EXPOH é “montra da vitalidade e dinâmica do concelho” até 30 de julho
22 Julho, 2017 2137 visualizações

EXPOH é “montra da vitalidade e dinâmica do concelho” até 30 de julho

image_pdfimage_print

Foi sob o cunho do que melhor se faz e existe no concelho de Oliveira do Hospital que, ao final da tarde de hoje, foi dado o arranque da EXPOH 2017, certame que decorre no Parque do Mandanelho até 30 de julho. Esquecidas não ficaram porém as acessibilidades, em particular o IC6, com o presidente da Câmara Municipal a apelar ao secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, para que seja “interlocutor” na resolução destes “problemas fundamentais”.

inaug expoh2

A acontecer pela primeira vez no verão de 2010, no primeiro mandato de José Carlos Alexandrino, a EXPOH cumpre a partir de hoje uma nova edição. O objetivo, garantiu o autarca, é servir de montra da “vitalidade e dinâmica económica e social” do concelho. A fazer um balanço positivo do caminho percorrido à frente do executivo, notando que a grande conquista “foi atrair fundos comunitários” – decorrem obras em todo o concelho num investimento na ordem de “cinco milhões de Euros” –  José Carlos Alexandrino verificou que o futuro passa pelo desenvolvimento económico alicerçado no Turismo e captação de investimento. A incomodar o autarca continua porém o tema das acessibilidades, pelo que apelou ao secretário de Estado das Autarquias Locais para que seja interlocutor na resolução do problema.

Este ano, a organização da EXPOH decorre em parceria com a ADI. José Francisco Rolo, presidente daquela estrutura apreciou os cerca de 200 expositores  que são representativos da “riqueza e capacidade produtiva” do concelho, que apresenta uma “balança comercial favorável” e conta com um tecido empresarial gerador de emprego. Deu o exemplo da indústria de confeções, que permite que em Oliveira do Hospital se façam os “melhores fatos do mundo”. Sobre a própria EXPOH, Rolo notou que o objetivo é que  se consiga um evento “dinâmico e atrativo”. “Que seja um espaço com vida e de oportunidades de negócio”.

Em Oliveira do Hospital, o secretário de Estado das Autarquias Locais recuou em 40 anos para notar que as exigências ao poder local “evoluíram” e que o “desenvolvimento económico  da região é uma prioridade”. Carlos Miguel defendeu a articulação entre o poder local e o governo para “se chegar mais rapidamente e eficientemente às pessoas”. A felicitar a organização da EXPOH, o governante disse, em declarações à Rádio Boa Nova, que o IC6 não está esquecido entre os elemementos do governo.

Intervenções que marcaram o arrranque da EXPOH no Parque do Mandanelho. O certame decorre até 30 de julho.

Anterior PJ deteve suspeito de pornografia de menores em Fornos de Algodres
Seguinte Obrigado por estarem connosco. www.radioboanova.pt

Notícias Relacionadas

Destaque

Hoje assinala-se o Dia Internacional do Bombeiro

Hoje, no dia em que se assinala o Dia Internacional do Bombeiro, as corporações dos Bombeiros Voluntários do concelho de Oliveira do Hospital atravessam um momento “estável”, …

Região

Município de Penacova entrega tablets nas escolas do 1º ciclo no âmbito do projeto ‘Realiza-te’

O Município de Penacova entregou, hoje, na EB1 de Lorvão quinze dos 105 tablets e respetivos armários de carga e higienização, …

Informação

FAAD: Herdade quer assegurar “urgências condignas” à população de Oliveira do Hospital

Álvaro Herdade foi ontem reconduzido na presidência do Conselho de Administração da Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD). No terceiro mandato, o conhecido clínico redobra…

Destaque

Urgências: Alexandrino “dá tempo” a Ministra da Saúde. Depois será “o da frente num combate”

O presidente do Município de Oliveira do Hospital reúne hoje com a Ministra da Saúde, Marta Temido, a propósito do problema das urgências no concelho.

Última Hora

Seis distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Seis distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com quatro metros, segundo o Instituto Português do Mar e da

Sociedade

Mais de mil fogos com origem em queimadas e três mortos neste ano

A Guarda Nacional Republicana investigou, este ano, 1.067 incêndios florestais com origem em queimas e queimadas, que provocaram três vítimas mortais.

Informação

Presidente da República entende que “região mostrou uma força de vontade enorme que ultrapassou as expectativas”

No dia em que se assinalam dois anos após o grande incêndio de 15 de outubro de 2017 que devastou a região Centro,…

Informação

Festa das Vindimas realiza-se este fim de semana em Lagares da Beira

A vila de Lagares da Beira é palco da Festa das Vindimas, no próximo fim de semana, dias 24 e 25 de setembro. O evento assenta na mostra etnográfica…

Região

Lousã: Despiste faz um morto e dois feridos

Um despiste de uma viatura ligeira em Talasnal, na serra da Lousã, no distrito de Coimbra, causou uma vítima mortal e feriu outras duas pessoas, ao final da tarde de ontem.

Informação

Aristides Sousa Mendes homenageado com Grã-Cruz da Ordem da Liberdade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai condecorar hoje a título póstumo Aristides Sousa Mendes (1885-1954) com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, no dia em que passam

Informação

Votos da emigração: PS e PSD ficam com dois deputados cada

Onze dias após as eleições legislativas foram contabilizados os votos dos emigrantes portugueses espalhados pelo mundo, tendo sido o resultado divulgado no site da Secretaria-Geral …

Última Hora

Incêndios: Associação de vítimas recebida pelo primeiro-ministro no dia 9

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) vai ser recebida em audiência pelo primeiro-ministro, no dia 09, disse hoje o presidente da organização à agência