Covid-19: Portugal com 32.700 casos (mais 200) e 1.424 mortes (mais 14)
1 Junho, 2020 441 visualizações

Covid-19: Portugal com 32.700 casos (mais 200) e 1.424 mortes (mais 14)

image_pdfimage_print

Portugal regista, esta segunda-feira, um total de 32.700 casos de infeção (mais 200, um aumento de 0,8% em relação às últimas 24 horas) e 1.424 mortes (mais 14, uma variação de 0,99% em comparação com este domingo).

Há 19.552 pacientes recuperados no nosso país. Quanto a internados, há um total de 471 pessoas, sendo que destas 64 se encontram em Unidades de Cuidados Intensivos.

Por regiões, o Norte continua a ser a mais afetada pela pandemia, apresentando 16.760 casos e um total de 791 mortes. Segue-se a Lisboa e Vale do Tejo, que mais recentemente tem sido o maior foco de preocupação, com 11.335 infeções e 363 óbitos.

No Centro do país há 3.747 casos já confirmados e 239 vítimas mortais, enquanto no Algarve se registam 372 infeções e 15 óbitos. Por fim, no Alentejo, há 259 casos e um morto.

Quanto às Regiões Autónomas, nos Açores registam-se 137 casos e 15 óbitos, enquanto na Madeira há 90 infeções e nenhuma vítima mortal.

Anterior “É com muita alegria que nos reunimos neste domingo para celebrar a Eucaristia"
Seguinte Mais de 100 crianças regressaram hoje ao pré-escolar em Oliveira do Hospital

Notícias Relacionadas

Região

Cerca de 200 profissionais assistiram à formação à distância da CIM Região de Coimbra

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, enquanto entidade formadora acreditada, realizou nos últimos dois meses um conjunto de ações de formação em regime de formação à distância,…

Informação

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova, pelo 6.º ano consecutivo

No dia 15 de outubro, sábado, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 2.º  programa “A Escola e o Meio” do ano letivo 2016-17, uma produção do Clube

Informação

Marcelo espera que indemnizações definitivas fiquem definidas até 2017

O Presidente da República afirmou hoje esperar que as indemnizações definitivas às famílias das vítimas mortais dos incêndios fiquem definidas até ao fim do ano, se possível, antes do Natal.

Destaque

Associação quer apoiar vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal

Chama-se Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal e foi oficialmente apresentada, na tarde do último sábado, naquela que foi um das áreas mais afetadas pelo fogo

Destaque

McDonald’s: “Sentimos que era nosso dever ajudar” (com vídeo)

A McDonald’s Portugal surpreendeu, hoje, o concelho de Oliveira do Hospital, com a oferta de 6200 árvores de fruto e 39 motocultivadores. Esta foi a resposta dada…

Destaque

Rui Rio encontrou “uma realidade pior do que estava à espera” em Oliveira do Hospital

O presidente da Comissão Política Nacional do PSD, Rui Rio, disse que encontrou em Oliveira do Hospital “uma realidade pior do que estava à espera” no que toca à situação

Destaque

Gosto por Oliveira do Hospital leva Lucinda Maria a escrever “Terra do Meu Coração”

“Terra do Meu Coração” é o título do novo livro da oliveirense Lucinda Maria. O novo trabalho dedicado ao concelho, em jeito de prosa e poesia,…

Última Hora

Covilhã: Homem detido por 17 furtos em residências

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Investigação Criminal da Covilhã, deteve, no passado dia 12 de fevereiro, um homem, de 50 anos, por furto em residência,

Região

Jovem detido em Seia por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Seia, no dia 19 de maio, deteve um homem de 21 anos, por tráfico de estupefacientes, em Seia.

Última Hora

Jovem de 21 anos morre colhido por comboio em Aveiro

Um jovem de 21 anos morreu, na madrugada desta terça-feira, colhido por um comboio, na zona sul da estação ferroviária de Aveiro.

Última Hora

Ca$h Resto Z€ro: “ Ajudar quando não é Natal, não fica mal e também sabe bem’”

No habitual espaço de opinião Ca$h Resto Z€ro, Vítor Neves centra-se, esta sexta-feira nas “pessoas” e em particular”, nos “sem abrigo” a quem é dirigida “caridade” por ocasião do Natal.

Última Hora

Homem de 36 anos detido por violência doméstica na Mêda

A GNR, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), deteve na última quinta-feira um homem com 36 anos, por suspeita de violência doméstica, no concelho