Governo aprova plano de ação ‘Mondego Mais Seguro’ com 30 milhões
23 Janeiro, 2020 333 visualizações

Governo aprova plano de ação ‘Mondego Mais Seguro’ com 30 milhões

image_pdfimage_print

Um plano de ação para reparar danos provocados pelas cheias de dezembro de 2019 no Mondego, hoje aprovado pelo Conselho de Ministros,…

… tem uma dotação de 30 milhões de euros, a realizar até 2023, anunciou o Ministério do Ambiente.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática (MAAC) esclarece que para “responder de forma completa e com o máximo de celeridade” aos danos provocados pelas inundações registadas entre 19 e 21 de dezembro, foi aprovado um Plano de Ação Integrado de Intervenções, sustentado em três eixos, o primeiro dos quais inclui trabalhos “a executar com caráter de urgência para repor as infraestruturas do Aproveitamento Hidráulico do Mondego danificadas pela cheia”.

Este primeiro eixo pretende promover a “segurança” e “condições de funcionamento” da obra de aproveitamento hidroagrícola e tem uma dotação de 11,1 milhões de euros, adianta o MAAC.

Um segundo eixo, com 17,7 milhões de euros de dotação, aposta nas “obras que faltam executar para completar” o referido aproveitamento hidroagrícola – algumas das quais ficaram por fazer nas últimas quatro décadas – “que são essenciais para proteção contra cheias”, refere a tutela do Ambiente.

Cerca de 500 mil euros estarão disponíveis para o terceiro eixo, que inclui “trabalhos de análise e reflexão técnica sobre o Aproveitamento Hidráulico do Baixo Mondego, num contexto de alterações climáticas com ocorrência de eventos extremos, quer de cheias, quer de seca, e uma proposta de um novo modelo de gestão que envolva todos os interessados”.

O Ministério do Ambiente diz ainda que o plano “Mondego Mais Seguro” será completado por um investimento de 600 mil euros do Ministério da Agricultura “para a reposição de algumas infraestruturas de uso agrícola que se encontram danificadas”.

A tutela da Agricultura intervirá, igualmente, no terceiro eixo do plano, avaliando os investimentos necessários “para completar e tornar mais eficiente o empreendimento agrícola do Baixo Mondego”.

No que concerne aos investimentos do Ministério do Ambiente e da Ação Climática – no total de 29,3 milhões de euros – esta dotação terá origem em subvenções nacionais e europeias, nomeadamente do Fundo Ambiental e do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

O MAAC refere ainda que o plano de ação será liderado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), “que irá dispor dos recursos indispensáveis ” para a sua execução, “autorizando a realização das despesas necessárias e a respetiva assunção de encargos plurianuais, bem como permitindo o recurso aos procedimentos de formação contratual legalmente previstos e admitidos para situações de manifesta urgência”.

No comunicado, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática recorda, por outro lado, que “nos últimos três anos foram já investidos oito milhões de euros em manutenção de fundo”, intervenções que permitiram “minimizar os efeitos das cheias de dezembro, cujo caudal foi superior às de 2001 e que provocou prejuízos mais avultados”.

Revela ainda que as “intervenções de primeira emergência já se encontram concluídas”, com a limpeza dos canais e a “reparação provisória dos dois diques [na margem direita do leito principal do rio Mondego e na margem esquerda do leito periférico direito] que ruíram”.

Anterior Nelas avança com reabilitação urbana na Rua Gago Coutinho
Seguinte Viseu: GNR apreende armas roubadas ao exército suíço

Notícias Relacionadas

Nacional

Chuva regressa quarta-feira mas não em todo o território. Temperaturas mínimas chegam aos zero graus

  Para quarta-feira está previsto o regresso da chuva mas não em todo o território.

Educação

“Ritmo do Coração” assinalou os Dias Mundiais do Coração e da Música em Oliveira do Hospital

No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Coração, que se assinala a 29 de setembro, e do Dia Mundial da Música, comemorado a 1 de outubro, decorreu no passado

Região

Município de Oliveira do Hospital substitui-se a privados no corte de árvores ardidas na berma das estradas

O Município de Oliveira do Hospital tem em curso o corte de árvores ardidas numa extensão de 76 quilómetros, substituindo-se aos proprietários…

Informação

Corte de árvores gera polémica em Travanca de Lagos (com áudio)

O recente corte de quatro árvores de grande porte na freguesia de Travanca de Lagos, no concelho de Oliveira do Hospital, não foi bem  aceite por um grupo de populares…

Região

Gala das Confrarias Gastronómicas vai premiar quem mais se destacou na promoção dos territórios

No próximo dia 15 de dezembro, vai realizar-se a terceira edição da Gala da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas (FPCG), em Condeixa-a-Nova. Este evento, que acontece de três em três

Última Hora

Carregal do Sal: Colisão entre quatro carros faz cinco feridos

Uma colisão envolvendo quatro viaturas, em Carregal do Sal, causou ferimentos ligeiros em cinco pessoas.

Informação

Processo de mulher arrastada pelo mar está no Ministério Público

O processo relativo ao desaparecimento de uma mulher de 34 anos que foi arrastada pelo mar em Ílhavo, quando alegadamente participava num ritual espiritual, foi entregue ao Ministério Público, informou

Última Hora

Ocupante  de carro de rali que caiu ao rio encontrado sem vida

Um carro de rali com dois ocupantes despistou-se esta quarta-feira, em Mortágua, e caiu ao rio Criz. Uma pessoa morreu no acidente e outra foi transportada para o hospital.

Informação

Homenagem a Durval Moreirinhas no auditório do Casino Estoril

O “Alma de Coimbra”, Coro e Grupo de Guitarras, juntamente com um grupo de amigos, prestam a sua homenagem a Durval Moreirinhas, falecido no dia 12 de junho de 2017,

Última Hora

Um morto e três feridos em acidente em Soure

Um despiste de um veículo ligeiro na noite de terça-feira em Soure causou um morto e três feridos, disseram fontes da GNR e do Comando Distrital de Operações de Socorro

Última Hora

Rádio Boa Nova participa em colóquio “Juntos Superamos”

No âmbito da iniciativa “AEOH a Florir –  Festa da Primavera” promovida pelo Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, que decorre de hoje até ao dia 5 de abril, a

Última Hora

Nacional: Deco desaconselha compra de hambúrgueres já picados nos talhos

A Deco Proteste apelou hoje aos consumidores para que não comprem hambúrgueres já picados nos talhos, onde encontrou bactérias nocivas e aditivos alergénicos …