CPCJ da Beira Serra querem famílias mais envolvidas na proteção das crianças e jovens
12 Junho, 2019 1212 visualizações

CPCJ da Beira Serra querem famílias mais envolvidas na proteção das crianças e jovens

image_pdfimage_print

Oliveira do Hospital é, hoje, o concelho anfitrião do encontro que, durante todo  dia, junta as Comissões de Proteção de Crianças… 

… e Jovens (CPCJ) da Beira Serra com o objetivo de evidenciar o “Papel da Família no Sistema de Promoção e Proteção”.

Para além da CPCJ organizadora (de Oliveira do Hospital), o encontro conta com representantes das CPCJ de Arganil, Tábua, Góis e Pampilhosa da Serra, bem como a representantes da Segurança Social e da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens.

Na sessão de abertura, José Francisco Rolo, presidente da CPCJ de Oliveira do Hospital e vice-presidente da autarquia oliveirenses mostrou-se confiante no encontro, na certeza de que os participantes sairão “com ideias e mais capacitados para melhorar” a intervenção das várias CPCJ. “É esta a razão de ser deste encontro com especial enfoque para o papel da família”, referiu o responsável, que disse não acreditar em intervenções “do tipo Top-Down, do gestor de caso para a criança”. “Só envolvendo as famílias é que conseguimos alterar situações sinalizadas, em casos de sucesso. Acima de tudo, temos a responsabilidade de cuidar das crianças e jovens e formar cidadãos responsáveis e equilibrados para o futuro. É essa a nossa obrigação”, referiu.

Reportando-se ao caso concreto de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo informou que o número de processos estabilizou “na ordem dos 79”, notando que as “principais problemáticas são a violência doméstica, o absentismo e abandono escolar e os comportamentos desviantes como os consumos e o bullying”. Ainda assim, o presidente da CPCJ oliveirense mostrou-se satisfeito por a organização internacional KidsRights, que monitoriza os sistemas de proteção em vários países europeus, verificar que “Portugal está no 2º lugar do top 10 de países que mais cuida das suas crianças”.

A motivar grande preocupação ao responsável concelhio está a “desregulação que as crianças têm no acesso e uso dos sistemas digitais, em especial as redes sociais. “É preocupante o nível de intensidade e complexidade de algumas situações sinalizadas”.


Fátima Gonçalves da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens sublinhou a importância do trabalho de prevenção e no “agir em rede”. “Este agir em rede que congrega desafios, riscos, recursos, capacidades e responsabilidades e resultados numa ação comprometida para o bem cuidar”. A responsável defendeu, assim, uma “cultura colaborativa” de que é prova “este encontro das CPCJ da Beira Serra”.

Anterior Incêndios: Mais seis habitações entregues no concelho de Tábua
Seguinte Dez detidos em investigação da GNR em Fornos de Algodres

Notícias Relacionadas

Informação

Pedrógão: Petição contra alegadas fraudes reúne 730 assinaturas

Mais de 730 pessoas assinaram até hoje uma petição pública na internet contra alegadas fraudes na reconstrução de casas de Pedrógão Grande destruídas pelo fogo de 2017.

Região

Retificação: Provedor da Misericórdia de Tábua diz que número de infetados com Covid-19 não está confirmado

Na Unidade de Cuidados Continuados (UCC) da Santa Casa da Misericórdia de Tábua continua a verificar-se o aumento do  número de infetados por Covid-19, entre os quais utentes, enfermeiros, auxiliares

Nacional

Temperaturas vão descer entre 4 a 8 graus devido a massa de ar polar

As temperaturas vão descer até sexta-feira entre 04 a 08 graus Celsius devido a uma massa de ar polar, que vai provocar também um aumento da intensidade do vento, disse

Nacional

Um avião anfíbio médio de combate a incêndios Fire Boss, sofre acidente na barragem de Castelo do Bode.

Um avião anfíbio médio FireBoss, de indicativo operacional Alfa 8, do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, sofreu esta tarde um acidente quando efetuava uma manobra de scooping na barragem de

Última Hora

Comunidade Viseu Dão Lafões exige helicóptero no território

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões exige que o helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) que,..

Última Hora

Atividade turística no Centro de Portugal começou o ano a bater recordes

A atividade turística no Centro de Portugal iniciou o ano de 2019 a bater recordes absolutos. O mês de janeiro de 2019 foi o melhor mês de janeiro de sempre

Sociedade

Desfile de Carnaval animou Seixo da Beira

Em dia de domingo gordo, cumpriu-se mais um desfile de Carnaval em Seixo da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital. A acontecer pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa é

Última Hora

Portugal reintroduz “controlo de fronteiras” com Espanha. Só se vai passar por nove pontos

Portugal vai reintroduzir o controlo de fronteiras terrestres com Espanha e restringir voos. As medidas foram anunciadas pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita,…

Última Hora

Penacova entregou habitações a famílias vítimas dos incêndios

O Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho, em Penacova, foi palco, no passado dia 8 de maio, da entrega de mais seis chaves de habitações no concelho,… 

Última Hora

Concerto de Orquestras de Guitarra em Oliveira do Hospital

A Casa da Cultura César Oliveira será palco de um concerto de Orquestras de Guitarra no próximo sábado, 8 de abril, resultante da parceria do…

Informação

Covid-19: Alexandrino vai reunir com responsáveis locais para definir “plano de ação”

O presidente do Município de Oliveira do Hospital vai reunir manhã, terça-feira, com responsáveis do concelho na área da saúde e da segurança…

Última Hora

Ténis de Mesa solidário com as vítimas do grande incêndio de outubro

A equipa de ténis de mesa do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) iniciou, na sexta-feira, a participação no campeonato distrital…