Eptoliva promove “25 anos” nas Marchas Populares
15 Junho, 2016 1894 visualizações

Eptoliva promove “25 anos” nas Marchas Populares

image_pdfimage_print

A Eptoliva decidiu fazer o pré-lançamento das comemorações do seu 25º aniversário, através da escolha dos “25 anos da EPTOLIVA”, como tema a apresentar nas Marchas Populares …

… do Município de Oliveira do Hospital, que se realizam no próximo dia 18 de Junho.

Para a direção da escola profissional, “esta é uma forma diferente de anunciar as comemorações dos 25 anos da Eptoliva, que se prolongarão durante todo o ano letivo de 2016/2017, ao longo do qual serão realizadas variadas atividades especificamente direcionadas para a comemoração desta data”. Destaque para a abertura do ano letivo 2016/2017, a homenagem aos fundadores da Eptoliva e aos municípios associados, assim como a cerimónia pública de reconhecimento dos atuais promotores da Adeptoliva e de Adesão de 25 novos promotores, já aprovados em Assembleia-Geral.

É ainda pretensão da escola, a realização de um encontro de antigos e atuais alunos, professores, colaboradores e promotores da Adeptoliva, assim como o lançamento de uma linha de produtos de merchandising alusivos aos 25 anos da Eptoliva. Atividades pedagógicas, culturais, desportivas e sociais alusivas ao tema serão realizadas diariamente na Escola, mas também junto da comunidade Educativa.

O dia 11 de novembro de 2016 será marcado no calendário como o dia “EPTO 25”, dia em que a EPTOLIVA fará os seus 25 anos. Este será um programa de atividades “ambicioso”, que tem vindo a ser preparado há bastante tempo pela comunidade escolar e que resultou já na criação de um logótipo e slogan . “25 ANOS A FORMAR FUTUROS” é o slogan que pretende sintetizar o propósito da criação da escola, bem como os desafios com que diariamente se confronta.

A Escola Profissional foi criada a 11 de novembro de 1991 e foi uma das primeiras Escolas profissionais do País, cuja criação e funcionamento emergiu da celebração de um contrato programa entre o Estado, na altura representado pelo GETAP – Gabinete de Educação Tecnológica, Artística e Profissional e as Câmaras Municipais de Oliveira do Hospital e Tábua, representadas pelos respetivos Presidentes. Na vila de Arganil, a EPTOLIVA iniciou o seu funcionamento no ano letivo de 1997/98. Em Janeiro de 2000 viria a ser criada a ADEPTOLIVA, que se mantém até hoje como a Associação proprietária da Escola Profissional.

Atualmente, a Eptoliva tem dois pólos em funcionamento (Oliveira do Hospital e Tábua) com 9 cursos profissionais de nível IV, distribuídos por 11 turmas, num total de 230 alunos.

A Direção da Adeptoliva “orgulha-se hoje de fazer parte de uma Escola Profissional que tem sido uma referência na formação profissional de qualidade, sendo esse o legado a que pretende dar seguimento, reforçando a sua ligação à comunidade envolvente”. “Por essa razão e porque o sucesso da Eptoliva resulta do trabalho de todos”, a escola desafia ao envolvimento de toda a comunidade educativa a participar nas comemorações dos 25 anos.

Anterior Carlos Veiga reconduzido na presidência da ESTGOH
Seguinte Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital assinalou cinco anos

Notícias Relacionadas

Informação

Federação Portuguesa de Natação atribui Certificação de Qualidade à Escola Municipal de Natação de Arganil

No passado dia 20 de fevereiro, o Salão Nobre do Município de Arganil foi palco da atribuição da Certificação de Qualidade Nível 1 pela Federação Portuguesa de Natação à Escola

Informação

Artur Abreu toma posse na presidência da Arcial

Está marcada para amanhã, dia 12 de janeiro, pelas 18h00, a tomada de posse dos novos órgãos sociais da Arcial. Artur Abreu sucede a Maria José Falcão de Brito na

Destaque

Acidente com três viaturas causou um ferido ligeiro em Oliveira do Hospital

Um acidente com três viaturas causou esta tarde, cerca das 13h30, um ferido ligeiro, um homem de 38 anos que, preventivamente, foi encaminhado para o Centro Hospitalar e …

Informação

Apoios “não são suficientes” para recuperação de empresas e agricultura em Oliveira do Hospital

À saída da reunião com os empresários afetados pelo incêndio de 15 de outubro, realizada ontem em Oliveira do Hospital, o sentimento é de que…

Desporto

Principais provas do ciclismo nacional passam por Oliveira do Hospital

A 79ª Volta a Portugal em Bicicleta tem passagem assegurada pelo concelho de Oliveira do Hospital no dia 14 de agosto. Antes, no dia 29 de junho, …

Sociedade

Vinte e quatro concelhos do país com risco máximo de incêndio

Vinte e quatro concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Viseu, Castelo Branco e Faro estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera

Informação

Jovem oliveirense representa região Centro nas Olimpíadas Portuguesas de Geologia

O aluno Michael Nunes do 11º B do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital vai representar a região Centro na fase final das Olimpíadas Portuguesas de Geologia que se vão realizar

Última Hora

Covid-19: “Mais tarde ou mais cedo algum caso positivo se vai verificar”, afirma António Costa

O Primeiro-ministro aconselha a que se sigam as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) “sem dramatização e sem pânicos”. Se vier a ser necessário fechar…

Informação

Oliveira do Hospital distinguida como “Autarquia + Familiarmente Responsável” pelo quarto ano consecutivo

O Município de Oliveira do Hospital recebeu esta quarta-feira, pelo quarto ano consecutivo, a Bandeira Verde de “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018”,…

Informação

ADIBER recebe Medalha de Mérito do Município de Góis

Numa sessão presidida pelo Ministro-Adjunto, Eduardo Cabrita, o Município de Góis distinguiu a ADIBER com a atribuição da Medalha de Mérito como reconhecimento do trabalho…

Informação

Alfaiate e costureira mantêm viva a tradição do burel na Serra da Estrela

Um alfaiate e uma costureira de Seia, no distrito da Guarda, são dois dos últimos resistentes que trabalham o burel, um tecido artesanal feito de lã,…

Sociedade

Fixada em 70 mil euros indemnização mínima para vítimas mortais

O Conselho para a atribuição de indemnizações às vítimas dos incêndios entregou hoje o relatório ao primeiro-ministro, fixando em 70 mil euros o valor mínimo para privação de vida,…