“Chama da Solidariedade” passou por Oliveira do Hospital
28 Setembro, 2016 1501 visualizações

“Chama da Solidariedade” passou por Oliveira do Hospital

image_pdfimage_print

Oliveira do Hospital recebeu esta terça-feira, 27 de setembro, a “Chama da Solidariedade”, uma iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social…

… (CNIS) em parceria com a União das Instituições Particulares de Solidariedade Social do Distrito de Coimbra, no âmbito da Festa da Solidariedade que decorre esta semana e culmina na próxima sexta-feira, na sede do distrito.

No segundo dia do périplo pelo distrito, a passagem da “Chama da Solidariedade” por Oliveira do Hospital foi recebida por muitos utentes de várias IPSS do concelho oliveirense, que desenvolvem a sua ação nos domínios da Infância, da Deficiência e da Terceira Idade, naquele que constituiu um encontro intergeracional. Antes da chama percorrer, pela mão dos utentes, algumas ruas da cidade até à ARCIAL houve um espaço de convívio entre todos, com animação musical pela voz e talento dos utentes das IPSS concelhias.

Esta é uma iniciativa que visa a mobilização dos cidadãos em torno da solidariedade social, juntando pessoas de diferentes organizações, entre utentes, técnicos e dirigentes, promovendo o importante trabalho que é desenvolvido pelo setor da economia social. Uma festa da solidariedade pelas pessoas, pelos valores e pelas instituições, como assinalam os responsáveis. Gil Tavares e Eduardo Mourinha, da CNIS, estiveram presentes e lembraram o importante papel que as IPSS representam e desenvolvem, explicando que esta iniciativa é “um chamamento para que as pessoas colaborem com as IPSS”.

chama 2Presente neste encontro simbólico, José Francisco Rolo, vereador da Solidariedade e Ação Social, considerou este “um bonito exemplo do que pretendemos na área social, tem havido um esforço do Município de Oliveira do Hospital em conjunto com as IPSS com a Rede Social para promover, cada vez mais, este encontros intergeracionais”. O vereador sublinha que Oliveira do Hospital “tem uma Rede Social de excelência que resulta do bom entendimento e cooperação entre as IPSS, o Município e a Segurança Social” que faz um “trabalho único de cuidar das nossas crianças, dos nossos idosos e de todos aqueles cidadãos especiais que alguns designam de deficientes”.

No total são vinte IPSS, “instituições de referência” que, no seu conjunto são o maior empregador do concelho, com 600 profissionais aos quais se junta o empenho voluntário dos dirigentes. Como assinalou o responsável “a chama vem reconhecer o trabalho que é feito, dos técnicos e dos dirigentes” e também por isso, o vereador José Francisco Rolo lança o desafio: “precisamos de instrumentos de apoio do atual quadro comunitário de apoio Portugal 2020 para melhorar as condições das instituições. Deixo um apelo ao diálogo para que as instituições da economia social possam aceder a estes meios financeiros, ou seja, o quadro comunitário tem que abrir a breve prazo para as IPSS”.

Do lado das instituições, José Pinheiro, presidente da Associação Progressiva de Santo António do Alva, sublinha a importância destas ações para dar visibilidade às instituições que “dentro do esforço e da boa vontade desenvolvem um trabalho importante na comunidade”. Também Lucinda Maria, da direção da ARCIAL, destaca o voluntariado dos elementos da direção bem como o “trabalho que é desenvolvido, é extremamente importante na medida em que a maior parte deste jovens não teriam ocupação nem estariam devidamente apoiados se as instituições não existissem”. Dando voz à Obra D. Josefina da Fonseca, Isabel Almeida, dá conta que a iniciativa  faz “sobressair a importância que as IPSS têm, nomeadamente no concelho de Oliveira do Hospital”  em diferentes aspetos quer do “emprego que se gera, quer do trabalho que se faz com os nossos utentes em termos das crianças, dos idosos, das pessoas diferentes que temos no concelho. Acho que é sobejamente conhecido e de facto acho que prestamos serviços de bastante qualidade”.

Anterior JSD oliveirense critica a Câmara por tratar novo empreendimento turístico de “forma vergonhosa”
Seguinte Mais de 200 idosos envolvidos no Projeto Movimento Sénior em Tábua

Notícias Relacionadas

Última Hora

Campeonato de Portugal: Já é conhecido o calendário de jogos do FCOH e Nogueirense

Realizou-se esta segunda-feira, na sede da Federação Portuguesa de Futebol, o sorteio dos calendários de jogos do Campeonato de Portugal.

Informação

Ferjoia inaugurou nova ourivesaria na cidade de Oliveira do Hospital

Nome de referência no concelho e na região, a Ferjoia inaugurou, ontem, a nova loja na cidade de Oliveira do Hospital. O joalheiro Eugénio Campos e a embaixadora da marca,

Última Hora

Câmara de Seia aprova Orçamento de 24,9 milhões de euros para 2019

A Câmara Municipal de Seia aprovou 24,9 milhões de euros para o seu orçamento de 2019, onde “prossegue com uma política de proximidade às pessoas e a favor da economia

Cultura

Padre António Loureiro apresentou “Fracasso e Misericórdia no Matrimónio”

“Fracasso e Misericórdia no Matrimónio” é o título do novo livro de António Loureiro, pároco de Oliveira do Hospital”. A apresentação…

Região

GNR deteve suspeito de furtos nos distritos de Coimbra, Viseu, Leiria e Aveiro

Um homem, de 31 anos, foi detido pela GNR no Porto, por vários furtos em quatro distritos.

Destaque

Rodrigues Gonçalves aconselha leitura de novo livro “Um Caminho de Sabedoria” para que “seja útil a todos”

Realizou-se no sábado à tarde, dia 1 de fevereiro, a apresentação do novo livro “Um Caminho de Sabedoria. Como Livrar-se das Emoções Tóxicas e Viver Feliz e Saudável” na Biblioteca…

Informação

Nelas celebra Dia Europeu do Enoturismo com visita a produtores de vinho afetados pelos incêndios

O Município de Nelas celebra, no próximo dia 11 de novembro, o Dia Europeu do Enoturismo, instituído em 2009 pela Recevin, com a visita a produtores de vinho afetados pelos

Última Hora

Incêndios: 83% dos formulários para reconstrução entregues a tempo

O Governo anunciou que foram identificadas 1.707 habitações danificadas pelos incêndios de outubro na região centro e recolhidos 1.416 formulários para reconstrução apoiada, o que representa 83% do recenseamento inicial.

Região

Mais de mil operacionais combatem fogo na Sertã

Mais de mil operacionais combatem, hoje de manhã, o incêndio na Sertã, no distrito de Castelo Branco, esperando-se a chegada de dois aviões de Espanha para ajudar no combate, disse

Última Hora

Mangualde: Homem identificado por incêndio florestal por negligência

Um homem, de 77 anos, foi identificado pela GNR em Mangualde, pela prática do crime de incêndio florestal por negligência.

Informação

Sete distritos do continente sob aviso laranja devido à agitação marítima

Sete distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

Os Verdes exigem urgente requalificação do IP3 e a sua manutenção sem portagens

Os Verdes entregaram na Assembleia da República um Projeto de Resolução onde exigem ao Governo  a requalificação do Itinerário Principal (IP) 3 e a sua manutenção sem portagens.