Governo disponibiliza 28 milhões para mudar espécies em áreas ardidas
26 Setembro, 2018 902 visualizações

Governo disponibiliza 28 milhões para mudar espécies em áreas ardidas

image_pdfimage_print

O secretário de Estado das Florestas anunciou hoje que o Governo vai lançar uma medida de 28 milhões de euros para substituição em áreas ardidas de espécies de crescimento rápido, como eucaliptos, por espécies de crescimento lento.

“Vamos avançar com 28 milhões de euros para essa medida, sendo que essa medida será regionalizada. Isto é, uma medida para as áreas ardidas e que será com dotação para cada uma das regiões”, disse hoje à agência Lusa, em Gouveia, no distrito da Guarda, o secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas.

Segundo o secretário de Estado, as dotações financeiras anunciadas serão apresentadas, “no momento adequado”, para cada uma das regiões. Assegurou, no entanto, que “o valor global da medida” será de 28 milhões de euros.

“Nós pretendemos, acima de tudo, fazer a substituição de espécies de crescimento rápido por espécies de crescimento lento, em zonas devidamente vocacionadas para essas espécies”, disse.

Segundo Miguel Freitas, o grande objetivo desta medida “é retirar área de espécies de crescimento rápido, nomeadamente eucalipto, e substituir por espécies de crescimento lento”.

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural sublinhou que o Governo não pretende “acabar com o eucalipto”.

“Não é essa a ideia. Portanto, a ideia é a de, acima de tudo, fazer nos locais certos a substituição de espécies de crescimento rápido por espécies de crescimento lento. Nós consideramos que é necessário ter bom ordenamento, ter boa gestão e [que] as espécies, cada uma delas, esteja no sítio onde deve estar”, justificou.

A nova medida de apoio vai ser lançada em outubro e já decorreu uma reunião com as associações florestais na semana passada, admitindo o governante que a mesma será “um estímulo importante”.

Na terça-feira, em Tondela, Viseu, o secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural disse à Lusa que “o primeiro grande objetivo é substituir o eucalipto por áreas de floresta de crescimento lento”, mas “essa medida também poderá servir para aqueles que queiram fazer a substituição em áreas ardidas”.

Anterior Dispositivo de combate a incêndios na capacidade máxima até 15 de outubro
Seguinte “Em Oliveira do Hospital há 49 casas concluídas e 49 não é igual a zero, como se quis fazer crer”

Notícias Relacionadas

Informação

Tábua: PJ deteve homem suspeito de ter ateado três focos de incêndio florestal

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração da GNR de Tábua e Bombeiros Voluntários de Tábua,  deteve, ontem,…

Região

Município de Seia promove ExpoSocial de 28 de setembro a 1 de outubro

O Município e a Rede Social de Seia, com a colaboração dos parceiros do Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Seia, vão promover, de 28 de setembro a 1

Região

Leiria: PJ deteve incendiária florestal

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria e no desenvolvimento de imediatas investigações com a estreita colaboração da GNR de Leiria,…

Última Hora

Mais de 1500 figurantes dão vida ao Carnaval do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital realiza, no próximo dia 24 de fevereiro, a partir das 11h00, o Desfile de Carnaval 2017, participado por alunos de todas as

Região

Saúde: Um terço dos inquiridos admite conhecimento “limitado” sobre cancro do pulmão

Um em cada três inquiridos num estudo sobre o cancro do pulmão reconhece ter um “conhecimento muito limitado”…

Nacional

Pedro Oliveira fala dos novos temas e músicas em tempo de pandemia.

Pedro Oliveira,  responsável na Rádio Boa Nova  pela edição nos últimos 15 anos do “Cá se fazem, cá se tocam”,  faz balanço das novas músicas editadas em tempo de pandemia.

Última Hora

Coimbra entre os dezasseis distritos sob aviso amarelo

Dezasseis distritos de Portugal continental estão até ao meio da tarde de hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva por vezes forte, segundo o Instituto Português do Mar

Região

Altice liga maciço central da Serra da Estrela por fibra ótica

A Altice Portugal vai ligar seis concelhos do maciço central da Serra da Estrela, num investimento de vários milhões de euros. “Este projeto que, tem agora início, vai criar infraestruturas

Última Hora

Homem morreu em atropelamento ferroviário em Coimbra

Um homem, com idade na casa dos 50 anos, morreu esta manhã na sequência de um atropelamento ferroviário em Pedrulha, depois da estação de Coimbra B.

Última Hora

Desfiles de Carnaval animaram Nogueira do Cravo, Lagares e Seixo da Beira

Foram três os desfiles que no domingo (dia 26) e em dia de Carnaval (28) animaram o concelho de Oliveira do Hospital. Nogueira do Cravo e Lagares da Beira…

Última Hora

Município de Penacova requalifica Parque Municipal

A Câmara Municipal de Penacova, com base na ação de regeneração urbana, está a executar a Requalificação do Parque Municipal, situado no centro urbano da Vila de Penacova.

Região

“Quando nascemos foi para sermos todos portugueses de primeira”, disse Marcelo em Oliveira do Hospital

O Presidente da República disse, ontem, em Oliveira do Hospital que “mais que ficarmos presos à memória e ao passado”, importa “trabalhar no presente e exigir mais no futuro…