Meios de combate a fogos reforçados com dispositivo na máxima capacidade
1 Julho, 2020 366 visualizações

Meios de combate a fogos reforçados com dispositivo na máxima capacidade

image_pdfimage_print

Os meios de combate aos incêndios florestais voltam hoje a ser reforçados, passando o dispositivo a estar na sua capacidade máxima, sendo o grande desafio conciliar esta época…

… mais crítica em fogos com a resposta à pandemia de covid-19.

A Diretiva Operacional Nacional (DON), que estabelece o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) para este ano, indica que os meios são reforçados hoje pela terceira vez este ano com a entrada em vigor do denominado ‘reforçado -nível IV’, que termina a 30 de setembro.

Nos próximos três meses, vão estar operacionais 11.825 operacionais, 2.746 equipas, 2.654 veículos e 60 meios aéreos, um aumento de 3% face a 2019.

Entre os meios, a DON prevê, para este período, cerca de 5.729 elementos pertencentes aos bombeiros voluntários, cerca de 230 operacionais da Força Especial de Bombeiros e 2.200 da GNR, em que se inclui os guardas florestais, além dos quase 3.000 sapadores florestais.

No âmbito do DECIR está já em funcionamento a Rede Nacional de Postos de Vigia, composta por 230 postos de vigia para prevenir e detetar incêndios.

A época de incêndios tem este ano de conciliar a resposta à pandemia de covid-19 com o combate aos fogos, nomeadamente a proteção dos operacionais envolvidos no DECIR.

A Autoridade Nacional de Emergencial e Proteção Civil já enviou a todos os operacionais envolvidos no DECIR um plano com medidas e instruções para prevenir o contágio por covid-19, que vão desde a proteção individual, regras de higienização de espaços de descanso, alimentação e transporte dos operacionais.

Estas medidas têm como finalidade proteger os agentes de proteção civil do contágio por covid-19 durante a época de combate aos incêndios rurais e reflete as recomendações das autoridades de saúde.

Dados provisórios do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) dão conta de que se registaram, entre 01 de janeiro e 30 de junho 2.143, ocorrências de incêndios rurais, que resultaram em 3.936 hectares de área ardida, 54% dos quais referente a matos, 39% a povoamentos florestais e 7% a terrenos agrícolas.

lusa.pt

Anterior Mais de 20 concelhos do interior Norte e Centro e Algarve em risco máximo
Seguinte Costa apela a cumprimento de normas para evitar novo encerramento das fronteiras

Notícias Relacionadas

Última Hora

Denúncia sobre nudez e agressão em praxe de Coimbra

A Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) abriu um inquérito no seguimento da denúncia, por cartas anónimas, de praxes abusivas envolvendo alunos da instituição, avança o Jornal de Notícias.

Região

Santa Ovaia promove Festival das Sopas – Festas de Verão 2019

É já amanhã, dia 14 de setembro, que as tradicionais e saborosas sopas serão o centro das atenções de mais uma edição do Festival de Sopas de Santa Ovaia, …

Região

Leiria: Trabalhador morre após ser atingido por árvore

Um homem morreu hoje vítima de um acidente de trabalho, após ter sido atingido por uma árvore, em Valongo, Colmeias, no concelho de Leiria.

Nacional

Semana arranca com aguaceiros e trovoada mas também risco de incêndio

Os concelhos de Alcoutim e Castro Marim, no distrito de Faro, apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). O IPMA colocou também

Última Hora

Dez concelhos em risco máximo de incêndio com temperaturas acima dos 35ºC

Dez concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Portalegre e Castelo Branco apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

Proteção Civil emite aviso à população devido ao aumento do risco de incêndios

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) divulgou, esta quinta-feira, um aviso de aumento do risco de incêndios a partir de sexta-feira, devido a uma subida gradual da

Última Hora

Pedrógão Grande: Câmara distribui 350 mil euros a agricultores

A Câmara Municipal de Pedrógão Grande vai distribuir 350 mil euros de donativos para os agricultores do concelho que perderam barracões agrícolas.

Última Hora

Câmara Municipal de Seia aciona Plano de Contingência interno para o COVID-19

Em antecipação ao atual surto de doença por Coronavírus SARS-CoV-2, agente causal da COVID-19, a Câmara Municipal de Seia elaborou um Plano de Contingência de prevenção e controlo de infeção

Última Hora

Despiste de camião condiciona trânsito no IP3

O trânsito encontra-se hoje de manhã condicionado no Itinerário Principal 3 na zona de Almaça, no concelho de Mortágua, devido ao despiste de um camião,…

Última Hora

Incêndios: MAAVIM continua a lutar pelos apoios prometidos

Após 10 meses dos grandes incêndios de 15 de outubro, o Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM),…

Informação

CISE organiza “Caminhada na Neve”

Com a chegada do inverno e como vem sendo habitual em janeiro, o CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela organiza mais uma Caminhada na Neve na montanha

Última Hora

Jorge Ramos recebeu Luís Alves no espaço “Voz dos Autores”

No habitual programa Manhãs da Rádio Boa Nova, Jorge Ramos esteve hoje à conversa com Luís Alves, na rúbrica “Voz dos Autores”.