Chuva, vento, neve e agitação marítima a partir de hoje no continente
26 Fevereiro, 2018 970 visualizações

Chuva, vento, neve e agitação marítima a partir de hoje no continente

image_pdfimage_print

A chuva e o vento forte, queda de neve e agitação marítima vão afetar as regiões de Portugal continental a partir de hoje devido a depressões que estão no oceano Atlântico, segundo a meteorologista Ângela Lourenço.

“A previsão para esta semana vai ser caracterizada por uma alteração significativa das condições meteorológicas com uma mudança do estado do tempo. Vamos ter chuva a começar já hoje na região sul e que depois vai evoluindo gradualmente para as restantes regiões e o resto da semana vai ser de chuva praticamente”, disse à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Ângela Lourenço, esta situação deve-se a uma região depressionária que está no Atlântico e que tem núcleos perto do arquipélago dos Açores e outros perto da Madeira.

“Esta depressão tem ondulações frontais que estão a ter uma trajetória de oeste para leste e que vão atingindo sucessivamente os arquipélagos da Madeira, Açores e território continental. Tanto os Açores como a Madeira já tiveram alguma precipitação associada a estas ondulações frontais. O continente vai começar hoje”, adiantou.

A meteorologista do IPMA destacou também que o “dia mais gravoso” será quarta-feira.

“Tudo indica que o dia mais gravoso vai ser dia 28 com precipitação e vento forte, isto tanto para o território do continente como para a Madeira”, disse.

Ângela Lourenço adiantou também que além da chuva e do vento forte, vai registar-se na terça-feira queda de neve nas regiões do interior norte e centro com cotas de 600 metros, em particular nas serras do extremo norte do Continente, nas terras que fazem fronteira com Espanha.

“Em relação às temperaturas, hoje vamos ter uma pequena subida da máxima, mas depois tanto a mínima como a máxima vão descer, mas nada de significativo”, disse.

Quanto à agitação marítima forte, a meteorologista indicou que está prevista apenas a partir do meio da semana e será mais significativa na região sul.

“A ocorrência de precipitação deverá permanecer toda a semana. O episódio de hoje não se deve à depressão EMMA que já está a atingir os Açores com vento forte com rajadas que poderão ser superiores aos 100 quilómetros por hora, agitação marítima e precipitação forte”, disse.

De acordo com Ângela Lourenço, a partir de terça-feira, o agravamento do estado do tempo no continente está também associado à depressão EMMA, que é uma das várias regiões depressionárias que está no Atlântico.

Por causa do mau tempo, o IPMA colocou a partir de terça-feira sob aviso amarelo os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Aveiro, Guarda, Viseu, Coimbra e Castelo Branco, bem como o arquipélago dos Açores devido à chuva e vento forte.

A Madeira também vai estar sob aviso amarelo, mas devido à agitação marítima durante o dia de hoje.

Anterior Agricultores e produtores lesados pelos incêndios vão reclamar medidas a Ministro
Seguinte Oliveira do Hospital pede alargamento de prazo para a limpeza dos terrenos (com vídeo)

Notícias Relacionadas

Sociedade

Oliveira do Hospital quer que seja o Estado a requalificar o Castelo de Avô

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital (AMOH), que reuniu em sessão extraordinária, ao final da tarde de sexta-feira deliberou pela não aceitação da competência da Cultura, …

Região

Município de Seia espera por António Costa na inauguração da Feira do Queijo

O Município de Seia inaugura no próximo sábado, dia 22 de fevereiro, a Feira do Queijo Serra da Estrela, pelas 10h00, com a presença do Primeiro Ministro, António Costa (ainda

Informação

EPTOLIVA premiada no Projeto “Ciência na Escola” – Fundação Ilídio Pinho

A EPTOLIVA recebeu a Menção Honrosa da Fundação Ilídio Pinho, no âmbito do concurso “Ciência na Escola” 2015-2016, …

Informação

“Burocracia complexa” impede que obras avancem na sede do Agrupamento de Escolas

Os trabalhos de requalificação da sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital estão parados desde janeiro e ainda não há previsão para que sejam retomados.

Nacional

Chuva regressa quarta-feira mas não em todo o território. Temperaturas mínimas chegam aos zero graus

  Para quarta-feira está previsto o regresso da chuva mas não em todo o território.

Informação

Mais de 40 concelhos de 10 distritos em risco máximo de incêndio

Mais de 40 concelhos de 10 distritos de Portugal continental estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Região

Operação de segurança em Fátima sem “ocorrências de relevo”

A operação de segurança em Fátima está a decorrer “dentro da normalidade” e sem registo, até ao momento, de “ocorrências de relevo”, de assaltos ou detenções, informou hoje o porta-voz

Sociedade

Projeto da BLC3 é finalista dos Prémios RegioStars 2016 atribuídos hoje em Bruxelas (com áudio)

O projeto “Centro BIO: Bioindústrias, Biorrefinarias e Bioprodutos”, da BLC3 – Campus de Tecnologia e Inovação, de Oliveira de Hospital, é o único projeto português finalista…

Sociedade

PJ de Coimbra detém quatro suspeitos de tráfico de drogas

A PJ identificou e deteve, hoje, em Coimbra e Leiria três homens e uma mulher suspeitos do crime de tráfico de estupefacientes, no âmbito de ação de combate ao tráfico

Sociedade

Idosa de 79 anos atropelada mortalmente em Coimbra

Uma mulher de 79 anos foi ontem atropelada mortalmente, em Coimbra, por um automóvel que subia a avenida Elysio de Moura.

Última Hora

Comando Territorial de Coimbra fiscalizou 293 condutores em operação especial de prevenção criminal

O Comando Territorial de Coimbra fiscalizou, ontem, 293 condutores numa operação especial de prevenção criminal na autoestrada n.º 1, nas áreas de serviço da Mealhada.

Informação

Região: GNR apreendeu 38 aves capturadas ilegalmente

O Comando Territorial de Coimbra da GNR , através do Núcleo de Proteção Ambiental de Cantanhede, detetou, no dia 10 de novembro, …