Dia 17 de junho poderá ser Dia Nacional em Memória das Vítimas dos Incêndios
5 Junho, 2019 668 visualizações

Dia 17 de junho poderá ser Dia Nacional em Memória das Vítimas dos Incêndios

image_pdfimage_print

A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande considerou hoje que consagrar o dia 17 de junho como Dia Nacional em Memória das Vítimas dos Incêndios é simbólico, mas uma medida forte e de respeito.

“Um dia nacional é simbólico, mas um símbolo forte e de memória e respeito. De empenhamento nacional para que não volte a acontecer tamanha tragédia. Que o sacrifício de uns seja suficiente, para que o país desperte e avance”, afirma a associação liderada por Nadia Piazza, numa publicação na sua página na rede social Facebook.

Na terça-feira, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, enviou aos líderes parlamentares um projeto de resolução para consagrar 17 de junho como Dia Nacional em Memória das Vítimas dos Incêndios Florestais, iniciativa que deverá ser votada na próxima sexta-feira.

No texto enviado aos líderes parlamentares, Ferro Rodrigues, que é o primeiro subscritor do projeto de resolução, lembra que “o dia 17 de junho de 2017 ficará na história como o dia em que deflagrou aquele que foi o incêndio florestal mais mortífero de sempre em Portugal, lavrando por mais de uma semana no território dos concelhos de Pedrógão Grande, Castanheira de Pera, Ansião, Alvaiázere, Figueiró dos Vinhos, Arganil, Góis, Penela, Pampilhosa da Serra, Oleiros e Sertã”.

“A Assembleia da República, órgão de soberania representativo de todas e de todos os portugueses, foi sensível à inquietação provocada por uma tragédia com esta dimensão, tão brutal e tão cruel”, lê-se no texto.

A iniciativa recorda também “o elevado número de feridos e expressivos danos patrimoniais”, salientando as cerca de cinco centenas de habitações, um terço das quais primeira habitação, e meia centena de unidades industriais de diversos setores, “além das avultadas perdas em equipamentos e infraestruturas diversas”.

O texto refere ainda que compete agora ao parlamento “criar condições para homenagear as vítimas mortais deste grande incêndio, evocando a sua memória”.

Eduardo Ferro Rodrigues considera “justo o apelo da Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande para que o dia 17 de junho seja consagrado à memória de quem perdeu a vida em incêndios florestais”.

Em nota enviada à Lusa, o presidente da Assembleia da República indica ainda que a iniciativa visa “evocar os homens, as mulheres e as crianças que perderam a vida em 2017”, mas igualmente todos quantos “sucumbiram ao flagelo dos incêndios florestais em Portugal”.

Ferro Rodrigues conclui que a iniciativa se destina também a “lembrar que uma tragédia como aquela que se verificou em 2017 não mais se poderá repetir”.

Na nota publicada no Facebook, a Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande “agradece ao presidente da Assembleia da República as suas palavras, a toda a Assembleia da República e aos grupos parlamentares, em particular”.

Em 2017, morreram em Portugal mais de uma centena de pessoas devido aos incêndios rurais, a maior parte das quais no fogo de Pedrógão Grande (que deflagrou em 17 de junho e fez 66 vítimas mortais) e nos fogos de outubros da região Centro (50 mortes).

Fonte: Lusa

Anterior Viseu: Homem morre em despiste de trator
Seguinte Eptoliva promove “Teatro e Educação Artística” na Biblioteca Municipal de Tábua

Notícias Relacionadas

Região

Estradas da Serra da Estrela reabertas

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela que estavam encerradas ao trânsito desde terça-feira reabriram hoje de manhã.

Região

Aveiro: Homem detido por homicídio na forma tentada e detenção de arma proibida

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, procedeu à detenção de um homem, com 61 anos de idade,…

Última Hora

Mulher ateou fogo para limpeza de mato e recolha de lenha. Foi detida pela PJ

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, com a colaboração da GNR, identificou e deteve, fora de flagrante delito, a presumível autora de um incêndio florestal ocorrido em Paredes.

Última Hora

Crianças plantaram árvores oferecidas pela Worten e ERP Portugal ao Município de Oliveira do Hospital

Decorreu, esta manhã, mais uma ação de reflorestação no concelho de Oliveira do Hospital. Cerca de 60 crianças plantaram árvores oferecidas pela Worten e ERP Portugal, na freguesia de Aldeia

Última Hora

Confira os resultados desportivos do fim-de-semana

A 25ª jornada da Série C do Campeonato Nacional ditou um empate ao Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e uma derrota à Associação Desportiva Nogueirense.

Educação

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia de 29 de outubro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 4.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do

Região

Proteção Civil apresenta Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais em Foz de Arouce

A Autoridade Nacional de Proteção Civil apresenta amanhã, dia 12 de abril, em Pegada, Foz de Arouce, no concelho da Lousã, o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais- DECIF

Última Hora

Seia: Orçamento municipal com maior índice de investimento público da década

A Câmara Municipal de Seia aprovou ontem, dia 29 de outubro, por maioria, com os votos contra do movimento independente JPNT e a abstenção do PSD, o orçamento para 2020,

Região

Região: Homem de 39 anos detido por suspeitas de ter tentado matar a ex-mulher

Um homem de 39 anos foi detido por alegadamente ter tentado matar a ex-mulher com uma arma de fogo, no concelho de Nelas.

Última Hora

Rádio Boa Nova apresenta “Dia 15” na comemoração do 33º aniversário

A Rádio Boa Nova comemora, no próximo dia 19 de março, o seu 33º aniversário. A data vai ser assinalada com o lançamento do livro “Dia 15”, …

Educação

Projeto GST Train Experiences pretende estruturar o turismo na região

“GST Train Experiences” é nome do projeto que está a ser promovido pelos alunos do mestrado em Gestão e Sustentabilidade no Turismo, da Escola Superior…

Informação

Aveiro: Jovens detidos por tráfico de estupefacientes

A PSP deteve, ontem, dia 24 de janeiro, um homem e uma mulher, no distrito de Aveiro, por suspeitas de tráfico de estupefacientes.