Época balnear iniciou “de forma leve” com hastear de bandeiras nas quatro praias fluviais de Oliveira do Hospital (com vídeo)
1 Julho, 2020 1186 visualizações

Época balnear iniciou “de forma leve” com hastear de bandeiras nas quatro praias fluviais de Oliveira do Hospital (com vídeo)

image_pdfimage_print

Foi “de forma leve”, e com “sentido de responsabilidade” que hoje, 1 de julho, teve início a época balnear nas quatro praias fluviais do concelho de Oliveira do Hospital, duas das quais com “bandeira azul”.

As habituais “cerimónias mais alargadas” foram, esta manhã, substituídas por atos simples com que o Município de Oliveira do Hospital e as Juntas de Freguesia assinalaram o início da época balnear que decorre até ao dia 31 de agosto. Tal acontece devido ao atual momento de pandemia de Covid-19.

A praia fluvial de Alvôco das Várzeas foi a primeira, no concelho oliveirense, a ver hasteada a bandeira de praia acessível e  bandeira azul, situação que acontece pelo sétimo ano consecutivo e que leva a Quercus a considerá-la com Qualidade de Ouro.

“Quisemos com sentido de responsabilidade fazer a abertura formal da época balnear, entre 1 de julho e 31 de agosto, de forma leve não proporcionando grande aglomeração”, afirmou o vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, recordando que “era tradição” a realização de “cerimónias mais demoradas” e com a participação da comunidade no hastear das bandeiras nas praias fluviais.

No caso particular de Alvôco das Várzeas, José Francisco Rolo referiu que “esta é uma praia de tradição familiar direcionada para acolher famílias com filhos”. Informando que estão cancelados os eventos previstos para este ano , como é o caso do Festival “Paisagens Sonoras de Montanha”, o responsável convidou as famílias para que visitem Alvôco, onde dispõem de “alojamento turístico de confiança e equipamentos com segurança”. Referiu que “até domingo” o espaço envolvente à praia fluvial vai ser valorizado, com a colocação de uma almofada de areia e sinalética dos percursos. José Francisco Rolo destacou ainda  a presença de um nadador salvador na praia fluvial que, em tempo de pandemia, tem lotação máxima de 80 pessoas no areal.

A assistir ao hastear da bandeira azul pelo sétimo ano consecutivo, o presidente da Junta de Freguesia de Alvôco de Várzeas confessou que esta foi uma “forma atípica e um pouco triste” de o fazer, já que “normalmente” estava sempre presente muita gente. No arranque da época balnear, Agostinho Marques verificou que a praia fluvial está “minimamente” preparada, porque “em março não se sabia se haveria ou não praia fluviais”. Adiantou que o espaço vai, entretanto, ser melhorado. “Isto é um espaço de lazer, não é um espaço de prisão, para as pessoas desfrutarem”, referiu o autarca, notando que há “bons espaços a montante e a jusante da praia onde as pessoas poderão estar”.

Também a praia fluvial de Avô voltou a hastear a bandeira de praia acessível e bandeira azul, pelo segundo ano consecutivo. A Ilha do Picoto, como é conhecida a praia fluvial, tem uma lotação de 410 pessoas e vai contar pela primeira vez com a presença de dois nadadores salvadores devido à situação de pandemia. José Carlos Martins, presidente da Junta de Freguesia de Avô, notou o esforço de recuperação do espaço afetado pelo mau tempo e disse esperar que “corra tudo bem” e que “este ano seja um ano magnifico”.

José Francisco Rolo destacou, esta manhã, em Avô, o facto de esta praia fluvial ser a que tem “maior lotação e dois nadadores salvadores”, e de pelo segundo ano consecutivo hastear a bandeira Azul. “É fruto do investimento do Município na avaliação da qualidade das águas”, observou o responsável. Em Avô, José Francisco Rolo informou ainda que a lotação da praias vai estar disponível na aplicação Info Praia e, em cada uma, vão estar as respetivas bandeiras (verde, amarela e vermelha) indicativas da lotação.

Às praias com bandeira Azul juntam-se as praias que, esta manhã, também hastearam as bandeiras de praia acessível:
S. Sebastião da Feira e S. Gião.

Com capacidade para 120 pessoas, a praia fluvial de S. Sebastião da Feira, na União de Freguesia de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira continua a pugnar pelo galardão da bandeira Azul. Rui Coelho, presidente da Junta de Freguesia agradeceu esta manhã o apoio do Município na manutenção do galardão de praia acessível, certo de que o Município e Junta de Freguesia estão “no bom caminho para alcançar a bandeira Azul”.

Em S. Gião, a praia fluvial, com lotação de 150 pessoas, voltou a hastear a bandeira de praia acessível. Luciano Correia, presidente da Junta de Freguesia, agradeceu o apoio do Município e apelou para que “sempre que possa, ajude um bocadinho”, porque, como clarificou, a Fundação Albino Mendes da Silva, contígua à praia fluvial, “é privada”, mas a “a praia fluvial é pública”.


Manuel Garcia, presidente da referida Fundação, deu conta dos investimentos feitos na praia fluvial na ordem dos 60 mil Euros para que “a praia se tornasse mais atrativa e com mais qualidade”. O responsável agradeceu o empenho do Município na “valorização do território” e apelou às pessoas para que usufruam da praia fluvial e equipamentos que lhe estão associados.

Anterior Covid-19: Mais 313 infetados e três mortes em Portugal
Seguinte Seia comemora amanhã o Feriado Municipal

Notícias Relacionadas

Destaque

Oliveira do Hospital: 1,12 hectares de área ardida em 2018

Terminada a época de incêndios, é altura fazer o balanço. Este ano, no concelho de Oliveira do Hospital, a área total ardida registada é de 1,12 hectares.

Informação

Música: José Cid recebe Grammy de Excelência Musical em cerimónia nos EUA (com vídeo)

O músico português José Cid recebe esta quarta-feira, numa cerimónia em Las Vegas, nos Estados Unidos da América, um Grammy de Excelência Musical, da Academia Latina de Gravação, …

Última Hora

Estradas na Serra da Estrela cortadas devido à queda de neve

Algumas das estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela estão hoje à noite cortadas devido à queda de neve e às condições climatéricas adversas, disse fonte do

Região

30 localidades evacuadas em Góis e Pedrógrão Grande. Um canadair despenhou-se em Pedrógrão Grande

O incêndio em Góis obrigou hoje à evacuação de 27 localidades. Nas últimas horas o incêndio aumentou de extensão e motivou a ativação, pelas 14h00, …

Informação

Oliveira do Hospital investe 17 mil euros no apoio ao funcionamento do 1.º CEB e Jardins de Infância

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou que vai investir, neste ano letivo 2019/2020, 17 mil euros no apoio ao funcionamento das Escolas do 1º CEB e Jardins de

Última Hora

Distrito: GNR registou 730 infrações e 55 acidentes na última semana

Na semana de 25 de fevereiro a 2 de março, o Comando Territorial de Coimbra da GNR registou 730 infrações no âmbito de um conjunto de  operações tendo em vista

Região

Bombeiros procuram ocupantes de carro que caiu para barragem da Guarda

Mais de 30 bombeiros estão a realizar buscas para localizar os eventuais ocupantes de uma viatura ligeira que hoje foi vista a afundar-se na barragem do Caldeirão, nas proximidades da

Nacional

Presidente da República vai condecorar Aristides de Sousa Mendes com Grã-Cruz da Ordem da Liberdade

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou em Nova Iorque que vai condecorar a título póstumo o cônsul português Aristides de Sousa Mendes com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

Opinião

Ca$h Resto Z€ro: “Oliveira do Hospital foi notícia nacional. Interior não rima com inferior”

No habitual espaço de opinião da Rádio Boa Nova, “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves reflete sobre a atitude tomada pelo Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital em eliminar o

Informação

Nogueirense recebe o líder Gafanha para o Campeonato de Portugal. FCOH e Lagares da Beira jogam fora para os distritais…

A Associação desportiva Nogueirense recebe domingo, dia 30, o Gafanha em jogo da jornada 8 do Campeonato de Portugal Prio, Série D.

Última Hora

Pedrógão Grande: Bombeiro internado em Lisboa sai do coma induzido

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera disse, hoje, que um dos bombeiros internados em Lisboa já saiu do coma induzido e que a operacional internada em Coimbra

Informação

Associação de vítimas do incêndio de outubro reúne amanhã com o Presidente da República

A Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) vai reunir amanhã, dia 17 de fevereiro, com o Presidente da República, pelas 18h00, no Palácio de Belém.