Embaixador Vítor Sereno, com ligações familiares a Oliveira do Hospital, vence prémio de diplomata económico do ano
8 Janeiro, 2020 1126 visualizações

Embaixador Vítor Sereno, com ligações familiares a Oliveira do Hospital, vence prémio de diplomata económico do ano

image_pdfimage_print

O embaixador Vítor Sereno, com ligações familiares ao concelho de Oliveira do Hospital  – ( a mãe Margarida Sereno é natural das Caldas de S. Paulo onde sempre viveu com o seu pai) – …

-…recebeu  o Prémio da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP) para o diplomata económico do ano, premiando o trabalho em sete países da África Ocidental, incluindo Costa do Marfim e Senegal. 

“É uma honra e uma responsabilidade, sou o mais novo de sempre a receber este prémio, é uma responsabilidade acrescida receber o Prémio Francisco de Melo e Torres enquanto embaixador responsável pelo Senegal, Gâmbia, Guiné-Conacri, Serra Leoa, Burkina Faso e Libéria”, disse Vítor Sereno, em declarações à Lusa.

Para o diplomata, a entrega do prémio mostra “uma mudança de paradigma geracional” e o reconhecimento do trabalho de “lóbi” feito pela embaixada.

“Nós trabalhamos, o lóbi institucional, nós, representações internacionais de Portugal, não temos de ter medo de dizer que fazemos lóbi todos os dias pelas empresas portuguesas na região”, defendeu Vítor Sereno, que antes de ir para Dacar, em setembro de 2018, já esteve destacado nas missões portuguesas em Roterdão, Macau e Hong Kong e Estugarda, entre outras.

A relação comercial entre Portugal e estes países africanos aumentou significativamente nos últimos anos, segundo o diplomata, que destaca as “enormes oportunidades para as empresas portuguesas” que queiram apostar na região.

“Entre 2018 e 2019, o investimento direto português nestes países passou de 74 milhões de euros para 180 milhões de euros, representando um aumento de 143%, e o volume de negócios aumentou de 80 milhões de euros em 2018 para 190 milhões no ano passado, ou seja, subiu 237%”, destacou o diplomata, não escondendo que, apesar das oportunidades, a região tem riscos.

“Há quatro grandes riscos na minha zona, desde logo a presença em força de grandes economias, como a China, a Turquia, e a França, que é incontornável, as dificuldades aduaneiras em certos produtos, como o vinho, o elevado preço do crédito bancário e um desconhecimento generalizado destes mercados pelas empresas portuguesas”, que Vítor Sereno pretende melhorar com a organização de missões empresariais e a presença em feiras e exposições de caráter comercial.

Sobre o Senegal, país onde reside, o embaixador destaca que é um país muito apetecível, sendo uma das economias em mais rápido crescimento e com estabilidade política e segurança jurídica.

“A Costa do Marfim e o Senegal são das economias mais fortes do continente, o Senegal em 2019 foi a quinta maior a crescer em África e vai entrar no top 3 de certeza”, disse, destacando que “como diz o ministro dos Negócios Estrangeiros local, no Senegal vota-se ao domingo e trabalha-se normalmente à segunda-feira”.

Anterior Região: Homem ficou  ferido com gravidade numa queimada
Seguinte Coimbra: Apreensão de armas no âmbito de um processo-crime de violência doméstica

Notícias Relacionadas

Informação

Sinistralidade: 9 detenções, 664 infrações e 50 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 10 a 16 de março, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Última Hora

Cruz Vermelha lança número 1415 para auxiliar populações

A Cruz Vermelha disponibiliza, a partir de hoje, o número 1415, uma linha telefónica de alerta para ajudar a proteger as populações perante catástrofes, como incêndios florestais, que vai funcionar

Informação

Dois detidos na Guarda e no Sabugal por posse de várias armas

Esquadra de Investigação Criminal da PSP da Guarda deteve dois indivíduos por recetação e posse de armas proibidas.

Região

Município de Gouveia assinala Dia Internacional dos Museus

O Município de Gouveia assinala, no próximo dia 18 de maio, o Dia Internacional dos Museus com a realização de diversas atividades no Museu de Miniatura automóvel e no Museu

Informação

UF de Souselas e Botão promove 6º Encontro das Coletividades

É já a partir de amanhã, 31 de maio, até ao dia 2 de junho, que se realiza o VI Encontro das Coletividades promovido pela União de Freguesias de Souselas

Destaque

Jovem natural de Lagares da Beira perde a vida num acidente com camião na Bélgica

Um jovem natural de Lagares da Beira perdeu, ontem, a vida num acidente com um camião na Bélgica. Fábio Cardoso, de 27 anos, faleceu, vítima de um acidente que envolveu

Informação

Constrangimentos no abastecimento de água em Gouveia, Oliveira do Hospital e Seia

A empresa Águas do Vale do Tejo alertou, ontem, para a possibilidade de se verificarem constrangimentos no abastecimento de água nos concelhos de Gouveia, Oliveira do Hospital e Seia na sequência

Informação

FCOH continua líder. AD Lagares derrotada. ADN empatou em casa. Sampaense com derrota

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) mantém-se líder da Divisão de Honra do Campeonato Distrital da Associação de Futebol de Coimbra…

Informação

Funeral do casal Rui Nunes Figueiredo e Alexandra Nunes realiza-se amanhã

O funeral do casal Rui Nunes Figueiredo e Alexandra Nunes vai realizar-se amanhã, pelas 11h00, em Penalva do Alva.

Região

Viseu: Queria destruir ninho de vespas mas acabou por provocar incêndio florestal

Um idoso, de 81 anos, foi identificado pela GNR de Viseu pela prática do crime de incêndio florestal com origem na queima de um ninho de vespas, no concelho de Viseu.

Educação

Politécnico de Coimbra assinalou Dia Mundial da Floresta e Dia Mundial da Água

O Serviço de Saúde Ocupacional e Ambiental do Politécnico de Coimbra (IPC) assinalou o Dia Mundial da Floresta, no dia 21 de março, e o Dia Mundial da Água, a

Nacional

Chuva e trovoada para o fim-de-semana

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as previsões apontam para trovoadas e aguaceiros nas regiões Centro e Sul e com vento forte e rajadas nas terras