“Ciclo do Pão” em Meruge recria “descasca, malha e rota dos milheirais”
18 Setembro, 2019 1295 visualizações

“Ciclo do Pão” em Meruge recria “descasca, malha e rota dos milheirais”

image_pdfimage_print

A freguesia de Meruge promove, no próximo dia 21 de setembro, a 10ª edição do Ciclo do Pão que pretende recriar a “descasca, malha e rota dos milheirais”.

Este encontro com a tradição e a etnografia inicia-se na Lage Grande em Meruge, pelas 20h00, com a partida para a caminhada noturna, designada: “A Rota dos Milheirais”.

Segundo a organização, pretende-se serpentear por caminhos onde outrora existiram prados de milho, cevada, centeio e trigo nas margens do rio Cobral. Estes cereais ancestrais, davam vida aos moinhos de água da freguesia, moendo a farinha, matéria-prima essencial ao fabrico artesanal do pão de trigo, de cevada, broa, centeio, bem como dos bolos na telha de aveia. Nos tempos que correm, ainda se vêm alguns campos semeados de milho e de zaburro para alimento dos animais.

Terminado o percurso e reunidos os passeantes aos sedentários que se quedaram pela Lage Grande, dispõem-se as caneiras de milho pela eira e convocam-se os presentes a iniciar a “descasca”, também conhecida por “desfolhada”.

À força de dedos ou com a ajuda do espeto, a azáfama é grande, no afã de encontrar o “milho rei”, sortilégio de que apenas alguns vão usufruir. Quando a última espiga for descascada, dispõe-se a totalidade em cumprimento, para dar espaço aos malhadores, não sem antes ter lugar uma “ação de formação” elementar em malha, para os curiosos.

À voz de comando de um malhador experiente, o grupo vai descarregando a força dos manguais nas eiras dos cereais, passo à direita, passo atrás, sobre o cereal indefeso, até que o alarido das mulheres reclama uma paragem para varrer os grãos dispersos. É então que a cântara de vinho roda pelos malhadores, num ritual de partilha que se estende ao adjunto.

Terminada a malha, “ergue-se” o milho e recolhe-se limpo em sacas de sarapilheira com destino às tulhas, de onde sairá para o moinho e posteriormente em farinha para as masseiras onde mãos artífices o vão tender e no final do Ciclo o calor do forno comunitário o transformará em broa.

Pelas 21h30h, o Rancho Folclórico Cultural de Lagares da Beira, animará a festa, tocando e cantando modas alusivas à labuta da terra, enquanto é servida a merenda tradicional a todos os participantes, que não dispensa a sardinha frita em molho de escabeche, os bolos de farinha triga com canela, o queijo curado e os enchidos que dão fama à Freguesia de Meruge.

No recinto da Lage Grande, funcionará uma barraquinha de venda de produtos de fabrico artesanal (triga milhos, broa, bôlas, bolos, enchido, licores, compotas, mel…).

“Preservar a cultura popular, as nossas tradições e vivências e proporcionar o conhecimento de atividades que foram dominantes na vida do nosso povo, são os objetivos principais da recriação do “Ciclo do Pão”, refere a organização.

Anterior Município de Arganil assinala 40 anos do Serviço Nacional de Saúde com plantação da “Oliveira SNS”
Seguinte Município de Penacova mantém aposta na comparticipação de livros de fichas de trabalho

Notícias Relacionadas

Última Hora

Conheça os resultados desportivos

A 22ª jornada da Série C do Campeonato Nacional ditou uma vitória ao Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e uma derrota para a Associação Desportiva Nogueirense.

Sociedade

Programa “Férias + Solidárias” envolveu mais de duzentos jovens

O programa “Férias + Solidárias” envolveu mais de duas centenas de jovens residentes no concelho de Oliveira do Hospital.

Informação

IP3: CIM de Coimbra pede reunião com urgência ao Governo

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra pediu ontem uma reunião com “caráter de urgência” ao ministro das Infraestruturas e da Habitação, face à demora no restabelecimento da circulação

Última Hora

Um morto em despiste de autocarro de viagem de finalistas

O despiste de autocarro de estudantes vindos de viagem de finalistas causou, ontem, cerca das 18h00, a morte a um jovem e feriu com gravidade outros quatro. Há registo de

Última Hora

Resultados desportivos do fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital continua com dificuldades em alcançar vitórias.

Informação

MAAVIM acusa Ministério da Agricultura de “enganar o país”

Depois de o Governo ter desmentido o Movimento Associativo de Apoio às Vítimas de Midões (MAAVIM) quanto às ajudas aos agricultores lesados pelos incêndios de 2017 e de ter informado

Última Hora

Turismo do Centro quer mudar ideia de que destino foi todo atingido

O presidente do Turismo do Centro de Portugal considera urgente mudar a perceção de que o destino foi todo atingido pelos incêndios e que não reúne condições para o usufruto

Desporto

Desporto – Resultado de fim de semana

Na jornada 10 do Campeonato Nacional Prio, o Lusitano FCV venceu o Nogueirense enquanto o Tourizense foi ao Mortágua perder por 4-2. Destaque para o Anadia que goleou a Académica

Informação

Seia: Mulher estava morta em casa “há alguns dias” na localidade de Vila Verde

Uma mulher, com 68 anos, foi encontrada morta na casa onde morava sozinha, na localidade de Vila Verde, no concelho de Seia. O cadáver já estava…

Sociedade

110 anos: Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense comemora percurso “sempre em crescendo” (com vídeo)

A Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense (SRLS), em S. Paio de Gramaços, no concelho de Oliveira do Hospital,  comemora neste fim de semana, 9 e 10 de março, 110 anos de

Informação

Alexandrino: João Ataíde “era um homem extraordinário e a região perde um homem extraordinário”

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, lamentou hoje o falecimento de João Ataíde, …

Destaque

Marcelo Rebelo de Sousa considerou Festa do Queijo um “certame nacional”

O presidente da República que, no sábado esteve de visita a Oliveira do Hospital, disse que a Festa do Queijo Serra da Estrela “já é um certame nacional”.