Oliveira do Hospital destruiu cerca de 340 ninhos de vespa asiática
9 Outubro, 2019 902 visualizações

Oliveira do Hospital destruiu cerca de 340 ninhos de vespa asiática

image_pdfimage_print

O Município de Oliveira Hospital destruiu, até ao início do mês de outubro, cerca de 340 ninhos de vespa velutina, habitualmente designada como vespa asiática.

Os números foram revelados, na última reunião pública do executivo municipal, pela vereadora do Ambiente e das Florestas, que adiantou terem sido recebidas 387 comunicações pelos serviços da proteção civil sobre ninhos de vespa asiática. Teresa Dias explicou que daquele conjunto, foram intervencionados 375 ninhos, sendo que 90 por cento (cerca de 340) se tratavam de ninhos de vespa velutina e 10 por cento eram ninhos de vespa Europeia que não representavam perigo. Em falta estavam à data da reunião, 3 de outubro, 12 comunicações por intervencionar.

Teresa Dias referiu que “tem sido um trabalho árduo” e que a maior dificuldade se prende com o facto de os ninhos se encontrarem “bastante altos”. “A vara que é utilizada vai até 28 metros e por vezes tem que se usar a autoescada dos bombeiros”, explicou a responsável, que enaltece e agradece o apoio das equipas dos bombeiros de Oliveira do Hospital, coordenadas pelo adjunto Sousa  e elementos da Proteção Civil municipal , porque “tem sido um trabalho muito profissional no combate a esta invasora que é a vespa velutina”.

Esta é uma matéria que também preocupa o presidente do Município oliveirense, até pela existência de notícias de morte por picada da vespa velutina. É uma preocupação. Continuaremos a fazer este trabalho”, referiu José Carlos Alexandrino, explicando que todos os municípios da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra estão a fazer um trabalho semelhante no combate à vespa invasora.

Anterior Município de Penacova entrega Bolsas de Estudo
Seguinte Homem foi detido por violência doméstica e posse de explosivos na Covilhã

Notícias Relacionadas

Informação

Juventude Popular lamenta “posicionamento impávido” da Câmara e apela a que “tome parte” no problema da Fundação D. Maria Emília Vasconcelos Cabral

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a Concelhia de Oliveira do Hospital da Juventude Popular lamenta “o posicionamento impávido e sereno do executivo camarário oliveirense quanto ao funcionamento deficitário

Informação

Teen Talks realizaram-se na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital

Realizaram-se na Biblioteca Municipal Oliveira do Hospital, no passado dia 9,  as primeiras Teen Talks, que tiveram como convidado especial…

Destaque

Rádio Boa Nova associa-se a grupo de rádios locais que boicotam ações de campanha eleitoral para as eleições europeias

A Cadeia de Informação Regional (CIR), que engloba 6 rádios locais dos distritos de Vila Real e Bragança (Rádio Ansiães [98,1 MHz Carrazeda de Ansiães],…

Última Hora

Guarda: Mulher condenada a 18 anos de prisão por ter matado o filho

Ilda Gonçalves, de 46 anos, foi condenada pelo coletivo de juízes do Tribunal da Guarda a 18 anos de prisão pela prática, em autoria material e na forma consumada, de

Última Hora

“Ca$h Resto Z€ro” prevê resultado eleitoral e destaca necessidade de oposição

À sexta feira o “Ca$h Resto Z€ro” traz a opinião à Rádio Boa Nova. Um olhar sobre a política, a economia e as pessoas com a assinatura de Vítor Neves.

Última Hora

Cáritas Coimbra vai reconstruir 40 casas afetadas pelos incêndios

A Cáritas de Coimbra vai reconstruir 40 habitações afetadas pelos incêndios que começaram em junho em Pedrógão Grande e em Góis, foi hoje anunciado.  

Última Hora

“A Escola e o Meio”na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 20 de outubro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 3.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Informação

CCPOH termina em 5º lugar o campeonato nacional da 2ª divisão de ténis de mesa

Na última jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de ténis de mesa, disputada este sábado, o Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) deslocou-se ao vizinho

Sociedade

“Há Festa…” animou Zona Histórica de Oliveira do Hospital

A zona antiga da cidade de Oliveira do Hospital já não passa sem o “Há Festa na Zona Histórica”.

Destaque

PIDS: “Enquanto jovens, temos que ser o veículo de poder fazer mais” (com vídeo)

Júlio Mendes é um dos rostos da associação designada por PIDS e que se traduz no “Plano de Intervenção e Dinâmica da Freguesia de Seixo da Beira”. 

Última Hora

Crédito Agrícola da Serra da Estrela e de Oliveira do Hospital apoiam produtores pecuários

As Caixas de Crédito Agrícola da Serra da Estrela e de Oliveira do Hospital vão doar 2 camiões de fardos de palha, num total de 46 toneladas,…