Nacional: Deco desaconselha compra de hambúrgueres já picados nos talhos
23 Janeiro, 2017 1062 visualizações

Nacional: Deco desaconselha compra de hambúrgueres já picados nos talhos

image_pdfimage_print

A Deco Proteste apelou hoje aos consumidores para que não comprem hambúrgueres já picados nos talhos, onde encontrou bactérias nocivas e aditivos alergénicos …

… usados para fingir que a carne é fresca.

Num estudo publicado hoje, a associação de defesa dos consumidores diz que identificou carne guardada a temperaturas demasiado altas, “milhões de bactérias por grama”, entre as quais a ‘salmonella’ e outras de origem fecal, demasiada gordura e sulfitos usados ilegalmente como conservantes.

Em declarações à agência Lusa, Nuno Lima Dias, técnico da Deco desaconselha “de todo a compra de carne previamente picada e de hambúrgueres frescos já preparados nos talhos”, defendendo até  que o governo deva proibir a venda deste formato.

Para o estudo, a Deco foi a 25 talhos de Lisboa e Porto e pediu hambúrgueres de carne de vaca que não contivesse cereais ou vegetais, para que estivesse livre de sulfitos, mas mesmo assim encontrou este tipo de conservantes de forma “escondida e ilegal” em 80 por cento das amostras, por vezes em “quantidades enormes”.

Os sulfitos podem provocar alergias, náuseas, dores de cabeça, problemas de pele, digestivos e respiratórios, alertou, acrescentando que a reação alérgica pode, embora em casos muito raros, ser potencialmente mortal.

Os talhos estão fora da lei também por armazenarem a carne a temperaturas “muito superiores ao que a lei permite”, apontou, referindo que se recomenda que não excedam os dois graus centígrados, mas a média ronda os oito graus, chegando em alguns casos aos 14.

Nuno Lima Dias afirmou que “os consumidores estão desprotegidos” quando compram os hambúrgueres já picados, uma vez que não há maneira de detetar, olhando para a carne, se esta é de qualidade inferior, sobretudo quando se usam sulfitos, que evitam o escurecimento da carne.

Foram encontradas ainda bactérias como a ‘salmonella’ e E Coli, de origem fecal, que podem provocar infeções alimentares. A Deco defende que se deve escolher a peça de carne no talho e pedir para a picar na hora, ou comprar e picar em casa.

Na preparação da carne, deve cozinhar-se bem o alimento e evitar que entre em contacto com outros que são consumidos crus.

“Nada passou do razoável, a grande maioria dos estabelecimentos chumbou”, disse Nuno Lima Dias.

Anterior  Eptoliva selecionada com quatro projetos na 14ª edição Projeto “Ciência na Escola” - Fundação Ilídio Pinho    
Seguinte Natal resultou em mais de 150 mil Euros em compras no comércio local de Oliveira do Hospital

Notícias Relacionadas

Sociedade

Associação das vítimas dos incêndios de 15 de outubro queixa-se de “discriminação” nos apoios a fundo perdido

A  Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal queixa-se de que os lesados pelos incêndios de 15 de outubro estão a ser alvo de “discriminação negativa” nos

Última Hora

GNR presta apoio a cidadãos em confinamento obrigatório

Durante este período de Estado de Emergência, a Guarda Nacional Republicana, a par de sensibilizar para a limitação da circulação na via pública ou fiscalizar as violações previstas na lei,

Informação

Centro de Inspeções de Seia retoma atividade e garante que sempre cumpriu requisitos legais

O Centro de Inspeções CIMA, localizado na Zona Industrial de Seia, retomou esta manhã a atividade depois de quatro meses de encerramento por decisão do IMT (Instituto da Mobilidade e

Última Hora

Confira os resultados desportivos do fim-de-semana

Num fim-de-semana em que o Campeonato Nacional esteve interrompido para se realizaram jogos a contar para a Taça de Portugal, a Associação Desportiva (AD) de Lagares da Beira,…

Última Hora

Oliveira do Hospital quer integrar Zonas de Montanha e evitar penalização dos agricultores

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou uma moção de apelo ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural para que integre o concelho e as suas freguesias nas

Última Hora

XVIII Torneio de Hóquei em Patins Cidade Oliveira do Hospital acontece este fim-de-semana

O Pavilhão Municipal de Oliveira do Hospital acolhe, no próximo fim-de-semana, dias 4 e 5 de maio, o “XVIII Torneio Cidade de Oliveira do Hospital de Hóquei em Patins”.

Última Hora

IEFP garante que muitas empresas afetadas pelo incêndio estão a laborar “se não totalmente, pelo menos parcialmente”

O delegado Regional do Centro do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) referiu, à Rádio Boa Nova, que as empresas de Oliveira do Hospital, que foram afetadas pelo incêndio,

Região

Vote na “Mesa da Beira Serra” até ao dia 12 de agosto

A “Mesa da Beira Serra” encontra-se em votação, através do número 760 10 70 24, até ao dia 12 de agosto, no concurso “7 Maravilhas de Portugal à Mesa”, uma

Informação

Politécnico da Guarda lança pós graduação em “Média e Proteção Civil”

O elevado número de incêndios florestais em Portugal e a necessidade de prevenção e socorro de forma rápida e eficaz…

Informação

Ténis de Mesa: Atletas do CCPOH bem sucedidos no campeonato distrital

Quatro atletas dos escalões de infantis e de juniores do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH), orientados pelo técnico Luís Marques, participaram, no último sábado, …

Última Hora

46 Candidaturas para usufruto da verba da conta solidária do Município de Oliveira do Hospital

Até à data limite da conta solidária, a 28 de junho de 2019, foram submetidas 46 candidaturas.

Sociedade

Grupo Aquinos compra congénere francês H&F

O grupo português de sofás e colchões Aquinos comprou 100% do congénere francês H&F (Home & Furniture), cujo volume de negócios ronda os 100 milhões de euros,…