Greve de funcionários fecha escolas em Oliveira do Hospital
29 Novembro, 2019 1250 visualizações

Greve de funcionários fecha escolas em Oliveira do Hospital

image_pdfimage_print

A greve dos trabalhadores não docentes em protesto contra condições de trabalho, prevista para hoje, a nível nacional, levou ao fecho das escolas do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH).

Esta manhã, a grande afluência de alunos junto ao portão da escola sede do AEOH, era a prova da grande adesão à greve por parte dos funcionários.

Diante este cenário, Carlos Carvalheira, diretor do AEOH, em declarações à Rádio Boa Nova, afirmou que era uma “situação prevista pela parte da direção que já tinha enviado um recado aos Encarregados de Educação a alertar para esta situação”. Para além disso, houve um “trabalho articulado com a Câmara Municipal para disponibilizar os serviços de transportes de imediato”.

Segundo o responsável, a Escola da Ponte das Três Entradas “não chegou a abrir” e a escola sede, pelas 8h45, acabou por fechar. As restantes escolas pertencentes ao Agrupamento, de Lagares da Beira e Cordinha estão “parcialmente a funcionar”, uma vez que só a partir das 11h30/ 12h00 é que “serão acionados os transportes para deslocar os alunos para as suas terras”.

À Rádio Boa Nova, Carlos Carvalheira adiantou que também alguns Jardins de Infância estão encerrados.

“Logo de manhã não foram asseguradas as condições mínimas de abertura dos pavilhões e segurança da própria escola”, disse, acrescentando que, até os serviços de refeitório, assegurados por uma empresa, não avançaram “porque não veio nenhuma funcionária nos quatro refeitórios existentes”.

De acordo com o diretor, “até às 11h30, a situação estará resolvida na escola sede” e, nas escolas de Lagares e Cordinha, até às 13h00, a situação também estará completamente solucionada”.

Para Carlos Carvalheira, a greve é compreensível, nomeadamente pela falta de funcionários, o que se traduz numa sobrecarga para os restantes . “Nós temos vindo a aperceber-nos, cada vez mais, das dificuldades. Os assistentes operacionais são fundamentais para o bom funcionamento de um agrupamento de escolas. Tivemos algumas aposentações e temos assistentes que estão com atestado médico de longa duração, o que dificulta muito a gestão”, justificou.

À Rádio Boa Nova, o responsável adiantou que a direção “tem apelado para que sejam repostos todos os funcionários” mas, até agora, “não tem havido condições”.

“Eu não posso, por minha iniciativa, contratar nenhum funcionário. Tenho que pedir uma autorização ao Ministério da Educação para abrir um procedimento concursal. É uma situação que nos transtorna muito”, explicou.

Atualmente, o AEOH conta com cerca de 70 a 80 funcionários distribuídos por todas as escolas, contudo, para Carlos Carvalheira eram necessários mais dez funcionários para garantir um melhor funcionamento.

Segundo a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais que convocou a greve, estima-se uma adesão acima dos 85%.

Anterior Temperaturas vão descer acentuadamente nos próximos dias.Chuva dá lugar ao frio
Seguinte Arganil e Góis distinguidas como autarquias Mais Familiarmente Responsáveis 

Notícias Relacionadas

Última Hora

Colisão envolveu três viaturas em Oliveira do Hospital

Cerca das 14h00 desta terça-feira ocorreu uma colisão, que envolveu três viaturas ligeiras, no centro da cidade de Oliveira do Hospital, junto à rotunda do empresário, …

Região

Músico desaparecido tem ligações familiares a Oliveira do Hospital (com vídeo)

O baixista da banda Sean Riley & The Slowriders, Bruno Simões, continua desaparecido desde a madrugada de quinta-feira passada….

Última Hora

Agricultor suspeito de ter ateado fogo em Resende ficou em prisão preventiva

Um homem suspeito de ter ateado um incêndio florestal em Resende, distrito de Viseu, ficou em prisão preventiva depois de ter sido presente a tribunal.

Última Hora

Neve cortou estradas na região de Seia e Manteigas

A GNR da Guarda alerta hoje para os condicionamentos de trânsito na manhã desta terça-feira devido à neve que caiu nas regiões de Manteigas e de Seia, distrito da Guarda. 

Informação

Operação “DRUGS” da GNR: 24 detenções e 174 indivíduos identificados por tráfico de droga

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 28 e 30 de dezembro, na sua área de responsabilidade, desenvolveu uma operação policial de controlo e deteção de atividades criminosas relativas

Última Hora

Colisão na Figueira da Foz causou três feridos

Uma colisão rodoviária entre um veículo pesado de mercadorias e um ligeiro de passageiros, ocorrida cerca das 11h45, fez hoje três feridos, “um deles grave e outro muito grave”.

Educação

Estudantes ameaçam fechar escola de Oliveira do Hospital devido a amianto

Sem ver resolvido o problema de amianto na escola sede do Agrupamento de Oliveira do Hospital, a Associação de Estudantes fez um ultimato ao Governo,…

Última Hora

“O Teatro” é tema das V Jornadas Culturais de Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital organiza esta quinta-feira, dia 29 de março, pelas 21 horas, na Casa da Cultura César Oliveira, a quinta edição das Jornadas Culturais de

Informação

Viseu: Idoso de 84 anos morre atropelado dentro de instituição

Um idoso de 84 anos morreu, esta sexta-feira, atropelado por um autocarro no interior da Fundação Mariana Seixas, em Ranhados, Viseu. A notícia é avançada pelo Correio da Manhã.

Informação

Centro de Portugal registou subida do número de visitantes em 2019

O ano de 2019 foi extremamente positivo para a atividade turística no Centro de Portugal e para a promoção da região enquanto destino. Os indicadores favoráveis são patentes tanto a nível dos

Sociedade

Rixa em bairro da Guarda faz um ferido grave e oito ligeiros

Uma rixa ocorrida na quarta-feira, pelas 22h30, no bairro da Fraternidade, na cidade da Guarda, originou um ferido grave e oito ligeiros.

Última Hora

Já faltam combustíveis. Proteção civil apela aos postos para que guardem reservas para situações de urgência

Tal como ontem, hoje continua a assistir-se a uma grande afluência aos postos de combustíveis em Oliveira do Hospita. A Proteção Civil apela aos postos…