Hóquei Patins: Diogo Brantuas mantém o “sonho” da subida de divisão do FCOH (com vídeo)
27 Junho, 2019 1626 visualizações

Hóquei Patins: Diogo Brantuas mantém o “sonho” da subida de divisão do FCOH (com vídeo)

image_pdfimage_print

Depois de uma época marcada por “contratempos, lesões, castigos e saída de jogadores”, a equipa sénior da Secção de Hóquei Patins do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) conseguiu “chegar a bom porto” e continua a sonhar com a subida de divisão.

O quarto lugar no Campeonato Nacional da 3ª Divisão – Zona B foi o desfecho da época para o FCOH. Para o treinador da equipa “o balanço é muito positivo”.

Em declarações à Rádio Boa Nova, Diogo Brantuas, técnico dos oliveirenses, adiantou que estavam traçados “dois grandes objetivos para a época”. “O primeiro era continuar o processo de formação e de crescimento dos nossos jovens atletas e o segundo era, jogo a jogo, criarmos a nossa maneira de jogar e alcançar a melhor pontuação possível”, disse.

Recordando que se trata de um “projeto de dois anos”, no início o objetivo era o segundo lugar “para tentar a subida de divisão”. Contudo, Diogo Brantuas refere que a época acabou por ser “um bocado atribulada”.

“Ficámos em 4º lugar. Somos a equipa sénior do concelho que conseguiu atingir a melhor classificação. Só tenho que estar grato por tudo isto que aconteceu”.

Em jeito de balanço da época desportiva 2018/ 2019, à Rádio Boa Nova o técnico disse que se resumiu em duas palavras: “desafio e evolução”. Para Diogo Brantuas, o facto de o plantel ser “tão jovem” e ter “conseguido fazer tudo isto é de louvar”.

“Comandar a equipa sénior de Hóquei Patins do FCOH é sempre uma missão algo arriscada, um fator de grande pressão e o segredo está, em cada problema que surge ao longo da época, arranjar uma solução e nós conseguimos”.

À Rádio Boa Nova, o treinador confessou que “não foi uma época perfeita”, referindo-se aos contratempos que foram surgindo, nomeadamente “lesões, castigos, dois jogadores que saíram”. “Tudo isto criou alguns constrangimentos no planeamento que se fez no início da época, contudo acho que os ultrapassámos e chegámos a bom porto”, explicou.

De referir ainda que a equipa é constituída apenas por “jovens naturais e a maioria residentes em Oliveira do Hospital”, o que, para Diogo Brantuas, “enquanto profissional das Ciências do Desporto”, é “bastante positivo”.

Com uma forte aposta na formação, o responsável defendeu que, como acontece noutras modalidades no concelho, o clube atravessa uma lacuna. “Tentamos que a carreira de um jovem hoquista chegue até pelo menos aos 17 anos”, começa por dizer. Porém, o facto de o ponto geográfico de Oliveira do Hospital não ser “o melhor para ir buscar jogadores de outros concelhos ou de outros distritos”, tem apenas uma solução: “fazer crescer os atletas, de modo a que eles cheguem ao escalão sénior”.

Numa altura em que são feitos alguns balanços e reflexões, questionado acerca da sua continuação no comando do FCOH, Diogo Brantuas disse que “é precoce responder à questão”, contudo não esconde que gostaria. “Sou um oliveirense e adoro o FCOH. Adoro a Secção de Hóquei patins. Temos cerca de seis jogadores com menos de 19 anos. Está a chegar uma altura crucial, a altura da faculdade. São bons jogadores e bons alunos e certamente que irão estudar para fora e torna-se complicado saber, neste momento, qual vai ser o futuro da equipa”, referiu.

À Rádio Boa Nova, o jovem treinador de 30 anos não esconde o seu grande sonho: “subir o FCOH à segunda divisão”. “Sempre trabalhei e vou continuar a trabalhar para esse objetivo, rematou.

Anterior BLC3 inaugurou pólo em Macedo de Cavaleiros
Seguinte Espetáculo “Somos 14” em Arganil no próximo sábado

Notícias Relacionadas

Região

Peregrinos de Fátima encontram apoio no “Stop Solidário” do Senhor das Almas

A casa da Irmandade do Senhor das Almas, junto à EN17, no concelho de Oliveira do Hospital está por estes dias convertida em ponto de abrigo para os…

Última Hora

Procissão do “Senhor dos Passos” quer atrair gente de todo país a Ervedal da Beira

Ervedal da Beira, prepara-se para mais uma Solene Procissão do Senhor dos Passos, que vai ter lugar no próximo domingo, 18 de março, pelas 14h30. A iniciativa que “é única”

Programas

Rita Pontes, investigadora na área das biorrefinarias, é a convidada do Espaço BLC3- Ciência no Interior

Em mais um Espaço BLC3 – Ciência no Interior, a conversa hoje acontece com a jovem Rita Pontes, investigadora no ramo das biorrefinarias.

Cultura

Seia: Prática da Transumância contou com uma centena de participantes

A Transumância dos pastores, que teve lugar no passado sábado, dia 30 de junho, em Seia, atravessando as Aldeias de Montanha da Póvoa Velha e Sabugueiro,…

Região

Fogo em fábrica em Albergaria-a-Velha causa danos materiais

Um incêndio deflagrou hoje cerca das 10h00 numa fábrica de estruturas metálicas em Albergaria-a-Velha, distrito de Aveiro, causando apenas danos materiais, segundo fonte dos Bombeiros.

Última Hora

Judiciária investiga caso de homem quase degolado

A Polícia Judiciária está a investigar um caso de tentativa de degolação, que terá ocorrido ontem na zona de Cantanhede.

Região

Centro de Portugal participa na maior feira de artesanato do Mundo

O Turismo Centro de Portugal participa, desde o dia 30 de novembro e até 8 de dezembro, na 24.ª edição da L´Artigiano in Fiera,… 

Última Hora

Termómetros perto dos 40 graus

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje para o continente céu pouco nublado ou limpo, …

Informação

Homem morre atropelado por comboio em Aveiro

Um homem de cerca de 40 anos morreu na manhã desta terça-feira ao ser atropelado por um comboio de mercadorias na linha do Norte, em Aveiro.

Última Hora

Soure: Homem detido por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial de Coimbra, através do  Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, deteve, ontem, dia 18 de julho, um homem de 32 anos por tráfico de

Informação

Cerca de 30 concelhos de nove distritos do continente em risco máximo

Cerca de 30 concelhos de nove distritos de Portugal continental estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Informação

Colisão frontal faz um morto e nove feridos no IP3

Um acidente, que aconteceu esta tarde ao quilómetro 103 no IP3, na zona de Valverde, Tondela, tirou a vida a um homem de 52 anos.  O acidente, que resultou de