Município de Penacova reafirma que nada tem a pagar à APIN
22 Junho, 2020 203 visualizações

Município de Penacova reafirma que nada tem a pagar à APIN

image_pdfimage_print

O Município de Penacova reafirma que nada tem a pagar à APIN, entidade que, legitimamente, deixou de integrar no final de março de 2020.

“Nenhuma indemnização tem a pagar à APIN porque, atendendo a motivos do interesse público das populações, reassumiu o serviço de água, saneamento e tratamento de resíduos, prosseguindo as suas competências municipais nesta matéria, dado esta ser uma atribuição própria de cada município, seja por imperativo constitucional, seja porque a lei o continua a qualificar como uma atribuição municipal. Sobre isto não tem Penacova qualquer dúvida”, refere o Município em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

A deliberação da Assembleia Geral de Acionistas da APIN, ocorrida na pretérita quinta-feira, 18 de junho, cujo teor tomámos conhecimento pelos jornais – o que lamentamos profundamente –, não pode ser dada como válida. Senão, vejamos: O contrato de gestão delegada devia ter sido subscrito por uma entidade titular do sistema intermunicipal, que não foi constituída. Mas ainda que, por mera hipótese, o conjunto dos onze municípios fosse a entidade titular do sistema intermunicipal, só a decisão conjunta de todos eles poderia legitimar e permitir a execução de qualquer faculdade ou poder contratual, o que acaba por inviabilizar o exercício de tais poderes na ausência de uma unanimidade decisória.

Por outro lado, de acordo com o parecer do eminente especialista em direito administrativo, o Professor Doutor Paulo Veiga e Moura, mesmo que assim não fosse, Penacova continua a nada ter a pagar à APIN, uma vez que, para que tal indemnização pudesse porventura acontecer, teria de haver privados no capital social da APIN, o que, para já, ainda não acontece.

O denominado “técnico independente” a que alude a APIN, e que instituiu o valor da indemnização não é, senão, um técnico contratado pela empresa para o efeito, que tanto podia ter fixado o valor da indemnização nos 7 milhões como nos 70 milhões. O Município de Penacova reitera perentoriamente que nada tem a pagar. Foi no intuito de defender esta sua posição, que é sobejamente pública, que o Município de Penacova participou em algumas reuniões para a qual foi convidado. Não admite, por isso, a interpretação abusiva de que a sua presença tivesse outro intuito.

A posição da APIN não passa de uma tentativa desesperada de sobrevivência, contra a vontade das populações, o que tem sido bem evidente, tendo em conta a sua total inoperância e falta de competência, resultando daí, sistematicamente, cobranças e serviços não prestados aos cidadãos, erros de leitura, erros de faturação e incapacidade de prestar o serviço. Veja-se que estamos no mês de junho e a APIN ainda está a corrigir as faturas de janeiro sem ainda conseguir por ordem na casa, o que avoluma a instabilidade pública e agrava o alarme social.

O Município de Penacova aguarda serenamente pelo envio do dito relatório, e dará a devida resposta jurídica, assegurando a todos os penacovenses que não abdica de qualquer decisão que tenha de tomar na intransigente defesa do interesse público das suas populações e da prestação dos bons serviços nas áreas da água, saneamento e tratamento de resíduos.

Anterior Coimbra entre os doze distritos do continente em risco extremo de exposição aos raios UV
Seguinte Coimbra: Despiste na A1 fez dois feridos, um dos quais grave

Notícias Relacionadas

Região

Carnaval volta a animar a freguesia de Nogueira do Cravo

É já a partir de sexta-feira, dia 24 de fevereiro, que a freguesia de Nogueira do Cravo reedita a tradição Carnavalesca. Recuperado em 2010, depois de vários anos de interregno,…

Informação

Onze distritos em alerta amarelo devido ao mau tempo

Onze distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes, granizo e trovoada.

Educação

ISEC vai lançar Cursos Técnicos Superiores de Engenharia na Figueira da Foz

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra vai formar estudantes na Figueira da Foz. A falta de técnicos profissionais ligados à robótica, eletromecânica e informática,…

Informação

Hotel de Arganil reabre com expectativas face ao futuro

Após dois meses de portas fechadas, em virtude da pandemia da COVID-19, o Hotel de Arganil*** está de novo ao serviço do setor turístico do concelho de Arganil e de

Informação

Infraestruturas de Portugal ajuda Mira na reconstrução de parque

O Parque Infantil da Presa, atingido pelos incêndios de 2017, reabre hoje após um processo de reconstrução conduzido em parceria pela Câmara Municipal de Mira e pela empresa Infraestruturas de

Informação

Mulher detida  quando tentava introduzir heroína no Estabelecimento Prisional de Coimbra

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Centro, em estreita colaboração com os Serviços Prisionais, deteve uma mulher, empregada de limpeza, presumível …

Última Hora

Presidente da CCDRC absolvida de difamação

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, foi, esta manhã, absolvida…

Região

Polícia Judiciária deteve um homem suspeito da prática dos crimes de abuso sexual de crianças

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve um homem pela presumível autoria dos crimes “de abuso sexual de crianças,…

Informação

Congresso Internacional do Termalismo realiza-se em Nelas

O congresso internacional “O Termalismo e Desenvolvimento Regional” vai decorrer, de 2 a 4 de junho,  no Edifício Multiusos de Nelas e Termas da Felgueira.

Informação

 “Eco-Côdea” representa concelho de Oliveira do Hospital na “Expo Empresas”, em Mortágua

A turma do 9.º O do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH) é a representante do Município de Oliveira do Hospital na final intermunicipal …

Última Hora

Oliveira do Hospital realiza Festival Municipal da Canção

Amanhã, 1 de junho, realiza-se a quarta edição do “Festival Municipal da Canção”, promovido pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, …

Sociedade

Feira do Livro de Oliveira do Hospital abre portas no domingo

O Município de Oliveira do Hospital promove mais uma edição da Feira do Livro entre os dias 27 e 30 de maio, no Largo Ribeiro do Amaral, entre as 10h00