Gouveia: Município reduz valor da água, saneamento e resíduos e cria linha de apoio para ajudar pessoas vulneráveis
18 Março, 2020 592 visualizações

Gouveia: Município reduz valor da água, saneamento e resíduos e cria linha de apoio para ajudar pessoas vulneráveis

image_pdfimage_print

O município de Gouveia, no distrito da Guarda, anunciou hoje que decidiu reduzir o valor da próxima fatura da água, saneamento e resíduos a pagar pelos munícipes e empresas, em resultado da pandemia causada pela Covid-19.

A autarquia presidida por Luís Tadeu refere em comunicado publicado na sua página oficial da internet que a medida foi tomada devido aos reflexos da pandemia “para a saúde pública e também para a economia”.

O município de Gouveia enquanto “município familiarmente responsável e parceiro dos empresários e das empresas do concelho”, deliberou por uma “redução em 50% da fatura da água, saneamento e resíduos para todos os munícipes e empresas do concelho”.

Foi ainda decidido aplicar uma “redução em 100% da fatura da água, saneamento e resíduos para os ‘consumidores protegidos’, compreendendo-se como tal as pessoas singulares e reformados, que aufiram um rendimento mensal igual ou inferior ao salário mínimo nacional, e jovens com idade até 25 anos, nos termos do Regulamento Municipal de Taxas, Tarifas e outras receitas do Município de Gouveia”.

Com a decisão, o mesmo município também pretende apoiar os munícipes e as empresas locais “perante as dificuldades financeiras, que se prevêem decorrer do abrandamento da atividade económica no concelho e no país”.

Na nota, a Câmara Municipal de Gouveia apela ainda “ao empenho de todos” na “cruzada contra o vírus Covid-19” e relembra que “gestos tão simples como lavar bem as mãos, a cara e o corpo, são essenciais para travar a propagação deste vírus e das consequências do mesmo para a saúde”.

O município anunciou ainda que vai ter a funcionar, a partir de quinta-feira, uma linha telefónica para ajudar as pessoas mais vulneráveis, devido ao surto da Covid-19.

“Com vista à implementação de medidas preventivas relativas à pandemia do Covid-19 e para assegurar o apoio aos grupos mais vulneráveis (pessoas com mais de 65 anos, doentes crónicos e pessoas com incapacidade), o município de Gouveia criou uma linha de apoio que permitirá garantir, em articulação com diferentes entidades do concelho, o fornecimento ao domicílio de bens essenciais e medicamentos urgentes”, refere a autarquia em comunicado enviado à agência Lusa.

A Câmara Municipal de Gouveia, presidida por Luís Tadeu, apela aos familiares e aos vizinhos “que tenham conhecimento de casos que se enquadrem nos grupos acima mencionados, que os sinalizem através dos seguintes contactos: 963 232 370 ou 969 374 134”.

O serviço funcionará de segunda-feira a sexta-feira, das 09:30 às 17:00.

A iniciativa resulta da sinergia e concertação da autarquia de Gouveia com as Juntas de Freguesia, corporações de Bombeiros Voluntários do concelho (Folgosinho, Gouveia, Melo e Vila Nova de Tazem), GNR, PSP, Unidade Local de Saúde da Guarda e CLDS-4G Int3Grar.

Anterior Presidente da República repetiu o teste à Covid-19 e o resultado foi negativo
Seguinte Figueira da Foz oferece 'bungalows' para alojar profissionais de saúde

Notícias Relacionadas

Última Hora

Ruínas Romanas da Bobadela recebem jogos “Ludi Conimbrigensis”

As Ruínas Romanas da Bobadela, concelho de Oliveira do Hospital, vão ser palco amanhã, dia 9 de maio, a partir das 10h00, de um evento inédito.

Informação

Seia: Condenado a 19 anos de prisão por matar mulher

Rui Andrade, o homem acusado de matar a mulher num acidente rodoviário em Seia e de simular um acidente para encobrir o mesmo, foi esta segunda-feira condenado pelo tribunal da

Última Hora

Arganil com 12 candidaturas aprovadas ao Fundo Recomeçar

Foram aprovadas 12 candidaturas no concelho de Arganil ao Fundo Recomeçar – Ambiente, promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa,…

Sociedade

Humberto Oliveira recandidata-se à Câmara de Penacova

A Concelhia do PS de Penacova aprovou, por unanimidade, a recandidatura de Humberto Oliveira ao Município de Penacova, no distrito de Coimbra.

Informação

Covid-19: Portugal regista 380 mortos e 13.141 infetados

A Direção-Geral da Saúde (DGS) revela, esta quarta-feira, que até ao momento foram registadas em Portugal 380 vítimas mortais, um aumento de 35 mortos face a terça-feira. Há ainda a registar 13.141 infetados,

Informação

Concurso “A Maior Abóbora” promovido na Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital

No âmbito da Festa do Queijo Serra da Estrela e outros Produtos Locais de Qualidade 2018, o Município de Oliveira do Hospital promove, uma vez mais, o concurso “A Maior

Informação

ANCOSE reabre segunda-feira para “prestar apoio na altura mais difícil dos seus associados” (com entrevista áudio)

A Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela, com sede em Oliveira do Hospital, vai reabrir as portas na próxima segunda feira. Manuel Marques, presidente da direção,

Última Hora

Mais de 230 mil euros em bolsas de estudo para o ensino superior

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) volta a apoiar os alunos economicamente carenciados do concelho que frequentam estabelecimentos de ensino superior público…

Cultura

Oliveira do Hospital promove Concerto do 25 de Abril – Celebração da Liberdade

O Município de Oliveira do Hospital protagoniza, no dia 22 de abril, a partir das 21h30 na Casa da Cultura, o Concerto do 25 de Abril – Celebração da liberdade.

Destaque

 “Não queremos transformar o silo auto numa garagem, nem num espaço de estacionamento definitivo”

O vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, defendeu esta manhã, em reunião pública do executivo, que a reabertura do silo auto, prevista para 8 de maio,…

Última Hora

ASAE apreendeu cerca de 400 artigos de carnaval

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 400 artigos de Carnaval, designadamente disfarces de adulto e criança,…

Destaque

“Apesar de tanta desgraça, estamos todos aqui a comemorar os 96 anos desta Associação”

A realização de um minuto de silêncio pelas vítimas mortais da tragédia de outubro marcou, ontem, a comemoração do 96º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oliveira Hospital