Ecovia do Mondego: Via ciclável vai ligar Viseu a Penacova para valorizar o turismo no Interior
28 Julho, 2020 620 visualizações

Ecovia do Mondego: Via ciclável vai ligar Viseu a Penacova para valorizar o turismo no Interior

image_pdfimage_print

Com início na estação ferroviária de Santa Comba Dão, na linha da Beira Alta, no distrito de Viseu, a Ecovia do Mondego vai prolongar-se até aos limites do concelho de Penacova, já no distrito de Coimbra, após atravessar os municípios de Mortágua e Vila Nova de Poiares.

Em declarações à agência Lusa, o secretário de Estado do Desporto e da Juventude, João Paulo Rebelo, salientou que se trata de um investimento de 1,5 milhões de euros que “ajudará a alavancar o turismo” no interior da região Centro, “com ganhos para a economia” nacional.

João Paulo Rebelo, que interveio esta segunda-feira, 27 de julho, na cerimónia da assinatura do auto de consignação da empreitada da nova ciclovia, um prolongamento da Ecopista do Dão, realçou que a obra insere-se “numa lógica de rede” que valoriza este destino turístico na área “cycling & walking”, ligada à fruição da natureza e da paisagem.

Nos próximos 10 anos, a estratégia do Governo aponta para a existência em Portugal de mais de sete mil quilómetros de vias cicláveis, enquanto atualmente o país dispõe de pouco mais de dois mil quilómetros dessas infraestruturas públicas, que reforçam a atratividade turística dos territórios, a qualidade ambiental e a qualidade de vida dos cidadãos em geral.

“A valorização turística deste eixo estruturante, que se desenvolve ao longo dos territórios do interior das regiões de Coimbra e Viseu Dão Lafões, potenciará o surgimento de novas atividades económicas ligadas ao turismo e ao desenvolvimento de novos serviços turísticos com base no património natural e cultural existente e na valorização dos produtos endógenos”, segundo a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, dona da obra, em parceria com a CIM Viseu Dão Lafões e os municípios de Mortágua, Penacova, Vila Nova de Poiares e Santa Comba Dão.

Para o presidente da CIM da Região de Coimbra, José Carlos Alexandrino, a Ecovia do Mondego “vem dar resposta à mobilidade crescente de todos e esbater assimetrias”, propiciando aos cidadãos “uma maior fruição das zonas ribeirinhas”.

“Este é, sem dúvida, um equipamento que permitirá alavancar a atratividade do nosso território e dar um grande impulso ao turismo e à economia local”, sublinhou na ocasião o também presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Por sua vez, o presidente da Entidade Regional de Turismo de Centro, Pedro Machado, disse à Lusa que este investimento vem reforçar “a aposta nos mercados internacionais”, designadamente da América do Norte, América Latina e Europa, que mais se têm desenvolvido na área “cycling & walking”. Tal aposta permite “uma transversalidade com outros produtos turísticos”, desde logo no interior, podendo ainda contribuir para a retoma da economia após a pandemia da covid-19.

“Esta obra reforça o posicionamento da região Centro nos mercados turísticos, ao nível nacional e internacional”, acentuou Pedro Machado.

Fonte: Lusa

Foto: Diário de Aveiro

Anterior Cerca de 15 milhões para remover amianto em 100 escolas da região Centro
Seguinte Tábua: Jovens conhecem escritores através de Residências Artísticas

Notícias Relacionadas

Informação

Covid-19: Há 198 surtos ativos em Portugal. 127 são na região de Lisboa

A conferência de imprensa de atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus já começou e conta hoje com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido, e o Subdiretor-geral da Saúde, Diogo Cruz.

Nacional

Carta de condução com novas regras a partir de Janeiro 2017

A partir de Janeiro, os condutores não vão ter de alterar a carta de condução quando mudam de morada, já que passa a ser considerada a que está registada no

Região

Falta de matéria-prima obriga ao fecho de Vinícola de Nelas

A falta de matéria-prima de uvas ditou o encerramento da vinícola mais antiga da região do Dão, em Nelas, com o despedimento coletivo de nove funcionários.

Desporto

Oliveira do Hospital acolheu XVI Torneio Aberto de Ténis de Mesa

O pavilhão gimnodesportivo da Escola Secundária de Oliveira do Hospital recebeu, no passado sábado, o XVI Torneio Aberto de Ténis de Mesa  de Oliveira do Hospital.

Última Hora

Resultados desportivos de fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e a Associação Desportiva Nogueirense (ADN) jogaram, ontem, a 11ª jornada da Série C do Campeonato Nacional.

Região

Viseu: PSP investiga vaga de assaltos por esticão

Um homem foi assaltado recentemente  com violência em Viseu. O indivíduo foi roubado na Quinta do Bosque por três indivíduos, que terão atuado de cara tapada.

Informação

Politécnico de Coimbra apresenta ação de promoção de utilização de garrafas de vidro e consumo de água da rede

Amanhã, dia 30, pelas 14h00,  o Instituto Politécnico de Coimba vai apresentar a ação de promoção de utilização de garrafas de vidro. A iniciativa vai ter lugar no Hall do

Informação

Politécnico da Guarda lança pós graduação em “Média e Proteção Civil”

O elevado número de incêndios florestais em Portugal e a necessidade de prevenção e socorro de forma rápida e eficaz…

Informação

ASAE deteta 23 infrações e apreende mais de 800 artigos de Carnaval

A ASAE instaurou 23 processos de contraordenação e apreendeu cerca de 840 artigos de Carnaval, num valor que rondou os nove mil euros, durante uma operação de fiscalização realizada em

Região

Capital dos Frutos Silvestres está presente na Fruit Logistica em Berlim

A Capital dos Frutos Silvestres está presente na Fruit Logistica em Berlim, no Pavilhão 11.2 A-1. Das 37 empregas portuguesas, a Capital dos Frutos Silvestres é a única do interior

Informação

Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira realiza 32º Festival

O Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira realiza amanhã, dia 27 de maio, o 32º Festival de Folclore. O evento tem um “sabor especial” por coincidir…

Informação

Coimbra: GNR recolheu milhafre e abutre nas bermas de autoestrada

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Coimbra, no dia 17 e 20 de agosto, recolheu um milhafre, em Condeixa-a-Nova, e um abutre, em Trouxemil.