Mais de dois milhões de euros para valorização dos queijos da Região Centro
21 Dezembro, 2018 1067 visualizações

Mais de dois milhões de euros para valorização dos queijos da Região Centro

image_pdfimage_print

Quinze entidades vão desenvolver um projeto para a valorização de três queijos da Região Centro, num investimento superior a dois milhões de euros e que prevê a criação de uma escola de pastores e queijeiros.

“Foram criados, no âmbito deste projeto, um conjunto de incentivos para a valorização dos próprios pastores, com a criação da escola de pastores e a escola de queijeiros, para valorizar a arte e engenho associado à produção de queijo”, anunciou a presidente da Inovcluster, Cláudia Domingues Soares.

A dirigente desta organização falava esta quinta-feira, 20 de dezembro, na apresentação pública, em Mangualde, distrito de Viseu, do projeto de valorização da fileira do queijo da região Centro, que atinge três queijos de Denominação de Origem Protegida (DOP): Serra da Estrela, Beira Baixa e Rabaçal.

Na cerimónia, que contou com a presença do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, e da presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR Centro), Ana Abrunhosa, e o presidente da Câmara de Mangualde, João Azevedo, a responsável disse também que vão ser criados bancos de terra.

Cláudia Domingues Soares, que lidera a organização que “tem o papel agregador e consertador dos 15 parceiros envolvidos”, entre comunidades intermunicipais, escolas superiores e associações do setor, disse ainda que o queijo “é valorizado, tem é um caminho a percorrer em torno do seu posicionamento”.

“Quer ao nível da rotulagem, da imagem, da comercialização, da internacionalização, ou seja, temos efetivamente muita qualidade. Não temos é muita quantidade, portanto carece trabalharmos todos juntos para conseguirmos posicionar este produto não só a nível nacional, mas também a nível internacional”, assumiu.

Dos quase 2,3 milhões de euros, 75% é financiado pelo programa Centro 2020, mas “só quando acabar a implementação deste projeto, dentro de dois anos, é que é possível medir resultados”, até porque, explicou, “um dos grandes impactos do projeto é o investimento privado que este projeto vai induzir, com este financiamento público”, que o secretário de Estado admitiu ser pequeno.

A presidente da CCDR Centro destacou que “é possível, respeitando a tradição e a identidade, incorporar conhecimento, inovação nas atividades tradicionais sem perder aquilo que é a identidade” do produto.

Ana Abrunhosa destacou ainda que o “programa é muito pragmático” e isso pode confirmar-se nos “resultados estimados que não são muito ambiciosos, são realistas, porque foram construídos com grande realismo, tendo em conta as dificuldades a encontrar no terreno” e, neste sentido, disse que esperava que fosse possível “duplicar estes resultados”.

“Sob a chancela dos queijos de Portugal pretende-se fazer a promoção conjunta, naturalmente respeitando a identidade de cada marca, a identidade do queijo Serra da Estrela que foi eleito uma das maravilhas da gastronomia portuguesa e, portanto, também queremos contagiar esta notoriedade para o queijo do Rabaçal e para o queijo da Beira Baixa”, desejou.

Fonte: Lusa

Anterior A Escola e o Meio na Rádio Boa Nova
Seguinte Restaurantes e bares de Oliveira do Hospital com horário alargado na época de Natal e Ano Novo

Notícias Relacionadas

Informação

UGT defende conclusão do IC6 e investimento no interior

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, defendeu hoje a conclusão do Itinerário Complementar (IC) 6, que deveria ligar Coimbra à Covilhã, considerando que é necessário investir em rodovias para valorizar

Destaque

Ana Abrunhosa partilhou “medalha de ouro” com equipa da CCDRC e Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) recebeu, ontem, a medalha de Ouro do Município de Oliveira do Hospital.

Informação

ASAE apreende 600 quilos de produtos à base de carne

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, realizou, a nível nacional, uma operação de fiscalização de talhos com o objetivo de verificação dos requisitos legais específicos da atividade,…

Última Hora

BE quer travar regeneração natural de eucaliptos após o fogo

O Bloco de Esquerda anunciou que está a trabalhar numa proposta para um programa de apoio ao arranque dos eucaliptos que regeneram naturalmente e que estão a “causar problemas gravíssimos”

Última Hora

Sinistralidade: 19 detenções, 820 infrações e 61 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 12 a 18 de março, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Educação

 “Eco-Côdea” representa concelho de Oliveira do Hospital na “Expo Empresas”, em Mortágua

A turma do 9.º O do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH) é a representante do Município de Oliveira do Hospital na final intermunicipal …

Informação

País: Governo abre concurso para criação de brigadas de sapadores florestais

O Governo vai abrir, a partir de 17 de julho, um concurso para a criação de sete brigadas de sapadores florestais, permitindo a criação de 30 novas equipas de sapadores,…

Última Hora

“Da Nossa Terra” antecipa compras da Páscoa este sábado

Este sábado, 13 de abril, é dia “Da Nossa Terra” – Mostra de Produtos Biológicos e Agrícolas em Modo de Produção Tradicional de Oliveira do Hospital que vai funcionar, no

Opinião

“Ca$h Resto Z€ro” com olhar sobre o “Dia T” e a Gala do Desporto

Em mais um “Ca$h Resto Z€ro” na Rádio Boa Nova, Vítor Neves convida a um olhar sobre a atualidade nos EUA e centra-se na Gala do Desporto realizada em Oliveira

Informação

BLC3 reconhecida pela capacidade e mérito para a criação de emprego científico

BLC3 avaliada e reconhecida como uma das 50 entidades em Portugal com capacidade e mérito para a criação de emprego científico, indo beneficiar do programa de incentivo e estímulo ao

Região

Incêndios: Campanha solidária abrange 400 habitações ardidas

As famílias de 400 habitações destruídas pelos incêndios de outubro de 2017 vão ser apoiados por uma campanha solidária a desenvolver pelo Movimento Lírio Azul porque “ter um lar é

Educação

Agrupamento de Escolas conta com 1500 figurantes em mais um desfile de Carnaval

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital irá realizar, no próximo dia 1 de março, o Desfile de Carnaval 2019, participado pelos alunos de todas as escolas do concelho.