Incêndios: Marcelo Rebelo de Sousa diz que o país tudo fará para vencer as “forças da natureza”
16 Outubro, 2018 1147 visualizações

Incêndios: Marcelo Rebelo de Sousa diz que o país tudo fará para vencer as “forças da natureza”

image_pdfimage_print

Um ano depois dos grandes fogos de outubro, o Presidente da República previu que Portugal tudo fará para vencer as forças da natureza, para que nem seja concebível a história repetir-se.

“Não mais seremos derrotados. Nesse combate [com as forças da natureza], no que estiver nas nossas mãos, tudo faremos para as derrotar. É essa a mensagem desta noite”, vincou o Presidente da República, que discursava em Viseu, durante a cerimónia de inauguração da exposição “Dever de Memória”, com fotografias dos fotojornalistas Nuno André Ferreira, da agência Lusa e Cofina, e Adriano Miranda, do jornal Público.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, não chega dizer que não se vai repetir aquilo que aconteceu a 15 de outubro de 2017, sendo necessário “criar um Portugal maior e melhor, para que nem sequer seja concebível que aquilo que foi vivido se possa repetir”.

Fazendo uma alusão não apenas ao incêndio de outubro, mas também aos estragos causados pela tempestade Leslie, o chefe de Estado notou que não é possível controlar este tipo de fenómenos – cada vez mais frequentes devido às alterações climáticas -, mas acredita que o país é capaz de criar “o cimento social” para permitir enfrentar “essas forças da natureza e vencê-las”.

Durante o discurso, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que a vivência dos grandes fogos de Pedrógão Grande e de 15 de outubro são “a memória mais impressiva” de toda a sua vida.

“Mas dela retirava lições e todos nós retirávamos lições”, vincou, referindo que aqueles que viveram a tragédia de 2017 fazem parte de “um Portugal confiante, um Portugal sem medo, um Portugal determinado, um Portugal vencedor que aqui está para afrontar o futuro”, salientou.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, a memória é “uma lição”, mas também “uma afirmação de esperança”, voltando a frisar, como tinha referido um ano após o incêndio de Pedrógão Grande, que “o futuro já começou a ser construído”.

Fonte: Lusa

Anterior 52 Casas reconstruídas. “Não há casas a serem investigadas pelo Ministério Público porque houve um grande rigor” (com vídeo)
Seguinte Pedrógão: Concluídas 189 das 259 casas a reabilitar através do Revita

Notícias Relacionadas

Informação

Homem que agrediu militar da GNR de Seia fica em prisão preventiva

Um homem de 56 anos, suspeito da prática dos crimes de homicídio tentado e de dano agravado, pela alegada agressão a um militar da GNR de Seia, vai aguardar julgamento

Informação

Britânicos votaram “sim” à retirada da UE. Cameron anunciou demissão

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou a intenção de se demitir em outubro, na sequência do referendo em que os britânicos decidiram pela saída do Reino Unido da União Europeia.

Informação

Exército começou a entregar comida aos animais em Oliveira do Hospital

Uma semana e meia depois dos incêndios que dizimaram centenas de milhares de hectares na zona centro do país, os primeiros camiões do Exército …

Educação

ESTGOH com 200 vagas disponíveis para próximo ano letivo. Mais oito do que o ano passado.

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) apresenta, para o próximo ano letivo, 200 vagas, mais oito do que o ano anterior. Foi a única

Última Hora

Dois bombeiros ficaram feridos no combate ao fogo em Trancoso

O combate ao incêndio de Trancoso, no distrito da Guarda, está a evoluir de forma favorável. Fonte do CDOS da Guarda adiantou que há dois bombeiros feridos,…

Nacional

642 casos confirmados em Portugal, mais 194 em 24 horas. Regista-se a segunda morte

Há 642 casos de infecção pelo novo coronavírus em Portugal, mais 194 do que ontem, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), que actualiza os números

Informação

Homem de 80 anos que estava desaparecido foi encontrado com vida

Um homem de 80 anos, que estava desaparecido na localidade de Sotão, em Góis, Coimbra, apareceu com vida.

Programas

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 8 de abril, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 26.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Cultura

Festas do Concelho animam Seia durante 5 dias

HMB, Rita Guerra, ATOA, Cuca Roseta e Diogo Piçarra são os principais atrativos do vasto programa musical da 5ª edição das Festas do Concelho, que dão vida ao centro histórico

Região

Miranda do Corvo: Incêndio em habitação provoca quatro desalojados

Um incêndio numa habitação na freguesia de Lamas, concelho de Miranda do Corvo, provocou hoje de madrugada quatro desalojados.

Última Hora

Bombeiros apagam fogo e encontram corpo carbonizado em Castelo de Penalva

Hoje, pelas 15h15, uma queimada em Peges, na freguesia de Castelo de Penalva, descontrolou-se dando origem a um incêndio.

Informação

Retomadas buscas por homem de 77 anos desaparecido em Seia

As autoridades retomaram hoje as buscas para encontrar o homem de 77 anos que está desaparecido desde quarta-feira em São Romão, Seia, …