Covid-19: “Mais tarde ou mais cedo algum caso positivo se vai verificar”, afirma António Costa
27 Fevereiro, 2020 762 visualizações

Covid-19: “Mais tarde ou mais cedo algum caso positivo se vai verificar”, afirma António Costa

image_pdfimage_print

O Primeiro-ministro aconselha a que se sigam as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) “sem dramatização e sem pânicos”. Se vier a ser necessário fechar…

… fronteiras na União Europeia, assegurou Costa, “não vai ser segredo”.

Lembrando que até agora, “felizmente”, não há nenhum caso confirmado que tenha dado positivo em Portugal, António Costa assegurou, esta quinta-feira, que o país tem vindo a adotar “as medidas para dar resposta quando se verificar um caso confirmado”.

“Até lá, temos de nos concentrar em cumprir as instruções da DGS”, disse, em declarações aos jornalistas em Brangança, à margem do programa ‘Governo mais próximo’.

E as recomendações, vale recordar, “lavar frequentemente as mãos, evitar mexer nos olhos, no nariz e na boca”. Além disso, “termos agora uma maior distância social uns com os outros”, acrescentou.

“Creio que todos temos de estar cientes que com o grau de expansão que o vírus tem tido, até agora temos tido a felicidade de nenhum caso positivo se ter verificado, mais tarde ou mais cedo algum caso positivo se vai verificar”, reconheceu o primeiro-ministro.

Nesse sentido, insistiu que aquilo com que “temos de nos preocupar é em tomarmos as medidas sem dramatização, sem pânicos, mas para evitar que, negligentemente, possamos ser transmissores”.

Quanto a outras medidas mais restritivas, o chefe do Executivo afirmou que “aquilo que tem vindo a ser feito, de acordo com as instruções da Organização Mundial de Saúde e da coordenação no quadro da UE, é que as medidas serão adotadas à medida do necessário e proporcionalmente às necessidades”.

No momento em que não temos ainda nenhum caso verificado, defendeu Costa, “não se justifica, por exemplo, estar a encerrar escolas ou medidas do género”, deixando a garantia:  “Temos tudo preparado para adotar as medidas que vierem a ser necessárias em função do que vier a ser necessário”.

Fechar fronteiras? “Se vier a ser necessário, não vai ser segredo”

E é hipótese fechar as fronteiras caso os casos comecem a aumentar? “A UE está a monitorizar permanentemente essa situação, e até agora não se verificam os pressupostos que justificam qualquer encerramento de fronteiras”, declarou o primeiro-ministro.

“Nos termos do tratado de Schegen, que regula a circulação no espaço da UE, uma das situações que pode justificar o encerramento de fronteiras é precisamente a contenção dos riscos de expansão de epidemias”, disse Costa, reforçando que, neste momento, não se verifica essa situação, e por isso, “até agora nenhum país da UE fechou fronteiras, e neste momento, não está previsto”. “Se vier a ser necessário, garanto que não vai ser segredo”, assegurou.

Questionado sobre a controlo da temperatura no aeroporto, que em Portugal não está a ser feito, o primeiro-ministro lembrou que “essa medida não tem sido recomendada pelas organizações internacionais porque, além do mais, pode induzir muito em erro”. “É uma medida que pode ser muito enganadora. Primeiro, porque podemos ter febre por outra motivo qualquer, segundo, podemos estar contaminados  e não ter febre”, defendeu.

António Costa terminou assegurando que estão a ser seguidas as boas prática, pedindo que se atue consoante essas mesmas medidas mas sem pânico. “Há uma coordenação internacional que tem vindo a ser adotada, identificando quais são as boas práticas e o que é que cada país deve fazer. E é assim que cada país deve agir, sem pânicos desnecessários, mas também sem a inconsciência de não perceber que há, obviamente, o risco e que não estamos num planeta diferente do planeta Terra. Vivemos num sítio onde existe esse risco”, rematou.

Recorde-se que Portugal continua sem nenhum caso confirmado de infeção por Covid-19, estando, nesta altura, sete casos sob avaliação. A nível mundial, sobretudo na China, o número de mortos aproxima-se dos 3 mil.

Anterior Homem 35 anos baleado na via pública em Aveiro
Seguinte Pedro Vaz recomenda “prevenção e sistema imunológico fortalecido” para fazer face a Covid-19 (com vídeo)

Notícias Relacionadas

Sociedade

Fim de semana com previsão de chuva e de neve

Para hoje, sexta-feira, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê períodos de céu muito nublado, em especial por nuvens altas, …

Informação

Incêndios: Município de Penacova faz balanço positivo do Programa REPOR

A Câmara Municipal de Penacova, através do seu Gabinete de Desenvolvimento Económico e Social (GDES), reuniu 22 das 33 empresas do concelho…

Cultura

Bobadela em destaque no IV Festival Internacional de Cine Arqueológico de Castilla y León (Zamora, 2019): “Splendidissima Civitas” (Portugal)

Bobadela em destaque no IV Festival Internacional de Cine Arqueológico de Castilla y León (Zamora, 2019): “Splendidissima Civitas” (Portugal) Este documentário está a concurso em Espanha num festival de cinema

Destaque

Homem que abusou, violentou e quase matou vizinha em Oliveira do Hospital condenado a 15 anos de prisão

Tribunal de Coimbra deu como provado que um homem de 33 anos violou a vizinha, que sofre de deficiência, num contexto de roubo, tendo ainda tentado tirar-lhe a vida, sem

Informação

Acidente em Oliveira do Hospital provocou uma vítima mortal

Um acidente na Estrada Nacional 17, em Chamusca da Beira, Oliveira do Hospital, provocou, ao início desta tarde, uma vítima mortal.

Informação

Serra da Estrela: EN 338 cortada devido à queda de neve

A queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela, durante a madrugada, obrigou ao corte da Estrada Nacional 338 (EN 338), em Seia, em vários pontos, disse

Desporto

Conheça o calendário desportivo deste fim-de-semana

Este domingo, 10 de março, pelas 15h00, disputa-se a 25ª jornada da Série C do Campeonato Nacional.

Programas

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 10 de junho, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 33.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Destaque

Oliveira do Hospital entregou mais 17 habitações recuperadas após o grande incêndio de 15 de outubro

Ontem, cumpriu-se, em Oliveira do Hospital a entrega de 17 chaves das habitações que foram recuperadas ao abrigo …

Sociedade

ADIBER mantém abertas candidaturas para investimentos no sector primário

Segundo nota de imprensa, a ADIBER informa que,”estão abertos desde 1 de Julho passado, os Avisos de Concurso para apoio a investimentos no sector primário na Região da Beira Serra

Região

Pedrógão Grande: Bombeiro internado em Lisboa sai do coma induzido

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera disse, hoje, que um dos bombeiros internados em Lisboa já saiu do coma induzido e que a operacional internada em Coimbra

Destaque

José Carlos Alexandrino revelou expectativas na EXPOH em entrevista Rádio Boa Nova/ Folha do Centro

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino antecipou esta manhã, em entrevista na Rádio Boa Nova, …