GNR multou ICNF por falta de limpeza da Mata Nacional de Leiria
29 Março, 2019 786 visualizações

GNR multou ICNF por falta de limpeza da Mata Nacional de Leiria

image_pdfimage_print

A GNR multou o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) por falta de limpeza da Mata Nacional de Leiria.

Segundo informação enviada à agência Lusa, o Comando Territorial de Leiria informou que, até à data, é a primeira vez que o faz.

De acordo com o comandante da unidade, em causa estiveram “oito situações de falta de gestão de combustíveis na Mata Nacional de Leiria”, denunciadas a 25 de setembro de 2018 através da linha SOS Ambiente.

“Na sequência da análise das denúncias reportadas e posterior deslocação ao terreno, entre 09 de outubro e 06 de novembro de 2018, procedeu-se ao levantamento de oito autos de notícia por contraordenação”, acrescenta o Comando Territorial de Leiria da GNR.

Contactado pela agência Lusa, o ICNF reconhece ter sido notificado, mas apenas por quatro autos de contraordenação, “relativos a alegadas violações de normas do Sistema Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios”.

O valor das contraordenações é ainda desconhecido, porque “os respetivos processos encontram-se em fase de instrução”, acrescenta o ICNF.

A ação da GNR foi divulgada pelo “Jornal da Marinha Grande” na edição de 21 de março de 2019. Segundo a notícia, a denúncia foi feita em março de 2018 por um munícipe não identificado, que terá reportado – à autarquia da Marinha Grande, PSP, GNR e Autoridade de Proteção Civil – situações de deficiente manutenção de áreas não ardidas no incêndio de 2017, que consumiu 86% da Mata Nacional de Leiria.

De acordo com o ICNF, “todas as situações que terão motivado a instauração de contraordenações estão ultrapassadas”.

Em causa, acrescenta o instituto, estavam “alegadas violações do n.º 2 do art.º 36 do Sistema de Defesa de Floresta Contra Incêndios”, que obriga à remoção de materiais de áreas ardidas numa faixa mínima de 25 metros para cada lado das faixas de circulação rodoviária.

Além disso, o mesmo diploma obriga “à gestão de combustível numa faixa exterior de proteção de largura mínima não inferior a 100 metros nos aglomerados populacionais inseridos ou confinantes com espaços florestais”, o que também não se verificava nos locais denunciados.

Para intervir nos locais alvo de denúncia, o ICNF informa que, ao abrigo do Código dos Contratos Públicos, procedeu à contratação de uma empresa, por não dispor de “meios suficientes para proceder à gestão de combustíveis na totalidade das áreas públicas”.

“A escassez de mão-de-obra especializada e as condições meteorológicas, que impediram e dificultaram muito a circulação de máquinas nas zonas rurais, levaram a que muitos dos trabalhos de gestão de combustível não pudessem ter sido realizados dentro dos prazos contratados, tendo sido concluídos logo que possível”, acrescenta o ICNF.

A GNR de Leiria avança que, na Mata Nacional de Leiria e até à data, estas foram primeiras situações em que autuou o ICNF.

Anterior Relógios adiantam uma hora na madrugada de domingo
Seguinte Seia volta a aderir à campanha “Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”

Notícias Relacionadas

Educação

ESTGOH recupera “Marketing” e conquista dois novos cursos

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) vai contar com três novos cursos, a lecionar neste ano letivo.

Última Hora

60 acidentes e um morto na última semana nas estradas do distrito de Coimbra

A semana de 28 de março a 3 de abril ficou marcada, nas estradas do distrito de Coimbra, pela ocorrência de 60 acidentes que resultaram numa vítima mortal.

Destaque

28 Anos: Eptoliva quer continuar a “ter sucesso por muitos e longos anos” (com vídeo)

A Escola Profissional Eptoliva, com sede em Oliveira do Hospital e pólo em funcionamento no concelho de Tábua comemorou…

Informação

Viseu: GNR ministra Curso de Investigação às Causas dos Incêndios Florestais

A Guarda Nacional Republicana (GNR), até ao dia 16 de novembro, está a ministrar, em Viseu, o Curso de Investigação às Causas dos Incêndios Florestais.

Informação

CineECo vai chegar aos concelhos da CIM das Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) está a implementar um pacote de programação designada “Cultura em rede das Beiras e Serra da Estrela” através de uma candidatura

Informação

“Em vez de seis meses parecem seis dias. Foi tudo demasiado rápido e com desafios permanentes…”

Passaram seis meses após o grande incêndio, mas para o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino parece que passaram “seis dias”.

Informação

Homem detido em Gouveia por posse de 23 armas

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Seia, deteve ontem, um homem de 61 anos, por violência doméstica, no concelho de Gouveia.

Última Hora

Campanha da FPF já reconstrói as sete primeiras casas, uma delas em Oliveira do Hospital

O dinheiro recolhido pela Federação Portuguesa de Futebol na campanha “Tudo por Portugal” está já a ser aplicado na reconstrução de sete casas de primeira habitação nas zonas mais afetadas

Última Hora

GNR realiza Operação “Ano Novo”

A Guarda Nacional Republicana (GNR), na sua área de responsabilidade, a partir de amanhã, dia 28 de dezembro, e até ao final da próxima quarta-feira, dia 2 de janeiro,…

Destaque

Eptoliva está preparada para “3º período de ensino não presencial” (com vídeo)

O presidente da Adeptoliva, associação que gere a escola profissional Eptoliva, com sede em Oliveira do Hospital e pólo em Tábua,  fez hoje um balanço “positivo” do ensino à distância…

Informação

Covid-19: Mais 16 mortos e 228 casos confirmados de Covid-19 em Portugal

O boletim epidimiológico diário divulgado, esta quarta-feira, pela Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que foram contabilizados mais 16 mortos e 228 infetados pelo novo coronavírus, no espaço de um dia,

Última Hora

Oliveira do Hospital valoriza autores concelhios em mais uma edição da Feira do Livro

A Feira do Livro de Oliveira do Hospital abriu portas no domingo, dia 28 de maio, com uma homenagem aos vários autores do concelho. O certame que está de regresso