Mais de metade dos jovens já sofreram de violência no namoro
14 Fevereiro, 2019 822 visualizações

Mais de metade dos jovens já sofreram de violência no namoro

image_pdfimage_print

Mais de metade dos jovens que namoram ou namoraram dizem já ter sofrido uma qualquer forma de violência por parte do companheiro e 67% acham isso natural, motivo para uma nova campanha pelo fim da violência no namoro.

A campanha é apresentada hoje, tal como os resultados do estudo nacional sobre a violência no namoro, feito pela União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), com o apoio da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro.

Em comunicado, o gabinete da secretária de Estado adianta que o Estudo Nacional sobre a Violência no Namoro 2019 revela que “58% de jovens que namoram ou já namoraram reportam já ter sofrido pelo menos uma forma de violência por parte de atual ou ex-companheiro/a”.

Por outro lado, “67% de jovens consideram como natural algum dos comportamentos de violência”, sendo que o estudo demonstra que existe uma “elevada prevalência e legitimação de formas especificais de violência”.

Em causa estão, casos de violência psicológica, violência exercida através das redes sociais ou atitudes de controlo, seja sobre vestuário, hábitos de convívio ou outros comportamentos.

Aproveitando o facto de hoje se assinalar o Dia dos Namorados, o Governo apresenta a campanha #NamorarMemeASério pela eliminação da violência no namoro, com o objetivo de identificar alguns dos comportamentos que são demonstrativos de situações de violência, seja física, psicológica ou sexual.

A campanha é lançada em conjunto com várias organizações não-governamentais (ONG) e federações académicas, além da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) e conta com o rosto de algumas figuras públicas e influenciadores digitais seguidos pelo público mais jovem, que lançam alertas sobre as atitudes de namorados ou namoradas.

“Se não gosta que uses maquilhagem”, “se a discussão acaba sempre com uma ameaça”, “se te humilha frente a outras pessoas” ou “quando te proíbe de falar com outras pessoas”, são sinais de violência que a campanha pretende combater.

“Se o teu namorado ou namorada tem atitudes que te deixam desconfortável, com o objetivo de te controlar, dominar ou humilhar, isso é um sinal de que algo está errado e isso não é um namoro a sério”, é uma das mensagens principais da campanha.

A campanha salienta ainda que a violência é crime público e que, por isso, cabe a todos denunciá-lo, podendo essa denúncia ser feita para o número 800 202 148.

Fonte: Lusa

Anterior Rádio Boa Nova participou no programa "Portugal em Direto" da Antena 1 (Com vídeo)
Seguinte Góis promove Orçamento Participativo pela primeira vez

Notícias Relacionadas

Informação

ADI promove sessão de esclarecimento “Portugal 2020: Oportunidades para as empresas em 2018”

A ADI – Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, em parceria com o Município de Oliveira do Hospital, promove esta quinta-feira, dia 13 de setembro,

Última Hora

Outono começa domingo com temperaturas altas

O outono começa no domingo, dia 23, com temperaturas acima dos 30 graus Celsius, podendo aproximar-se dos 40 nas regiões da Beira Baixa, Alentejo e Vale do Tejo, …

Informação

Festa da Castanha “superou expectativas” e regressa em 2020 “senão igual ainda melhor”

Está cumprida e com “sucesso” a 17ª edição da Festa da Castanha promovida pela Junta de Freguesia de Aldeia das Dez,…

Última Hora

Oliveira do Hospital com “redução de 348 desempregados” face a 2015

O concelho de Oliveira do Hospital, nos últimos três anos, assistiu a uma “curva descendente do desemprego”, com uma “redução de 348 desempregados, ou seja, menos 64 por cento de

Última Hora

Leiria: Dois homens e uma mulher detidos por tráfico de droga

O Comando Territorial da GNR de Leiria deteve, no passado sábado, dois homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 44 e os 49 anos, por tráfico de estupefacientes, nos

Sociedade

ASAE apreendeu cerca de 80 Kg de alimentos e 69 peças de vestuário em operação nacional

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 80 quilos de géneros alimentícios e 69 peças de vestuário contrafeito, …

Região

Nelas: Homem de 75 anos morre afogado em poço

Um homem de 75 anos caiu esta sexta-feira a um poço na localidade de Aguieira, em Nelas, no distrito de Viseu, acabando por perder a vida, …

Informação

Primeiro concurso de requalificação do IP3 está previsto avançar este ano

Na Assembleia da República realizada hoje, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, disse que o primeiro concurso para a requalificação do Itinerário Principal 3 (IP3), entre Viseu

Região

87 acidentes e 575 infrações na última semana no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra da GNR registou, na semana de 12 a 18 de dezembro, 87 acidentes nas estradas do distrito de Coimbra e 575 infrações.

Última Hora

Oliveira do Hospital deu exemplo de mobilização e solidariedade com projeto “Dou Mais Tempo à Vida” (com vídeo)

O balanço da 7ª edição do Projeto “Dou Mais Tempo à Vida” que, este ano, decorreu no concelho de Oliveira do Hospital não poderia ser mais positivo.

Informação

Hóquei Patins: FCOH ganha em casa contra Leiria Marrazes

  A equipa de hóquei patins do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) ganhou em casa por 6-1 contra o Sport Clube Leiria e Marrazes.

Educação

Município de Oliveira do Hospital lança concurso “Postal de Natal Digital”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital lança, uma vez mais, o desafio aos alunos do concelho de Oliveira do Hospital para a elaboração do “Postal de Natal Digital”,…