Festival das Artes celebra 10º aniversário de 13 a 22 de julho
22 Junho, 2018 1172 visualizações

Festival das Artes celebra 10º aniversário de 13 a 22 de julho

image_pdfimage_print

De 13 a 22 de julho, o Festival das Artes celebra a sua 10.ª edição com um regresso às origens. A história mítica de Pedro e Inês serve de mote a uma edição especial dedicada…

… à qualidade artística existente em Portugal nas mais diversas áreas, da música à gastronomia, da dança às artes visuais.

Sob o signo dos “Amores e Desamores”, o festival volta a ter como palco principal o Anfiteatro Colina de Camões, nos jardins da Quinta das Lágrimas, mas espalha-se por toda a cidade, do Convento São Francisco ao rio Mondego, passando por locais como a Biblioteca da Universidade de Coimbra, o Edifício Chiado ou o Museu Machado de Castro.

A programação inclui vários concertos, entre os quais três orquestras nacionais que prometem encher as noites de música clássica, três exposições, um bailado, um programa educativo para os mais novos, um ciclo de gastronomia, uma conferência e uma especialíssima sessão de cinema.

O concerto de abertura “Amor Fatal” tem lugar no dia 13 de julho, no Convento São Francisco, onde o extraordinário violinista Yang Liu e a Orquestra Filarmónica Portuguesa, dirigida pelo maestro Osvaldo Ferreira, apresentam a Abertura Fantasia Romeu e Julieta de Piotr Ilitch Tchaikovsky, uma das mais pungentes e célebres obras musicais escritas a partir do drama de Shakespeare, seguida do Concerto para violino nº1, em sol menor, Op. 26 de Max Bruch e da Sagração da Primavera de Igor Stravinsky.

Os “Amores e Desamores” também merecem destaque na obra de Graça Morais, com a exposição “Os quadros também se enamoram” a ser inaugurada no dia seguinte, no Edifício Chiado, com curadoria de José Pedro Correia da Silva. O Ciclo do Cinema, por sua vez, estreia-se este ano no formato drive-in com a exibição do lendário filme “West Side Story” a 16 de julho, num serão que promete ser inesquecível.

No dia 21 de julho, o Anfiteatro Colina de Camões acolhe o bailado em I Ato, “Murmúrios de Pedro e Inês”, um espectáculo onde a dança usa os dois corpos como linguagem que materializa a lenda e a emoção, dirigido e interpretado por Solange Melo e Fernando Duarte, com coreografia de Fernando Duarte e música de Bernardo Sassetti e Fernando Lopes-Graça.

O concerto de encerramento do festival, no dia 22 de julho, une a jovem e talentosa pianista Inês Costa à Orquestra Metropolitana de Lisboa que é dirigida pelo maestro Pedro Amaral. “Amor e Saudade” volta, assim, a juntar os nomes simbólicos de Pedro e Inês com o Concerto para piano nº 21 em Dó Maior K. 467 de Wolfgang Amadeus Mozart e a Sinfonia nº 9 Op.95 em mi menor “Novo Mundo” de Antonín Dvořák.

Anterior Incêndio deflagrou em hotel desativado em Penacova
Seguinte GNR reforça patrulhamento no âmbito na operação Verão Seguro 2018

Notícias Relacionadas

Sociedade

País: Maioria dos alunos do 9.º ano chumba a Português e Matemática

Mais de metade dos alunos do 9.º ano chumbaram na 2.ª fase da prova final de Português, assim como a maioria dos estudantes que fez a prova…

Destaque

Guterres foi oficialmente aclamado secretário-geral da ONU

Chegou oficialmente ao fim a caminhada de António Guterres para chegar ao topo da escadaria do poder na ONU. A Assembleia-geral das Nações Unidas aclamou oficialmente…

Informação

Município de Tábua comemora Feriado Municipal com iniciativas ao longo do dia

O Município de Tábua comemora amanhã, 10 de abril, o seu Feriado Municipal, assinalando a efeméride com uma série de iniciativas ao longo de todo o dia.

Região

Região: Dois homens morreram devido a picada de abelhas ou vespas asiáticas. Dois casos em três dias

Um homem de 79 anos morreu, esta sexta-feira, depois de ter sido picado por um inseto no quintal da sua habitação em Oliveira do Bairro, Aveiro.

Última Hora

Obras de Requalificação da envolvente à Central de Camionagem, Pavilhão Municipal e Cemitério, já se iniciaram.

Iniciaram-se este mês de junho, as obras de requalificação da Zona Norte da cidade (antigo largo da feira), que se encontram inseridas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU)…

Sociedade

Alexandrino saúda regresso de “Família e Menores” ao Tribunal, mas não está satisfeito

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital considera o regresso da competência de “Família e Menores” ao Tribunal local como um “sinal positivo”, porém nota que “falta dar

Última Hora

Arganil defende debate sobre ordenamento florestal

A Câmara de Arganil considera que várias das conclusões do relatório da comissão técnica independente sobre os incêndios de outubro de 2017 vão ao encontro da posição do município, que

Região

Ensino Superior Público em Coimbra com mais vagas

O Ensino Superior de Coimbra apresenta, este ano, 5 675 vagas, mais 199 do que em 2017, aumento que está relacionado com o despacho governamental…

Politica

Luís Lagos, deputado do CDS na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, denunciou hoje uma “inversão” do clima democrático no concelho

Luís Lagos, deputado do CDS na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, denunciou hoje uma “inversão” do clima democrático no concelho, conseguido há 8 anos com a eleição de José

Última Hora

Termo de identidade e residência para autor de empurrão a adepto

O alegado autor de um empurrão a um adepto do Benfica, no jogo particular de futebol frente à Académica, ficou hoje…

Informação

Oliveira do Hospital quer bater record de visitantes na EXPOH

É elevada a fasquia em torno da EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital. A apostar num cartaz equilibrado e num bilhete geral, a Câmara Municipal …

Região

Coimbra: Homem detido por furto

O Comando Territorial de Coimbra, através do Destacamento Territorial de Coimbra, no dia 8 de julho, deteve um homem de 39 anos por furto, naquele concelho.