também colocar na agenda a temática da territorialização do desenvolvimento, perspetivada a partir da ação das autarquias, bem como valorizar realidades diversas que incluam as cidades e os territórios de baixa densidade nas diferentes regiões do país”, acrescenta a Universidade do Minho.

Este ano, a 5ª edição conta com a participação de: Avis, Coruche, Santarém e Sines (Alentejo), Albufeira, Alcoutim e Loulé (Algarve), Cascais, Lisboa, Mafra e Sesimbra (Área Metropolitana de Lisboa), Arouca, Espinho, Gondomar e Vila Nova de Gaia (Área Metropolitana do Porto), Águeda, Mealhada, Oliveira do Hospital e Seia (Centro), Figueira de Castelo Rodrigo, Idanha-a-Nova, Lousã e Sátão (Centro com menos de 20 mil habitantes), Braga, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vila Real (Norte), Alfândega da Fé, Armamar, Montalegre e Valpaços (Norte com menos de 20 mil habitantes), Horta, Madalena do Pico, Ribeira Grande e Vila Praia da Vitória (Regiões Autónomas).

A cerimónia de entrega dos dez galardões a concurso será antecedida pela conferência “Como os municípios podem contratar transportes públicos e partilhados”, proferida por Robert Stussi, vice-presidente da Associação Portuguesa do Veículo Elétrico.

Lisboa venceu esta iniciativa em 2014, com o projeto “Há Vida na Mouraria”, sendo que em 2015 foi vencedor Vila do Bispo, com o projeto “Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza”. Em 2016 venceu o prémio o Fundão, com o projeto “Academias de Código”, e no ano passado Guimarães, com “Pay-as-You-Throw no Centro Histórico de Guimarães”. A edição deste ano contou com 56 candidaturas.

Anterior PS de Oliveira do Hospital exige requalificação total da EN 230 até ao limite do distrito de Coimbra
Seguinte Figueira da Foz: Detido por tráfico de produtos estupefacientes

Notícias Relacionadas

Região

Serra da Estrela: GNR fecha EN338 devido a desmoronamento de terras

Um desmoronamento de terras, ao final da tarde de domingo, levou a Guarda Nacional Republicana (GNR) a cortar os dois sentidos da EN338, na Serra da Estrela.

Última Hora

Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas proíbe a caça em áreas ardidas

Na sequência dos últimos incêndios, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) decretou a proibição de caça em áreas ardidas.

Informação

GNR identificou casal por maus tratos a animal de companhia

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Coimbra, no dia 5 de julho,…

Cultura

Sociedade Recreativa Penalvense promove XVI Encontro de Tunas

A Sociedade Recreativa Penalvense promove, no próximo domingo, dia 24 de novembro, o XVI Encontro de Tunas, a ser realizado na sua sede em Penalva de Alva, no concelho de

Última Hora

ASAE apreendeu cerca de 400 artigos de carnaval

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 400 artigos de Carnaval, designadamente disfarces de adulto e criança,…

Opinião

Ca$h Resto Z€ro: “Não se pode parar, temos que continuar a caminhar, a fazer acontecer, a continuar a acreditar”

No habitual espaço de opinião Ca$h Resto Z€ro, Vítor Neves volta esta sexta-feira, a centrar-se na pandemia do Covid-19, para apelar às pessoas, …

Última Hora

Quase mil pessoas apanhadas a conduzir com álcool. 300 ficaram detidas

Mais de 300 pessoas foram detidas entre sexta-feira e as 8h00 desta quarta-feira, por condução com excesso de álcool no sangue, no âmbito da Operação “Ano Novo”, segundo dados provisórios

Última Hora

Arganil: Voluntários vão plantar três mil árvores

Cerca de 3 mil árvores vão ser plantadas no sábado na aldeia de xisto de Vila Cova de Alva, em Arganil, numa ação de reflorestação promovida pela Quercus e a

Politica

Candidato da CDU diz que Oliveira do Hospital caminha para “uma ilha” e defende medidas nas áreas da saúde, acessibilidades, transportes e requalificação do património

O candidato da CDU à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital acredita que a coligação tem condições para aumentar o número de votos …

Última Hora

Homem morto encontrado a boiar na Ria de Aveiro

O corpo de um homem com cerca de 60 anos foi encontrado hoje de manhã num dos canais urbanos da Ria de Aveiro, disse fonte dos Bombeiros.

Última Hora

“Há Festa na Zona Histórica” adiado para fim de semana de 6 a 8 julho

A iniciativa “Há Festa na Zona Histórica” inicialmente prevista para os dias 29 e 30 de junho e 1 de julho, na cidade de Oliveira do Hospital, foi adiada devido

Informação

Grandes incêndios responsáveis por quase 90% do total da área ardida

Os grandes incêndios foram responsáveis este ano por quase 90% do total da área ardida, destruindo mais de 192 mil hectares de espaços florestais, … … segundo o mais recente