• Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
  • Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
12 Junho, 2019 1067 visualizações

Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua

image_pdfimage_print

Ontem foi um dia de emoção para seis famílias do concelho de Tábua, a quem lhes foram entregues as chaves da nova habitação, no âmbito do PARHP- Programa de Apoio à Reconstrução de casas afetadas pelos incêndios, uma cerimónia que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Antes da entrega das chaves a Ilzira Xavier, José Antunes, Fernando Pereira, Filomena Gaudêncio, Adelino Costa e Celeste Correia, o presidente do Município de Tábua, Mário Loureiro, afirmou que era com “muita alegria e satisfação” que cumpria, na tarde de ontem, “um objetivo que foi decisão do Governo e que teve apoio da Comissão Europeia”.

Quanto à demora até à conclusão das obras, Mário Loureiro lembrou o “período de trabalho que teve de ser feito”, nomeadamente o “levantamento, a avaliação dos danos, prazos de candidatura, regularização das situações que estavam pendentes, apreciação da CCDRC (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro) e o lançamento da empreitada”.

“Sinto-me muito feliz por estar, desta forma, a devolver aquilo que realmente as pessoas têm direito”, afirmou o autarca, dirigindo palavras de apreço à CCDRC e a todos os seus técnicos “pelo trabalho que desenvolveram, pela responsabilidade que assumiram e pelo esforço que dedicaram a este trabalho”. “Obrigada a todos e, às pessoas que vão receber as suas casas, desejo que tornem a ter felicidade, alegria e uma vida feliz”, concluiu Mário Loureiro.

Na ocasião, António Simão, vice-presidente da CCDRC, sublinhou o “esforço sobre-humano” que a Comissão fez. “De facto foi e está a ser o trabalho da minha vida”, afirmou.

“Não estamos a falar de 16 casas em Tábua. Estamos a falar de 820 casas em 30 Municípios afetados”, refere, mostrando-se feliz pelo resultado, contudo “ninguém poderá dar as memórias que se esfumaram naqueles dias”.

Anterior Câmaras Municipais do Norte e Centro alvo de buscas pela PJ
Seguinte CPCJ da Beira Serra querem famílias mais envolvidas na proteção das crianças e jovens

Notícias Relacionadas

Última Hora

Domingo foi um dia negro nas estradas. Duas crianças perderam a vida

Ontem foi um domingo negro nas estradas portuguesas, tendo duas crianças perdido a vida num acidente que envolveu três viaturas ligeiras, em Mira, no distrito de Coimbra.

Última Hora

Agricultores e produtores lesados pelos incêndios vão reclamar medidas a Ministro

A Comissão Inter-Concelhos de Agricultores e Produtores Florestais lesados pelos incêndios de 15 e 16 de outubro está a organizar uma concentração prevista para segunda-feira, dia 26 de fevereiro, a

Última Hora

Oliveira do Hospital candidata a prémio Green Leaf pelas suas práticas ambientais

Oliveira do Hospital e Viana do Castelo estão entre as 18 cidades europeias candidatas ao Prémio Green Leaf 2021.

Destaque

Floresta, prevenção de incêndios e proteção civil marcaram “Prós e Contras” em Oliveira do Hospital

Autarcas, elementos do governo, dirigentes associativos e população foram os protagonistas do programa debate da RTP “Prós e Contras”, realizado a partir de Oliveira do Hospital e conduzido pela jornalista

Última Hora

Rally Vinho do Dão: dupla Carlos Fernandes e Bruno Abreu sagrou-se campeã

O Rally Vinho do Dão, que decorreu nos dias 26 e 27 de maio no concelho de Nelas, contou com 27 participantes em prova, e onde a dupla Carlos Fernandes/

Informação

Turismo Centro de Portugal apresentou documentos orientadores para o turismo da região na próxima década

A Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal (TCP) apresentou publicamente dois documentos estruturantes, que traçam o caminho a ser seguido na próxima década de…

Sociedade

Grupo do Senhor das Almas cuida há 12 anos dos peregrinos de Fátima

No mês da habitual peregrinação a Fátima, ressurge na localidade do Senhor das Almas, junto à EN17 no concelho de Oliveira do Hospital, o “Stop Solidário” que, a partir de

Última Hora

PJ deteve homem que estava em fuga por tentativa de homicídio

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem, com 42 anos de idade,…

Última Hora

GNR detém 117 pessoas e apreende 55 toneladas de azeitona

A GNR deteve 117 pessoas e apreendeu 55,53 toneladas de azeitona, numa operação de patrulhamento nas explorações agrícolas, que começou dia 01 de novembro de 2016.

Informação

Coimbra e mais cinco distritos em aviso amarelo devido à chuva e granizo

Seis distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva ou aguaceiros. De acordo com o Instituto Português do Mar e Atmosfera, …

Informação

MAAVIM vai acompanhar visita de Ministros a Góis para reivindicar falta de apoios

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) vai estar presente na visita dos Ministros a Góis, quarta-feira, 2 de maio, a fim de reivindicar a

Última Hora

“Ainda não estamos curados. Chego aqui, sinto um aperto e começo a chorar porque nada é igual” (com vídeo)

Prestes a fazer um ano após o grande incêndio de 15 de outubro, Paula Lameiras, que ficou sem casa de habitação e a sua fonte de rendimento, a Queijaria Lameiras,