Município vai melhorar consultório de “Saúde Mental”, que tem sido um “enorme ganho” para Oliveira do Hospital
12 Junho, 2020 949 visualizações

Município vai melhorar consultório de “Saúde Mental”, que tem sido um “enorme ganho” para Oliveira do Hospital

image_pdfimage_print

O Município de Oliveira do Hospital anunciou que vai apoiar o arranjo das condições físicas do consultório da Consulta de Saúde Mental, com coordenação a cargo da psiquiatra Célia Franco, no Centro de Saúde oliveirense.

Na última reunião pública do executivo, o vice-presidente do Município, e vereador do pelouro da Saúde informou que no período em que os trabalhos decorrerem, a consulta de Saúde Mental transitará para a extensão de Saúde de Nogueira do Cravo. “Queremos melhorar as condições de trabalho, para reforçar as respostas no Centro de Saúde de Oliveira do Hospital. Para quem duvide de que o Município investe no Serviço Nacional de Saúde está aqui a demonstração, com este investimentos de criar melhores condições para acolhimento de doentes e criar condições de trabalho para equipas de trabalho (psiquiatras, internos, enfermeiros, psicólogos…). Para que a equipa possa prestar os melhores cuidados”, referiu José Francisco Rolo, explicando que a decisão de o Município apoiar a melhoria das condições surgiu na sequência de uma reunião com a psiquiatra Célia Franco e de Horário Firmino, coordenador das equipas de Saúde Mental na comunidade.

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, verificou que que o apoio ainda terá que ser apresentado em reunião do executivo para ser aprovado. Considerou, contudo, que “é fundamental”, porque “estávamos sujeitos a perder esta valência, deste trabalho fantástico que é feito pela Dr.ª Célia Franco”. No entender de José Carlos Alexandrino “este consultório deve permanecer dentro do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital, por causa da articulação com os médicos de família”.

Quanto ao futuro apoio, o autarca adiantou que o que está a ser equacionado é que “uma parte seja em espécie e outra seja pela afetação de horas com o nosso pessoal para o serviço ser mais barato”.

José Carlos Alexandrino apreciou o trabalho desenvolvido pela psiquiatra e responsável pela Consulta de Saúde Mental, Célia Franco, que nunca se negou a esforços”, evitando que as pessoas de Oliveira do Hospital tivessem que se deslocar para Coimbra.

Num olhar aos números, José Francisco Rolo, revelou que a Consulta de Saúde Mental tem  registo de “mais de 400 doentes vistos em primeira consulta, entre 200 a 250 doentes em consultas de seguimento, a que acrescem outros doentes pós incêndios e agora encaminhados em situação de Covid-19 e também em articulação com a escola e o projeto Escola Feliz. Permite que “pessoas de baixos recursos e sem disponibilidade física e mental para se deslocar, tenham aqui uma equipa de saúde mental”. “Foi um enorme ganho para Oliveira do Hospital”, verificou José Francisco Rolo.

 

Anterior CDS-PP de Oliveira do Hospital lamenta que o Município não tenha comemorado o 10 de junho
Seguinte Covid-19: Portugal regista apenas um morto em 24 horas. Há mais 270 infetados

Notícias Relacionadas

Última Hora

Pombal: Seis feridos em despiste na A1

Seis pessoas ficaram feridas, três delas em estado grave, na manhã desta terça-feira, na sequência do despiste de uma viatura ligeira de mercadorias que ocorreu ao quilómetro 144 da A1

Última Hora

Antigos autarcas de Santa Comba Dão condenados por uso indevido de telemóveis e “tablets”

O ex-presidente da Câmara de Santa Comba Dão, João Lourenço, assim como os antigos vice-presidente António Correia e vereador Fernando Cruz, foram condenados …

Última Hora

Tábua: Município reabre Feira Mensal no dia 21 de junho

Tendo em consideração as medidas em vigor face ao período de desconfinamento e dada a importância económica da Feira Mensal de Tábua, o Município irá retomar a realização da mesma

Informação

Homem de 83 anos encontrado morto na ribeira do Paul na Covilhã

Um homem de 83 anos foi encontrado morto, ontem, na ribeira do Paul, no concelho da Covilhã.

Região

Mulher foi colhida mortalmente por comboio em Coimbra

Uma mulher com cerca de 80 anos morreu ontem, ao final da tarde, quando foi colhida por um comboio em Fornos, Coimbra.

Última Hora

Proteção Civil emite aviso à população por perigo de incêndio

Devido às condições meteorológicas previstas para as próximas horas, a Proteção Civil coloca em risco de incêndio nível muito levado e máximo na generalidade dos municípios do Norte e Centro,…

Educação

ESTGOH colocou 49 alunos na 2ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital conseguiu a colocação de 49 novos alunos, mais nove do que no ano passado. Contabilidade e Administração foi o

Última Hora

Casa do Povo de Cerdeira e Moura da Serra dispõe de equipamento de desinfeção através de ultravioleta

A Casa do Povo de Cerdeira e Moura da Serra, Instituição Particular de Solidariedade Social do concelho de Arganil, possui agora um equipamento que auxilia na desinfeção de espaços e

Última Hora

Sampaense Basket perde em casa com o Galitos

No último jogo do ano, o Sampaense perde em casa com o Galitos do Barreiro por 77-77. Uma partida com muito equilíbrio nos três primeiros períodos, com a diferença maior, no

Destaque

Mário Brito é o novo presidente do FCOH

Mário Brito é o novo presidente do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) para o biénio 2019/ 2021. O novo dirigente foi eleito na Assembleia Geral Extraordinária, decorrida ontem

Sociedade

Benfiquistas juntam-se em almoço em Penalva de Alva

No próximo domingo, 3 de julho, realiza-se em Penalva de Alva, o IX Almoço dos Benfiquistas. Adeptos do concelho e…

Nacional

País: Centenas de sismos registados em S. Miguel

Centenas de sismos com magnitude entre 1,9 e 3,6 na escala de Richter foram registados desde as 00h47 horas na ilha de São Miguel, Açores, …