Grupo do Senhor das Almas cuida há 12 anos dos peregrinos de Fátima
7 Maio, 2016 2278 visualizações

Grupo do Senhor das Almas cuida há 12 anos dos peregrinos de Fátima

image_pdfimage_print

No mês da habitual peregrinação a Fátima, ressurge na localidade do Senhor das Almas, junto à EN17 no concelho de Oliveira do Hospital, o “Stop Solidário” que, a partir de hoje e até dia 9 de maio, presta apoio às várias centenas de pessoas que seguem o caminho da fé em direção ao Santuário.

 

Acontece assim há 12 anos consecutivos. Uma equipa multidisciplinar composta por vários voluntários transforma o espaço gentilmente cedido pela Irmandade do Divino Senhor das Almas, ampliado por uma tenda disponibilizada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, num verdadeiro ponto de apoio aos peregrinos. Às macas, medicamentos e alimentos, juntam-se os conhecimentos e a experiências daqueles que há mais de uma década acolhem e cuidam dos caminheiros da fé que ali chegam com mazelas várias e a precisar de conforto e afeto. Ali se aconchegam os peregrinos com o que é possível e foi cedido por instituições locais e do concelho e algumas empresas.

Em mais uma missão, o “STOP Solidário” abriu esta quinta feira as portas da Casa da Irmandade do Senhor das Almas. O primeiro grupo a chegar, tal como em anos anteriores, é oriundo de Mirandela, de onde saíram no domingo, dia 1 de maio. Ao quinto dia de peregrinação, o grupo de cerca de 20 pessoas, assume que “está tudo bem”, pese embora o cansaço, uma ou outra bolha nos pés e dores musculares e nas articulações. Seguem caminho, uns por “promessa”, outros por “gosto” e “desporto”, mas move-os a “fé” e a “emoção” de chegarem ao Santuário.

Pela caminhada de peregrinação são vários os perigos, o maior dos quais os da estrada. Maria de Fátima Neves, organizadora do grupo de Mirandela, conta que é preciso ter cuidado: “o meu grupo caminha sempre em fila indiana, com coletes e o mais à berma possível. Para peregrinos não há segurança rigorosamente nenhuma. Temos que ter cuidados redobrados”.

No “Stop Solidário” do Senhor das Almas, os peregrinos encontram apoio e abrigo. José Agostinho Nunes, principal mentor deste grupo de voluntários, faz questão de, ano após ano, se manter fiel ao projeto e ajudar quem ali chega maltratado. “Foram tratados e estão preparados para continuar. Vamos esperar por outros como de costume”, referiu esta manhã o conhecido homem de fé que também já caminhou e sabe como é difícil. “Fazemos a nossa parte. Não vamos nós a pé, mas colaboramos com eles o mais possível”, referiu.

Isidora Lobo é a médica que há vários anos também faz parte deste grupo de apoio. De ano para ano, esta voluntária nota que as situações têm melhorado e que “as pessoas estão mais preparadas” para esta longa caminhada. A registar o contributo dado por todos os que se associam a esta causa e tornam possível a ação do “Stop Solidário”, Isidora Lobo nota a importância deste projeto por onde passam anualmente entre 400 a 500 peregrinos entre os dias 5 e 9 de maio. Este ano a situação não deverá ser muito diferente.

Na rota dos peregrinos, o Stop Solidário integra também as filmagens da longa metragem “Amén” sobre a peregrinação a Fátima de João Canijo, com conhecidos atores, entre os quais, Rita Blanco, e que será – refere José Agostinho Nunes – um “documento histórico que ficará paras as gerações vindouras” e que é demonstrativo de como “é difícil chegar a Fátima”. As filmagens no Senhor das Almas aconteceram no sábado, dia 30 de abril.

Anterior João Brito é candidato à secção do PSD de Oliveira do Hospital
Seguinte Em Oliveira do Hospital, arrombamento com assalto, agressão e suspeita de tentativa de violação a mulher que vivia sozinha no Bairro João Rodrigues Lagos.

Notícias Relacionadas

Última Hora

Homem morreu em atropelamento ferroviário em Coimbra

Um homem, com idade na casa dos 50 anos, morreu esta manhã na sequência de um atropelamento ferroviário em Pedrulha, depois da estação de Coimbra B.

Última Hora

Colaboradores da autarquia de Seia dão vida a personagens do imaginário infantil

A primeira Semana da Criança e do Brincar de Seia, que se iniciou no dia 25 de maio, com mais uma edição do Parque Encantado: uma viagem ao mundo da

Região

Agricultor suspeito de ter ateado fogo em Resende ficou em prisão preventiva

Um homem suspeito de ter ateado um incêndio florestal em Resende, distrito de Viseu, ficou em prisão preventiva depois de ter sido presente a tribunal.

Informação

Região: Homem foi detido por caça ilegal. GNR apreendeu arma e munições

A GNR deteve em flagrante delito por caça ilegal um homem de 59 anos, em Castelo Branco, e apreendeu um espingarda e diversas munições.

Última Hora

Incêndios lavram na região, ameaçam populações  e provocam densa nuvem de fumo

São vários os incêndios que nesta tarde de segunda feira lavram na região e que estão a devastar várias manchas florestais e ameaçar populações.

Informação

Serra da Estrela: Estradas de acesso encerradas devido à neve

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela estão hoje encerradas ao trânsito devido à queda de neve.

Sociedade

GNR reforça patrulhamento para a prevenção de incêndios florestais

Face ao agravamento do risco de incêndio florestal, previsto para os próximos dias, a Guarda Nacional Republicana (GNR), a partir de hoje e até ao dia 31 de março,…

Informação

Operação “Smartphone, Smartdrive”: GNR fiscaliza uso do telemóvel durante a condução

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 11 a 17 de fevereiro, intensifica a fiscalização do uso do telemóvel durante a condução, com o objetivo de prevenir a sinistralidade

Última Hora

Calendário Desportivo do fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) defronta, este domingo, a U. Santarém.

Informação

Pousada do Convento do Desagravo vai reabrir com Flagworld Group

A Pousada do Convento do Desagravo, localizada em Vila Pouca da Beira, que fechou em 2017, vai reabrir pela mão do grupo hoteleiro Flagworld. O anúncio foi feito, esta manhã,

Última Hora

Agricultores e produtores florestais exigiram apoios ao governo

Um grupo de agricultores e produtores florestais lesados pelos incêndios de outubro exigiram, ontem, ao governo medidas de apoio, considerando que “já basta de propaganda de milhões”.

Informação

Detenção por incêndio florestal no concelho de Abrantes

  A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, com a colaboração da Guarda Nacional Republicana, deteve um homem,…